Q

Previsão do tempo

5° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 14° C
  • Sunday 14° C
6° C
  • Friday 15° C
  • Saturday 15° C
  • Sunday 16° C
7° C
  • Friday 15° C
  • Saturday 15° C
  • Sunday 16° C

Praia da Nazaré termina época balnear sem mortes em área vigiada

JL

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
As temperaturas começaram a descer no passado sábado e tudo indica que o verão de Outono tenha chegado ao fim, depois de um verão marcado por alguma instabilidade meteorológica, mas a registar as habituais enchentes na praia da Nazaré.

Ao nível da época balnear, o ano termina com resultados otimistas. Daniel Meco, coordenador dos nadadores salvadores na praia da Nazaré, lamenta o desaparecimento de uma pessoa em zona não vigiada, mas refere que o balanço da época é positivo, também pelas mudanças operadas no comportamento dos banhistas e que contribuíram, também, para os bons resultados.

“As pessoas estão mais respeitadoras das regras e dos sinais dos agentes de segurança”, o que ajuda os vigilantes na tarefa de zelar pela segurança da estância balnear, disse aquele responsável, no balanço da época.

Com a praia totalmente coberta por vigilância, no âmbito de um protocolo realizado com a Câmara Municipal, foi o excesso de pedras que deram à costa que aumentou o número de primeiros socorros prestados a banhistas, este ano.

“As pedras estavam mais longe mas depois de um inverno rigoroso vieram parar mais perto e isto está a provocar ferimentos ligeiros, mas nada de grave, rapidamente resolvidos com a intervenção dos nadadores-salvadores”, explicou Daniel Meco.

Sobre o aumento da área vigiada, Daniel Meco refere que se tratou de um “importante ganho” para a imagem da praia, como estância segura. A retirada do bar Bubas do areal provocou a necessidade criar um posto de vigilância nesse local, e a Associação propôs a criação de mais um, localizado no edifício “Onda” da Nazaré, classificado como “problemático, onde já aconteceram, no passado, acidentes com gravidade”.

Dos registos da associação, verifica-se que a época balnear termina com zero mortes em zona vigiada; um desaparecido em zona não vigiada; 42 assistências a banhistas sem necessidade de evacuamento para hospital; 11 assistências a banhistas com necessidade de evacuamento para hospital; 134 socorros na praia por picada de peixe aranha; 21 buscas de pessoas perdidos na praia; e 31 assistências a pessoas com deficiência, que se deslocaram à Nazaré, uma Praia acessível.

“Vamos tentar manter nos próximos anos, em que também queremos aumentar a bolsa de nadadores-salvadores, dado que, este ano, tivemos uma fraca afluência de candidatos aos cursos”, explicou o responsável, adiantando que é necessária a “profissionalização” da atividade, para que mais gente se sinta motivada à função, assegurada, maioritariamente por jovens estudantes.

A transferência da segurança das praias para a tutela das Câmaras é outra das medidas defendidas por Daniel Meco. “As câmaras asseguravam esta parte e iriam buscar o financiamento aos concessionários. Todos ganhamos com a segurança da praia”.

Além do acordo com a Câmara, a Associação assinou um protocolo de responsabilidade social com a empresa Rosa d´ouro que tem como objetivo apetrechar os vigilantes da praia com meios de salvamento e socorro.

Com a duração de 2 anos, o protocolo traduz-se na atribuição de 15 óculos de sol, 3 malas de 1ºs socorros, uma prancha de salvamento, e vestuário completo para o nadador salvador.

Terminada a época balnear (15/09), a ação da Associação de Nadadores-Salvadores têm-se intensificado no âmbito da sensibilização dos que se deslocam à praia para os últimos raios de sol da época e caminhar junto à água. “Tentamos que as pessoas, muitas delas vindas em excursões, caminhem o mais afastado possível da rebentação das ondas para assim evitarmos acidentes”.

“Vamos ver nos próximos dias se conseguimos, em regime de voluntariado, manter esta ação de sensibilização, para evitarmos acidentes”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Expectativas de futuro e escolha vocacional de estudantes

Município e Associação Inspirar o Futuro juntam-se para orientar alunos do 9º e secundário no rumo mais acertado para o futuro A Associação Juvenil Inspirar o Futuro esteve, no passado dia 6, na Escola C+S Amadeu Gaudêncio para uma de várias sessões previstas...

expectativas de futuro