Q

Previsão do tempo

13° C
  • Wednesday 16° C
  • Thursday 16° C
  • Friday 12° C
12° C
  • Wednesday 17° C
  • Thursday 17° C
  • Friday 13° C
10° C
  • Wednesday 17° C
  • Thursday 17° C
  • Friday 12° C
43,6 Milhões de euros é o orçamento da Nazaré para governar em 2016

Orçamento e Grandes Opções do Plano para 2016 aprovados

JL

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Foram aprovados, por maioria, o Orçamento e as Grandes Opções do Plano para 2016 do Município da Nazaré, no valor de 43.677,266 euros, na passada sexta-feira. O valor traduz a vontade da gestão (PS) proceder aos ajustamentos necessários para que as contas municipais possam refletir o nível que mais se adequa à realidade do concelho.

“Existe uma tentativa de aproximar o orçamento do Município à realidade das suas efetivas capacidades financeiras, traduzida no emagrecimento da sua estrutura da despesa efetiva”, refere o documento descritivo.

Walter Chicharro, Presidente da Câmara, declarou que se “trata de um orçamento pouco usual em relação a outros, apresentados no passado”, explicando que “por força da redução da dívida conseguida, na ordem dos 7,5 milhões de euros, baixamos o valor do Orçamento, e se não fossem os compromissos existentes com a Banca o emagrecimento seria ainda mais acentuado”.

Ainda sobre as diferenças com outros orçamentos, o autarca destacou, ainda, a realidade dos valores apresentados, dando como exemplo a colocação de verbas recebidas para pagamentos a fornecedores como receitas, e a principal preocupação, que é “pagar dívida, o que não acontecia no passado”.

Com o enfoque no pagamento a fornecedores e na redução da dívida, o Município anunciou que mantém a intenção de realizar investimentos, nas mais diversas áreas, que contemplam a melhoria de infraestruturas e da qualidade de vida dos munícipes, bem como das condições de atratividade do concelho para a captação de investimentos e criação de oportunidades de emprego.

“Os investimentos são criteriosamente selecionados e os mais relevantes possuem financiamento comunitário”, explica-se no documento de apoio às previsões de receita e despesa para o próximo ano.

A realização de projetos de investimento na esfera dos ativos fixos tangíveis, mas também na preservação do seu património histórico e cultural, bem como a dotação do concelho com infraestruturas mais adequadas à atividade turística serão as principais áreas de investimento, em 2016.

Assim, o Município afeta a maior parte das verbas às funções económicas (55,8% ), destinando 36,3% às funções sociais e 7,9% às funções gerais.

Dentro das funções económicas, com uma dotação de 7.653.576 euros, a aquisição de terrenos na zona industrial, arranjos da rede viária, arruamentos e passeios, sinalização e estacionamento, reabilitação do mercado diário, maquinaria e equipamentos (turismo), serão algumas das áreas prioritárias.

Do lado das funções sociais, a reformulação do Centro Escolar de Famalicão e o novo Centro de Saúde da Nazaré, mas também a construção de novos fogos de habitação social recebem a maior fatia do investimento.

Do lado da cultura e desporto, os fundos documentais e equipamentos da Biblioteca Municipal da Nazaré e do Centro Cultural da Nazaré, bem como a instalação do Museu do Peixe (projeto que tem por finalidade a preservação da tradição ancestral da secagem do peixe), serão o principal alvo dos investimentos, estando, ainda, reservado investimento para a Igreja de S. Gião, e a colocação de um novo sintético no Estádio Municipal da Nazaré.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Ascensor da Nazaré proposto a Monumento de Interesse Municipal

A Câmara da Nazaré irá enviar à Assembleia Municipal a proposta de classificação do Ascensor da Nazaré, incluindo toda a estrutura edificada que faz parte do complexo do Ascensor, como Monumento de Interesse Municipal. O valor patrimonial do Ascensor da Nazaré...

elevador