Q

Previsão do tempo

17° C
  • Sunday 17° C
  • Monday 17° C
  • Tuesday 19° C
17° C
  • Sunday 18° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 22° C
18° C
  • Sunday 19° C
  • Monday 20° C
  • Tuesday 25° C

Parceria entre câmara e Rodoviária do Tejo baixa preços dos transportes em Alcobaça

Paulo Alexandre

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Câmara de Alcobaça e a Rodoviária do Tejo estabeleceram um acordo para um novo modelo de transportes urbanos no concelho que permitiu descer os preços e aplicar títulos intermodais para os transportes urbanos e interurbanos.

Cristina Frazão, da Rodoviária do Tejo, explicou que a parceria surge em resultado de um desafio lançado pela câmara e traduz-se num novo conceito assente “na criação de um título único que possibilita aos passageiros das freguesias [não urbanas], com o mesmo bilhete, viajar na cidade, no autocarro urbano”.

O novo autocarro, o “Chita”, alia a imagem da marca de Alcobaça ao que o presidente da câmara, Paulo Inácio, considera ser “um serviço de transporte mais cómodo, mais barato e mais próximo do cidadão”.

A Rodoviária do Tejo criou descontos na ordem do 15% na compra dos bilhetes e passes mensais e a autarquia reduziu também os tarifários dos autocarros urbanos, passando o título de 70 para 50 cêntimos, o módulo de dez viagens de 4,90 euros para quatro euros, os passes de estudante e sénior de 7,70 euros para sete euros e o passe mensal de 15,40 para 10 euros.

A redução espelha “uma preocupação social” da autarquia, e o novo conceito de transporte assenta no redimensionamento dos percursos, abrangendo as freguesias que se localizem num raio de oito quilómetros de distância da cidade e na criação de novas paragens.

“Tendo em conta as sugestões de utilizadores e o balanço entre a oferta e a procura, estamos a procurar dar resposta às necessidades de deslocação”, relacionadas sobretudo com”o acesso a serviços públicos como os CTT, EDP, Serviços Municipalizados e grandes superfícies”, explicou Cristina Frazão.

No relançamento dos transportes urbanos foi ainda tida em conta a acessibilidade aos pontos turísticos da cidade, com a criação de paragens junto do Museu do Vinho, Castelo, Museu Raul da Bernarda e Igreja da Misericórdia.

Com um tempo médio de percurso na ordem dos 40 minutos, a “Chita” circula na cidade com uma capacidade de 14 lugares sentados, oito lugares em pé, um lugar para pessoas com mobilidade reduzida e dois lugares para carrinho de bebé.

O novo sistema de bilhética combinada abrange onze freguesias (Vestiaria, Bemposta, Maiorga, Boavista, Lameira, Chiqueda, Capuchos, Mendalvo, Évora, Carvalhal, e Aljubarrota), atingindo uma população de cerca de 25 mil habitantes.

Os transportes urbanos têm tido uma utilização de cerca de 1.400 pessoas por mês, número que a câmara estima que “aumente substancialmente com este serviço, que tem em conta a componente social, é mais cómodo e adequado às reais necessidades da população”, concluiu o presidente.

Com a Lusa

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Prémios Vinhos de Portugal 2024 realizado em Alcobaça

Ministro da Agricultura marcou presença no evento que decorreu em hotel de luxo da cidade O Montebelo Mosteiro de Alcobaça Historic Hotel foi, no passado dia 3 de maio, o local escolhido para a realização da cerimónia de entrega dos prémios aos vencedores da 11º...

concurso de vinhos portugueses

Ampliaqua instala-se com inovação e investigação no Porto da Nazaré

A maior unidade de aquaponia do país que combina aquacultura e hidroponia livre de produtos químicos A AmpliAqua®️, uma empresa inovadora no campo da aquacultura, que combina aquacultura e hidroponia de forma sustentável, anunciou, em abril, a sua instalação no...

Ampliaqua