Q

Previsão do tempo

17° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 18° C
  • Saturday 21° C
17° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 24° C
16° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 21° C
  • Saturday 24° C

Dívida da câmara da Nazaré desce para os 36,5 milhões de euros

JL

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Em pouco mais de 20 meses, a atual gestão reduziu 6,7 milhões de euros à dívida deixada, superior a 40 milhões.

As contas referentes aos últimos 21 meses de gestão socialista apontam para uma redução de “6,7 milhões de euros”, afirmou o presidente da câmara, Walter Chicharro (PS), esclarecendo que destes, 1,7 milhões foram abatidos em 2014 e 4.903.945,23 de euros nos primeiros nove meses deste ano.

A informação foi transmitida aos membros da Assembleia Municipal (AM), durante a prestação de contas sobre a atividade do município que herdou, do anterior executivo PSD, uma dívida superior a 46 milhões de euros, reduzida ao fim de 21 meses para 36.538,049,95 euros.

Parte da regularização da dívida foi feita através do empréstimo do Fundo de Apoio Municipal (FAM), disponibilizado pela Direção Geral do Tesouro e das Finanças, no valor de 7,5 milhões de euros, que permitiu a regularização de contas com “a Caixa Geral de Aposentações, ADSE e Autoridade Tributária”, explicou Walter Chicharro.

O empréstimo do FAM permitiu ainda o pagamento aos empreiteiros de projetos cofinanciados por fundos comunitários, nomeadamente os Centros Escolares e Recifes Artificiais, o que viabilizou o recebimento, por parte da autarquia, das respetivas comparticipações comunitárias

Apesar de redução da dívida a câmara realizou investimentos de “3,2 milhões de euros, dos quais 2,8 milhões na área empresarial e 400 mil euros no centro de Alto Rendimento de Surf”, duas obras que, sublinhou o autarca, “foram herdadas paradas” devido às dívidas aos empreiteiros.

Para a redução da dívida contribui ainda, segundo o presidente, “a eficiência de serviços, o corte de gorduras como o caso de 360 mil euros em avenças anuais que na nossa perspetiva não tinham qualquer tipo de mais-valia e, por outro lado, o aumento das receitas dos impostos”.

Além de discutir a situação financeira da câmara a Assembleia aprovou o Relatório e Contas do 1º semestre de 2015 da empresa municipal Nazaré Qualifica, que teve um resultado negativo de cerca de 25 mil euros.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Requalificação dos antigos Paços do Concelho da Pederneira

O projeto de requalificação do edifício da antiga câmara, na Pederneira, para onde está destinada a instalação do tribunal, foi aprovado pelo Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos de Justiça. Para Walter Chicharro, que anunciou a aprovação durante a última...

pacos do concelho