Q

Previsão do tempo

13° C
  • Wednesday 16° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 26° C
13° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 30° C
10° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 30° C

Comunidades costeiras da região Oeste querem 7,3 milhões de euros de apoios comunitários

JL

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Grupo de Ação Local (GAL) da Pesca do Oeste espera vir a gerir fundos comunitários no valor de 5,9 milhões de euros do Fundo Europeu das Pescas e Assuntos Marítimos, quase meio milhão de euros do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional e quase um milhão de euros do Fundo Social Europeu, de acordo com um comunicado divulgado por aquela entidade.

O investimento público, para apoiar projetos até dez milhões de euros, pode vir a ser assim superior ao que existiu no anterior quadro comunitário, com três milhões de euros.

O GAL Pesca Oeste abrange os municípios de Alcobaça, Nazaré, Caldas da Rainha, Óbidos, Peniche, Lourinhã e Torres Vedras e vai apoiar projetos das respetivas comunidades piscatórias e costeiras que se destaquem pelo empreendedorismo e pela inovação na valorização e promoção do seu património natural e cultural.

Esta região, onde se localizam 45,6% das embarcações e 40% dos pescadores do Centro do país, é responsável por 45% do pescado fresco desembarcado e por 61% do valor faturado nesta área.

Mais de 20 entidades ligadas à fileira das pescas, entre municípios, empresas, escolas, associações e sindicatos, assinaram no passado dia 11 , em Peniche, o protocolo de parceria, com vista à criação do GAL Pesca Oeste.

O GAL Pesca Oeste, destinado a gerir fundos comunitários até 2020, vai ser gerido pela Associação Para o Desenvolvimento de Peniche (Adepe), à semelhança do que aconteceu com o Grupo de Ação Costeira do Oeste 2007-2013.

No anterior quadro comunitário, foram submetidas 72 candidaturas, das quais 49 foram aprovadas e estão a ser finalizadas até ao final deste ano, tendo sido apoiadas com três milhões de euros para um total de cinco milhões de euros de investimento.

A Adepe vai ainda candidatar-se a liderar uma estratégia de Desenvolvimento Local de Base Comunitária para Peniche.

A estratégia, para a qual os parceiros esperam vir a ter 1,9 milhões de fundos comunitários, é direcionada ao desenvolvimento social de Peniche, através da promoção da empregabilidade, do empreendedorismo social e da inovação, dotando os residentes de competências pessoais, sociais e profissionais para melhor acederem ao mercado de trabalho, combatendo assim a exclusão social.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Mário Cerol assumiu o Comando dos Bombeiros Voluntários da Nazaré

O novo comandante dos Bombeiros Voluntários da Nazaré tomou posse do cargo, no passado dia 25 de abril, uma cerimónia que contou com a presença da população e das entidades convidadas. Mário Cerol falou em compromisso, responsabilidade e em gratidão pelo convite...

mario cerol

IPSS’s de Alcobaça e Nazaré recebem 17 viaturas

A cerimónia de assinatura do protocolo, no âmbito da candidatura “Mobilidade Verde - Carros Elétricos para Instituições Particulares de Solidariedade Social com Serviço de Apoio Domiciliário a Idosos”, teve lugar no passado dia 29 de maio, no Cineteatro de Porto de...

anexo sem nome 00056