Q

Previsão do tempo

13° C
  • Thursday 22° C
  • Friday 22° C
  • Saturday 19° C
14° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 23° C
  • Saturday 23° C
14° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 22° C
  • Saturday 23° C
Candidato do CDS-PP

Joel Vitorino – “A Nazaré merece melhor e, nessa perspetiva, assumimo-nos com coragem e determinação para que isso aconteça”

Cátia Nunes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Natural de Valado dos Frades, João Vitorino tem 24 anos, é enfermeiro e aceitou o convite do CDS-PP para, desta forma, criar uma “equipa jovem, dinâmica e com vontade de trazer novas perspetivas, ideias e soluções para o concelho da Nazaré”. Um dos motivos que o levou a candidatar-se à presidência da Câmara Municipal da Nazaré foi o facto de ter “reunido a equipa que poderá criar um cenário de condições favoráveis para o concelho”. O que o diferencia dos outros candidatos, para além das suas ideias, é o facto de “nunca ter estado envolvido no poder local nem em nenhum executivo da Câmara Municipal”, o que acabará “por traduzir-se num novo impulso para que possa vir a ser o executivo da Nazaré para a próxima legislatura”.

Ligação do PSD ao CDS-PP

Não acredita que a coligação nacional PSD/CDS o possa prejudicar ou beneficiar a sua candidatura e revela que tem consciência das medidas menos populares. Estando ou não de acordo com elas, “acaba por trazer uma carga menos positiva para aqueles que são os partidos que estão neste momento a formar governo”.

“Nesta candidatura existe uma coisa muito similar àquela que existe no CDS ao nível do poder nacional. que é a coragem e determinação”. refere o candidato. dizendo que se sente motivado “para poder dar o contributo dentro daquilo que são as convicções do partido e que isso se possa traduzir para o crescimento do concelho da Nazaré na próxima legislatura”.

Joel Vitorino assegura que “o CDS está a formar governo neste momento e que, independentemente do partido que lá estivesse, qualquer um tem que tomar decisões muito duras que não serão as decisões que a maioria gostaria de ter nesta altura”.

Dinamização da economia no concelho

Está em execução uma área empresarial em Valado dos Frades e “é necessário dar continuidade a este processo, atrair investimento para esta área industrial, para que esse investimento comece a dar frutos nesse sentido”, refere o candidato, que tem o objetivo “promover um maior nível de empregabilidade das pessoas que vivem no concelho da Nazaré e levar a que as pessoas com poder financeiro também possam fazer movimentar este tecido da economia”.

O candidato acredita que existe nas freguesias de Valado dos Frades e Famalicão uma “potencialidade incrível ao nível da agricultura e é necessário que a Câmara Municipal também possa vir a apoiar estes empresários agricultores, que serão uma mais-valia para a economia da região”.

Superar a dívida

O candidato do CDS revela que um dos pilares que sua candidatura tem defendido é o de “trabalhar com sustentabilidade”. Considera que “será um entrave para aquele que vier a ser eleito, saber que tem ao comando uma Câmara endividada há 20 anos”.

“Ainda assim se a dívida existe é porque foi feita obra para promover o crescimento do concelho e este tem que ser pago por quem gere e por quem é responsável por promover esse mesmo crescimento que, neste caso, é a Câmara Municipal da Nazaré”, frisa o candidato do CDS, que tem o intuito de “pagar aquilo que são as dívidas da Câmara Municipal e, nesse sentido, zelar pela sua sustentabilidade”.

Joel Vitorino assume que aquele que venha a ser vencedor “tenha de responder por aquilo que está feito na Nazaré”. No entanto, garante que ficaria mais satisfeito se daqui a quatro anos pudesse ser responsabilizado por aquilo que venha a ser o seu trabalho.

Pesca, turismo e reabilitação urbana

Quando questionado quanto à sua opinião acerca do porto de abrigo, marina e porto naval, Joel Vitorino afirma que “a Nazaré seria enriquecida com esse projeto, mas existem situações a colmatar com mais urgência, como por exemplo, a falta de saneamento básico na freguesia de Famalicão”, acrescentando que enquanto essas situações não forem resolvidas “não será pertinente falar de uma marina, até porque a Nazaré não tem dinheiro para isso”.

Revela preocupação quanto às situações de carência existentes no concelho e assume que “aquilo que o CDS tem para dizer a essas pessoas, ao nível da ação social, é que quer apoiar os projetos de intervenção que vêm sendo desenvolvidos pelo executivo”. Declara que “tem de existir proteção para as pessoas altamente carenciadas e muitas vezes sem qualquer tipo de forma de subsistência. Elas precisam mais que tudo do apoio da Câmara Municipal e essa é uma das situações que queremos resolver na Nazaré”, revela o candidato, concluindo que esta será uma das razões que os levará a “por exemplo deixar os teleféricos e as marinas para segundo plano”.

O CDS tem algumas propostas para poder receber melhor aqueles que visitam a Nazaré, “porque não faz sentido, neste momento, e com o nível de pessoas que nos procuram todos os anos, que não exista uma requalificação do centro histórico”.

O candidato diz que é necessário estar ao lado dos pescadores e poder conseguir apoio a este nível porque “há famílias que têm na pesca a sua forma de subsistência”. E, neste caso, “é necessário que as pessoas com atividade na pesca possam ter perspetivas na melhoria no futuro. Não há melhor que eles para pensar em soluções para esse problema”, garante Joel Vitorino.

Assegura ainda que será uma das posturas a apresentar pelo CDS: “Estar e perceber junto das populações, e com aqueles que estão nessa atividade económica, quais as melhores soluções a implementar nesse sentido, sabendo que, à partida, é uma atividade que queremos apoiar”.

Importância do voto

Joel Vitorino faz o apelo àqueles que não costumam votar para que se envolvam e contactem com as propostas do seu partido: “A democracia tem deveres e direitos, e o direito a votar é importantíssimo e, como partido político, temos de sentir a responsabilidade desse direito e de o defender”

“A Nazaré merece melhor e, nessa perspetiva, assumimo-nos com coragem e determinação para que isso aconteça e se o futuro é daqueles que fazem acontecer, eu desafio as pessoas a que se juntem a nós e que façam elas também acontecer”, conclui o candidato do CDS.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Encerramento do Ascensor desespera comerciantes

Os comerciantes com negócios junto ao Ascensor falam em dificuldades financeiras devido à paragem do transporte há vários meses devido à realização das obras de sustentação das arribas por parte da Agência Portuguesa do Ambiente [APA]. A obra tinha o prazo de...

ascensor

CDU questiona executivo da Câmara sobre o destino de pescado fresco

A CDU exigiu esclarecimentos sobre o destino dado a uma quantidade elevada de pescado fresco adquirido pela Câmara Municipal alegando destinar-se às cantinas escolares. “Recebemos informações de que o Presidente da Câmara Municipal da Nazaré, Walter Chicharro, pode...

joao delgado