Q

Previsão do tempo

17° C
  • Sunday 17° C
  • Monday 17° C
  • Tuesday 19° C
17° C
  • Sunday 18° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 22° C
18° C
  • Sunday 18° C
  • Monday 20° C
  • Tuesday 24° C
Contas 2013 em causa

PS acusa PSD de tentativa desresponsabilização por atos passados

JL

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Secretariado da Comissão Política da Concelhia do Partido Socialista da Nazaré reagiu, em comunicado, à forma como decorreu a votação do relatório de contas de 2013, referente à gestão de Jorge Barroso (eleito pelo PSD), cujo mandato terminou em outubro de 2013, com a tomada de posse dos novos eleitos nas Autárquicas.

Os socialistas começam por recordar que “durante, pelo menos 20 anos, o concelho da Nazaré foi gerido por um projeto formatado para se servir e não para servir os munícipes”, acusando a gestão passada de ter sido feita por uma “liderança incompetente e irresponsável”.

“Não é compreensível que os maiores responsáveis políticos (PPD/PSD) pela situação difícil que o município da Nazaré atravessa, os mesmos que levaram a que se tivesse de recorrer a um processo de reestruturação financeira, com graves sanções e sacrifícios impostos às populações, venham agora se desresponsabilizar de atos passados”, diz o PS.

Para o PS “não é aceitável que o PSD local tenha votado contra o Relatório e Contas do Município da Nazaré, referente ao ano de 2013, do qual são responsáveis pelas suas debilidades”.

“Ver o PPD/PSD votar contra documentos financeiros, com falhas provocadas pelos anteriores executivos, alegando que o atual executivo não resolveu em 7 meses o que os anteriores adensaram em pelo menos uma década, é um claro sinal de uma de 3 coisas: desonestidade intelectual; irresponsabilidade ou ambas”, refere a concelhia em comunicado.

Ainda no comunicado, o PS refere-se, também, à postura do vereador Grupo de Cidadãos Independentes, num ato “de total irresponsabilidade” do “único com responsabilidades em mandatos anteriores, atribuir diretamente responsabilidades ao técnico contabilístico, alegando que os políticos de gestões anteriores se limitaram a confiar nas instruções técnicas”.

“Este tipo de abordagem política, para além de perigosa, descredibiliza totalmente os eleitos que têm sempre de assumir as suas responsabilidades”, diz o PS, adiantando que tanto a população como o Partido Socialista “não esqueceram quem aprovou os instrumentos contabilísticos que expressavam a maior dívida de sempre, como sucedeu nos anos de 2011 e 2012 sem proferir qualquer palavra”.

Os socialistas deixam, ainda, a sua avaliação à posição da CDU na votação do documento, “que não só evidenciou clara subserviência aos anteriores responsáveis políticos que geriram este município, como inúmeras vezes acorreram em defesa das gestões passadas”, acusando a Coligação de “manter a aliança de mais de duas décadas com o PSD local”.

“Quem votou ao lado do PSD foi mesmo a CDU”, refere o Secretariado da Comissão Política Concelhia do Partido Socialista da Nazaré.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Salvador Formiga inicia mandato de vereador com compromissos

Com o fim do governo de António Guterres, Salvador Formiga abandonou o Parlamento de Lisboa e regressou à Câmara da Nazaré para desempenhar as funções vereador eleito nas listas do PS. Na sua primeira reunião, dirigiu-se aos munícipes com uma declaração pública...

formiga

Nazareno Miguel Cardina lidera lista do BE em Coimbra

Miguel Cardina é cabeça-de-lista do Bloco de Esquerda pelo distrito de Coimbra, local onde o partido não elegeu qualquer deputado nas últimas eleições para o Parlamento. Historiador e investigador do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, o nazareno...

miguel cardina