Q

Previsão do tempo

14° C
  • Friday 18° C
  • Saturday 22° C
  • Sunday 26° C
14° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 25° C
  • Sunday 29° C
14° C
  • Friday 21° C
  • Saturday 25° C
  • Sunday 29° C
Grupo de cidadãos Independentes apoiados pelo Partido da Terra – MPT entregou listas no Tribunal

Lista candidata aos órgãos autárquicos da Nazaré e Comissão Política do MPT confiantes em “projeto vencedor”

JL

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A candidatura do grupo de Cidadãos Independentes apoiados pelo MPT - Partido da Terra, entregou segunda-feira, 5 de Agosto, no Tribunal da Nazaré, na presença da Comissão Nacional do MPT, a sua lista de candidatos às eleições autárquicas de 29 de Setembro de 2013.

Ao todo, são cerca de oito dezenas de pessoas que integram as listas para todos os órgãos autárquicos – Câmara Municipal da Nazaré, Assembleia Municipal da Nazaré, e Assembleias de Freguesia da Nazaré, Valado dos Frades e Famalicão.

No ato formal (no qual marcaram presença John da Costa Baker, presidente da Comissão Política Nacional do MPT, José Faria, coordenador autárquico nacional, e Isabela Barreto, Conselheira Nacional do MPT), António Salvador, candidato à Presidência da Câmara da Nazaré, começou por agradecer a presença dos três elementos da estrutura nacional do MPT e o «apoio que desde o primeiro momento» foi dado à candidatura que encabeça, bem como o apoio demonstrado por «todos os membros que vão nas listas». «São pessoas que, na sua grande maioria, nunca estiveram envolvidas na política, nunca fizeram parte de listas autárquicas, ou outras, sendo que quase ninguém foi alguma vez militante de um partido. São pessoas da sociedade civil de facto, que acreditaram numa pessoa, num projeto, e numa equipa formada em função desse mesmo projeto», afirmou.

Esta «é uma candidatura que não está contra ninguém», salientou o candidato a Presidente da Câmara da Nazaré. «O que há é uma alternativa em termos de projeto, em termos políticos, para a gestão do Município da Nazaré nos seus cinco órgãos – Câmara Municipal da Nazaré, Assembleia Municipal da Nazaré, Juntas de Freguesia de Valado dos Frades, Nazaré e Famalicão».

António Salvador lamentou o facto de, já nesta fase de pré-campanha eleitoral, a candidatura que lidera estar a ser sido «alvo de algumas tentativas de boicote».

«O poder instalado está muito enraizado», disse. «Há muitos interesses envolvidos, e nós estamos a lutar contra esse processo, contra esses interesses. Também por isso estamos com outra força, com mais resistência, com mais animação até, porque nos apraz ver que a nossa candidatura tem uma missão que é a de promover a mudança no Concelho da Nazaré, trazer desenvolvimento económico, dar melhores condições de vida à população, e conseguir que, em cada uma das freguesias, tudo se proporcione no sentido de a governação trabalhar em função da população e não em função desses interesses instalados».

Na ocasião, John da Costa Baker, presidente da Comissão Política Nacional do MPT, justificou o apoio do Movimento Partido da Terra à candidatura de António Salvador por reconhecer nele as competências e os conhecimentos para a função de Presidente da Câmara, realçando a singularidade do município da Nazaré.

«Apoiamos a candidatura de António Salvador, aqui na Nazaré, porque consideramos que ele é um homem da terra, um homem que conhece as especificidades da Nazaré, da terra e do mar. Consideramos que é uma candidatura vencedora, que vai trabalhar em prol da Nazaré e dos nazarenos, e sabemos que quando forem eleitos – ele e a sua equipa – vão dar tudo por tudo, também para quebrar com o ciclo de 20 anos de poder existente nesta terra».

José Inácio Faria, coordenador autárquico nacional do partido, acrescentou que este apoio derivou também do facto de a comissão política se rever em todo o projeto que foi apresentado. «Fomos contactados por António Salvador, que nos apresentou um projeto que entendemos, na comissão política, por unanimidade, ser um projeto muito válido», designadamente «na componente do ordenamento do território, na vertente agrícola, das pescas e do mar».

«Foi de facto um programa muito aliciante para nós e, logo à partida, a comissão política foi unânime em apoiá-lo. Por isso estamos aqui neste dia. É uma honra fazer parte deste projeto e uma honra terem escolhido o MPT para levarem para a frente esta bandeira, uma bandeira de esperança. Uma candidatura de esperança para o concelho da Nazaré e para os nazarenos. É um projeto vencedor».

Também presente no ato formal da entrega das listas esteve Francisco Coutinho, Mandatário Político desta candidatura para o concelho da Nazaré, advogado e Professor do Ensino Superior, militante do PSD, que foi presidente da Câmara da Batalha e Governador Civil do Distrito de Leiria vários anos.

António Salvador é «uma pessoa séria, honesta, com capacidades e provas já dadas» quanto à capacidade de gerir e de implementar uma nova dinâmica na Nazaré, afirmou. «Penso que esta candidatura, como Independente, visa sobretudo levar a Nazaré mais longe. A Nazaré é uma referência distrital e uma referência nacional, que António Salvador pode potenciar e ampliar, trabalhando para a terra e para a população de quem gosta muito», afirmou.

José Batalha, nº 2 nas listas para a Câmara Municipal da Nazaré, justificou o seu apoio por acreditar «no candidato e na equipa».

«Considero que todos têm os princípios básicos que entendo serem necessários para concretizar este projeto, tais como honestidade, seriedade, competência e espírito de missão», que vão colocar ao serviço da população e do concelho.

Na mesma linha segue a opinião de Graciano Dias, candidato à presidência da Assembleia Municipal da Nazaré. «Acredito que o arquiteto Salvador é o candidato mais competente, com mais experiência e competências para gerir uma câmara municipal que está com as dívidas que todos nós conhecemos, fruto de uma gestão desastrosa. Por outro lado, acredito que a Assembleia Municipal da Nazaré, órgão ao qual me candidato, pode fazer de uma forma mais determinante uma verdadeira fiscalização ao executivo que vier a ser eleito – e que vai ser liderado pelo arquiteto Salvador».

José Joaquim Pires, candidato a Presidente da Junta de Freguesia da Nazaré, afirmou não ter tido qualquer dúvida em aceitar o convite para fazer parte deste projeto. «António Salvador é uma pessoa que eu conheço, e sabendo as ideias que tem e aquilo que ele quer para o concelho, não tenho dúvidas de que é a pessoa indicada para liderar a Câmara Municipal da Nazaré. Acredito no projeto e também naquilo que gosto de fazer, que é trabalhar numa boa equipa».

Alexandrina Esgaio, candidata a Presidente da Junta de Freguesia de Valado dos Frades, afirmou: «Entendo que realmente tem de haver uma mudança, e essa mudança só vai acontecer com António Salvador.

Identifico-me com as suas ideias, com os seus projetos, e acredito na sua dinâmica e capacidade de trabalho», por isso «estamos todos com ele nesta missão e no desejo de mudar o rumo do Concelho e ter uma gestão mais responsável e competente».

Quanto ao futuro da freguesia de Valado dos Frades, Alexandrina Esgaio diz ter «objetivos muito claros», tendo afirmado: «Estou muito motivada com a candidatura neste momento e com a ideia de pôr esses objetivos em prática, porque sei que vou ter toda a colaboração da equipa, incluindo da Câmara Municipal e do seu futuro Presidente, António Salvador».

Abílio Santiago, candidato a Presidente da Junta de Freguesia de Famalicão, explicou que a sua adesão à equipa e ao projeto ficou a dever-se à «confiança que tem no arquiteto Salvador e de ele poder fazer a diferença na Câmara Municipal da Nazaré. Pelos seus conhecimentos e experiência, é de facto a única pessoa que tem condições para comandar a autarquia», sobretudo neste momento. Por outro lado, «move-me também o facto de querer participar na evolução da Freguesia que me viu nascer, e que está há tempo demais inanimada, esperando contribuir para o seu desenvolvimento com a colaboração de António Salvador como Presidente da Câmara».

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

João Formiga anuncia candidatura à concelhia do PS Nazaré

João A. Portugal Formiga, Presidente da Junta de Freguesia da Nazaré, anunciou, nas redes sociais, que é candidato à presidência da concelhia local do Partido Socialista. “No panorama político atual, onde uma parte da direita e outra parte da esquerda, se têm...

joao formiga