Q

Previsão do tempo

7° C
  • Wednesday 11° C
  • Thursday 13° C
  • Friday 14° C
8° C
  • Wednesday 12° C
  • Thursday 13° C
  • Friday 15° C
4° C
  • Wednesday 13° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 15° C

Banco Alimentar do Oeste recolheu 63 toneladas de alimentos

Marlene Sousa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Banco Alimentar do Oeste (BAO) recolheu no passado fim de semana 63.219,00 quilos de alimentos, numa campanha realizada em superfícies comerciais distribuídas pelos oito concelhos da região abrangidos pela ação deste Banco Alimentar, que contou com a colaboração de mil e seiscentos voluntários.

Em comunicado, o presidente da direção do BAO, José Siqueira, indica que o balanço, que ainda não é final, é “positivo”, apesar das dificuldades económicas dos portugueses, mas representa um decréscimo face à campanha de novembro de 2013, onde foram recolhidos 96.119 quilos de alimentos.

“Os resultados alcançados este fim de semana ultrapassam os da campanha de maio deste ano, e são ligeiramente inferiores aos obtidos em novembro do ano passado. Não incorporam ainda os resultados da Campanha Vale nem da Campanha on line, que vêm adquirindo um peso cada vez maior nas contribuições dos particulares e que se prolongam até dia 7 de dezembro”, adiantou José Siqueira.

Foram recolhidos em Alcobaça 14.502,00 quilos de alimentos, no Bombarral, 5.025,00 quilos, no Cadaval, 1.668,00 quilos, Caldas da Rainha, 17.754,00 quilos, Lourinhã 9.299,00 quilos, Nazaré, 5,091.00 quilos, Óbidos, 2.630,00 quilos e Peniche, 7.250,00 quilos.

Mantendo a experiência das campanhas anteriores, para além da recolha nas grandes superfícies, os voluntários do BAO estiveram também presentes em diversas freguesias rurais, nomeadamente: Alcobaça: Cós, Maiorga e Vimeiro; Bombarral: Mercado Municipal; Cadaval: Vermelha, Vilar; Caldas da Rainha: Foz do Arelho, Mercado Municipal e Santa Catarina; Lourinhã: Lourinhã e Atalaia, Marteleira e Miragaia, Moita dos Ferreiros, Reguengo, Ribamar, Santa Bárbara e Vimeiro; Nazaré: Famalicão.

Este ano pela primeira vez em Caldas a campanha esteve presente no mercado da fruta, onde estiveram voluntários distribuindo e recolhendo os sacos para o Banco Alimentar, contribuindo assim para a recolha de produtos perecíveis, nomeadamente hortofrutícolas.

O presidente do BAO agradece às superfícies comerciais que autorizaram a recolha de alimentos e às instituições e empresas que colaboraram em mais esta ação. “É também devida uma palavra de reconhecimento à comunicação social que, com o seu envolvimento e divulgação da atividade dos Bancos Alimentares, transformou esta iniciativa num projeto comum a toda a comunidade”, adiantou.

Os bens alimentares agora doados, juntamente com os excedentes alimentares recolhidos diariamente junto dos produtores e comerciantes, bem como as doações feitas por empresas do ramo alimentar, serão distribuídos, através das 63 instituições de solidariedade social com as quais o BAO tem acordo, a cerca de onze mil pessoas comprovadamente carenciadas, sob a forma de cabazes ou de refeições confecionadas.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Expectativas de futuro e escolha vocacional de estudantes

Município e Associação Inspirar o Futuro juntam-se para orientar alunos do 9º e secundário no rumo mais acertado para o futuro A Associação Juvenil Inspirar o Futuro esteve, no passado dia 6, na Escola C+S Amadeu Gaudêncio para uma de várias sessões previstas...

expectativas de futuro