Q

Previsão do tempo

15° C
  • Sunday 16° C
  • Monday 17° C
  • Tuesday 19° C
15° C
  • Sunday 17° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 22° C
17° C
  • Sunday 17° C
  • Monday 20° C
  • Tuesday 24° C

CDU critica ocupação de lojas do Mercado Municipal por grossistas

JL

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A CDU criticou a ocupação de lojas do Mercado Municipal da Nazaré por grossistas, através de concurso público para o arrendamento daqueles espaços, aberto pela Câmara Municipal.

Para a coligação, os mercados municipais destinam-se à comercialização de bens ou produtos por parte de micro e pequenos retalhistas, funcionamento como o elo da cadeia de comercialização.

O arrendamento comercial de lojas no mercado e a instalação de uma loja de peixe congelado são vistos pela CDU como “um precedente” que poderá levar, de futuro, a que Câmara venha a permitir “a instalação de grandes superfícies comerciais nos espaços disponíveis no mercado municipal da Nazaré”, acusando a maioria PS que governa o município da Nazaré, de “todas e quaisquer responsabilidades, pelos impactos negativos que tal decisão irá ter nos atuais comerciantes de pescado e suas famílias, que por sinal, estão a exercer a sua atividade no mercado municipal da Nazaré há décadas e que, nem sequer foram consultados para aferir a sua visão sobre a matéria em discussão”.

A coligação vai mais longe nas críticas à decisão da Câmara, que lançou a concurso o arrendamento comercial das lojas no mercado, afirmando que “por cada posto de trabalho criado por uma peixaria com estas características, destruirá pelo menos 5 postos de trabalho nas bancas das tradicionais peixeiras do mercado municipal”.

A CDU frisa que “um dos motivos do declínio da pesca profissional é o desaparecimento acentuado das centenas de peixeiras tradicionais que nunca conseguiram competir com o monopólio entretanto montado, entre grossistas e grandes superfícies comerciais”, acusando a gestão socialista na Câmara de criar os “monopólios de comercialização de produtos da pesca, esmagando produtores, esfolando autenticamente o consumidor final e atropelando pelo meio os pequenos retalhistas”.

Para transformar o mercado municipal numa montra dinâmica da cultura, produção regional e da defesa dos micro-empresários da comercialização de bens e produtos endógenos, a CDU sugere a ocupação das lojas no mercado com atividades ou serviços que não conflituam com os já existentes naquele equipamento; e atividades que tenham capacidade de atrair novos públicos e confiram uma outra atmosfera ao Mercado Municipal para que as atividades lá instaladas possam beneficiar dessa novas dinâmicas.

“A titulo de exemplo consideramos do interesse geral a instalação, no mercado municipal de: Alfarrabistas, livrarias alternativas, galerias de arte, lojas de artesanato local ou regional, lojas de produtos regionais com conceitos alternativos não existentes no mercado atualmente”, refere a CDU que propõe, ainda, a animação do interior do mercado com a realização de feiras de velharias; feiras de livros e discos em 2ª mão, exposições e workshops de fotografia, pintura e escultura com a temática do mercado municipal como orientação”.

Sobre a decisão da liderança socialista na Câmara, de abrir concurso para o arrendamento das lojas no mercado, a CDU diz não entender “as razões que estarão por detrás deste tipo de decisões, contrárias ao interesse público e o desrespeito evidenciado pelas atividades históricas existentes no Mercado Municipal da Nazaré”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Ampliaqua instala-se com inovação e investigação no Porto da Nazaré

A maior unidade de aquaponia do país que combina aquacultura e hidroponia livre de produtos químicos A AmpliAqua®️, uma empresa inovadora no campo da aquacultura, que combina aquacultura e hidroponia de forma sustentável, anunciou, em abril, a sua instalação no...

Ampliaqua