Q

Previsão do tempo

13° C
  • Thursday 22° C
  • Friday 22° C
  • Saturday 19° C
13° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 23° C
  • Saturday 23° C
12° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 22° C
  • Saturday 23° C

Auditoria à Câmara: lançado convite a seis empresas

JL

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Câmara da Nazaré vai lançar o convite a seis entidades (Pwc Portugal; KPMG; Mazars, Deloitt; MGI Portugal e BDO Portugal) para a aquisição de serviços de auditoria.

As seis empresas são convidados a “apresentar uma proposta no âmbito do ajuste direto adotado para a celebração do contrato de aquisição de serviços de auditoria ao Município da Nazaré”, até às 12h00 do dia 27 de março, quinta-feira. O preço base do procedimento é de 12,000.00 (+iva, à taxa aplicável).

A “Análise dos bens patrimoniais (imobilizado e inventários) de 2005 a 2012” e a “Análise da elaboração, decisão, financiamento, contratação, execução e pagamento dos grandes projetos” são os aspetos a auditar, nesta primeira fase.

Após tomar posse do cargo, o presidente da Câmara Municipal, Walter Chicharro, anunciou a realização de uma auditoria ao município, que tinha como objeto a análise dos procedimentos contabilísticos realizados durante os exercícios de 2005 a 2012 (ponto 1); a Conferência de todos os registos contabilísticos, bem como de registos auxiliares de 2005 a 2012 (ponto 2); Reconciliações bancárias de 2005 a 2012 (ponto 3); análise dos bens patrimoniais (imobilizado e inventários) de 2005 a 2012 (ponto 4); análise da realidade da receita e da despesa de 2005 a 2012 (ponto 5) e Análise da elaboração, decisão, financiamento, contratação, execução e pagamento dos grandes projetos (ponto 6).

“Considerando as informações mais recentes, de terem sido realizadas algumas auditorias, no passado, das quais só agora se começa a ter conhecimento; a necessidade de conhecer em profundidade as auditorias realizadas, a fim de avaliar os anos que serão objeto de auditoria e para não agravar os custos; que o objeto da auditoria contempla vários aspetos parcelares, divisíveis, e alguns interdependentes; e ainda que os aspetos da auditoria não interdependentes, nomeadamente referidos nos pontos 4 e 6, poderão ser desenvolvidos autonomamente, propus a elaboração de caderno de encargos para as auditorias referidas nos pontos 4 e 6 em separado das restantes”, declarou o autarca, justificando, deste modo, a realização de uma auditoria a dois dos seis pontos que a gestão socialista da Câmara da Nazaré quer clarificar.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Encerramento do Ascensor desespera comerciantes

Os comerciantes com negócios junto ao Ascensor falam em dificuldades financeiras devido à paragem do transporte há vários meses devido à realização das obras de sustentação das arribas por parte da Agência Portuguesa do Ambiente [APA]. A obra tinha o prazo de...

ascensor

CDU questiona executivo da Câmara sobre o destino de pescado fresco

A CDU exigiu esclarecimentos sobre o destino dado a uma quantidade elevada de pescado fresco adquirido pela Câmara Municipal alegando destinar-se às cantinas escolares. “Recebemos informações de que o Presidente da Câmara Municipal da Nazaré, Walter Chicharro, pode...

joao delgado