Q

Previsão do tempo

8° C
  • Wednesday 11° C
  • Thursday 13° C
  • Friday 14° C
8° C
  • Wednesday 12° C
  • Thursday 13° C
  • Friday 15° C
5° C
  • Wednesday 13° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 15° C

O melhor ano turístico para o centro de Portugal

Marlene Sousa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Turismo Centro de Portugal (TCP) prevê que 2015 supere as metas do melhor ano turístico nesta região que congrega 100 municípios.

Em declarações ao JORNAL DAS CALDAS, Pedro Machado, presidente do TCP, assinalou o crescimento da região centro entre janeiro e julho acima dos 16 por cento, enquanto o Turismo cresce em Portugal entre os 7 e 11 por cento.

“Claramente, a procura este ano tem sido muito superior face ao período idêntico de 2014, particularmente dos mercados externos, como é o caso de Espanha, França, Alemanha e do Brasil”, frisou Pedro Machado.

Espanha e França tiveram crescimentos “muito acima daquilo que se vinha a registar nos últimos três anos, o que demonstra bem a competitividade e atratividade que a região e o país têm”, adiantou o presidente do TCP. Este crescimento regista-se tanto ao nível das dormidas como do aumento do próprio rendimento geral da atividade turística da região Centro.

O responsável disse ainda que nos primeiros dias de setembro tem-se registado um “prolongamento da presença de turistas estrangeiros na região, face aos meses de julho e agosto”.

A região turística do Centro é essencialmente procurada por famílias, por ser a zona do país com mais diversidade. “Não é tão competitiva como o caso do Algarve, no produto exclusivo sol e praia, no entanto, é uma região que pela sua complementaridade acaba por ser mais competitiva e mais atrativa para o segmento das famílias porque permite a fruição da praia, mas também permite o desfrute do património, da natureza, do turismo ativo, escultural e religioso”, disse Pedro Machado, acrescentando que “todos eles de alguma forma contribuem para não só caracterizar esta grande diversidade que tem a Região Centro, mas em particular por aquilo que é a sua expressividade”.

Segundo Pedro Camacho, a região Centro mobiliza-se a si própria, pelo número de realizações e atividades desenvolvidas pelos 100 municípios. “Acabam por ser fatores de atração e de atratividade que permitem fazer com que mais gente possa cá passar mais tempo e este ano vai ser um bom exemplo disso”, adiantou o responsável do TCP, que deu o exemplo das várias atividades da Expoeste, nas Caldas da Rainha, como a Expotur ou a exposição de lego que vai decorrer entre 24 de outubro e 1 de novembro.

Pedro Machado confessa que a maior dificuldade em gerir os cem municípios que fazem parte do TCP é tentar o maior consenso possível entre todas as partes. “É ter projetos como aquele que assinámos na Comunidade Intermunicipal do Oeste, em que os municípios se unem à volta do Moche Pro Portugal by Rip Curl 2015, que decorrerá em Peniche, sendo este um evento de grande impacto internacional desenvolvido em Portugal, nomeadamente na Sub-Região Oeste e Região Centro”, revelou o responsável.

Pedro Machado disse que aumentaram o grau de exigência e rigor do destino e a prova disso é que o TCP conquistou o prémio de melhor região nacional de turismo no âmbito do Publituris Portugal Travel Awards, em 2015, considerados os “Óscares” do turismo em Portugal.

O TCP conquistou também em 2015 o prémio de melhor stand nacional na Feira de Turismo de Lisboa (BTL). “É um ano que fica na história”, destacou Pedro Machado, indicand que “os resultados da afirmação desta zona começam a aparecer”.

Nas oitos sub regiões que compõem o TCP, é possível “termos a marca centro” e através “de anéis concêntricos mas de interesses comuns estabilizarmos uma gestão que nos ajude a completar a marca centro de Portugal”, adiantou.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Marcha do Orgulho com mais de 300 participantes

Realizou-se nas Caldas da Rainha, no dia 26 de junho, uma marcha em defesa da comunidade lésbica, gay, bissexual, transgénero e outras orientações de género, com mais de três centenas de manifestantes a rejeitarem serem discriminados e a reclamarem por condições...

marcha1

Arrancaram obras na linha férrea entre Caldas e Torres

A Infraestruturas de Portugal deu início, no dia 28 de junho, à empreitada de modernização do troço da Linha do Oeste entre Torres Vedras e Caldas da Rainha, após a assinatura do auto de consignação ter tido lugar na estação ferroviária de Caldas da Rainha, com a...

ferrovia