Q

Previsão do tempo

16° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 18° C
  • Saturday 21° C
17° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 24° C
16° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 21° C
  • Saturday 24° C

Intervenção na Linha do Oeste deixa a Nazaré de fora

JL

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Plano de Investimentos para a Ferrovia até 2020 prevê um investimento na linha ferroviária do Oeste (Sintra/Figueira da Foz) de 106,8 milhões de euros para obras de modernização, que incluem a eletrificação da linha entre Meleças (Sintra) e Caldas da Rainha.

Espera-se que o lançamento do respetivo concurso público ocorra até janeiro de 2017.

Contudo, a eletrificação da linha [ferroviária] apenas até às Caldas, decidida pela tutela, não foi aceite pela Região Oeste, que contesta uma medida que não dinamiza o caminho de ferro na sua totalidade, nem contempla a ligação até Coimbra, exigida há décadas.

Os autarcas do Oeste solicitaram ao ministro que inclua no Plano de Investimentos para a Ferrovia até 2020 a alteração ao traçado da linha a partir da Malveira e até Lisboa, em vez de os comboios irem para Sintra.

Segundo o documento, o Governo espera uma comparticipação dos novos fundos comunitários de 74,1 milhões de euros.

A Câmara da Nazaré também tomou posição sobre esta decisão governamental, com Walter Chicharro a declarar que lamenta profundamente que o Concelho da Nazaré fique de fora desta obra estruturante para o país.

“Temos um Parque Empresarial à beira de uma estação que poderá ser amplamente valorizada pelas empresas que têm aqui uma estrutura imprescindível para a sua atividade, mas também por toda a envolvência inerente a um dos destinos turísticos mais procurados do país”, afirmou o autarca.

Para o Presidente da Câmara da Nazaré “numa altura em que, cada vez mais, se procuram meios de transporte alternativos, como consequência dos preços dos combustíveis, entendemos que a eletrificação da linha em toda a sua extensão seria da maior importância para a região. Foi com esse intuito, numa demonstração clara de solidariedade com os municípios prejudicados, que a OesteCIM solicitou uma reunião urgente com o Sr. Ministro do Planeamento e das Infraestruturas”.

Também a CDU se pronunciou sobre esta não inclusão da Nazaré no plano de modernização da linha de comboio

A Coligação fala em esquecimento de toda a zona industrializada de Alcobaça, Nazaré, Marinha Grande e Leiria, e frisa que a Linha do Oeste é um troço ferroviário estratégico no plano da rede ferroviária nacional e alberga potencialidades que devidamente exploradas, o podem transformar num ainda mais importante eixo de transporte de passageiros e de mercadorias envolvendo simultaneamente a área metropolitana de Lisboa e as regiões do Oeste e do Centro, com impacto muito positivo no plano económico, social e ambiental.

Numa moção levada à última Assembleia Municipal, a CDU solicitou ao Governo que considere todo o troço da linha para a modernização do caminho ferroviário nesta Região, bem como “ a possibilidade de correções no traçado, ou mesmo, de estudos de alternativa àquele, com o objetivo de reduzir o tempo de viagem, designadamente a jusante das Caldas da Rainha”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Requalificação dos antigos Paços do Concelho da Pederneira

O projeto de requalificação do edifício da antiga câmara, na Pederneira, para onde está destinada a instalação do tribunal, foi aprovado pelo Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos de Justiça. Para Walter Chicharro, que anunciou a aprovação durante a última...

pacos do concelho