Q

Previsão do tempo

27° C
  • Sunday 21° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 22° C
28° C
  • Sunday 24° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 24° C
30° C
  • Sunday 24° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 24° C
“be IN – Participar para Crescer”

Uma Estratégia para o Oeste

Marlene Sousa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A AIRO (Associação Empresarial da Região Oeste) em parceria com a AIP (Associação Industrial Portuguesa) realizou no passado dia 29, nas Caldas da Rainha, o “be IN – Participar para Crescer” na região Oeste. Trata-se de um projeto a nível nacional, que tem como objetivo o desenvolvimento de um conjunto de ações que promovam a participação da sociedade nas temáticas que determinam o futuro de Portugal e da Europa. Subordinado ao tema “Uma Estratégia para o Oeste” – Turismo Criativo e Sustentável, o fórum trouxe um elevado número de participantes para o debate de projetos, conceção de ideias e antevisão do futuro.

O tema foi escolhido através de votação da página do evento no Facebook, algumas semanas antes do fórum, e deu o mote à comunicação realizada antes do evento e aos desafios formulados através das redes sociais.

Que turismo para a Região Oeste? Que incentivos são necessários para fixar os jovens na região?, Empreendedorismo como gerador de postos de trabalho, como podem os vários setores empresariais unirem-se para mais sustentabilidade e o que falta para valorizar e promover a região?, foram algumas questões discutidas na iniciativa.

A sessão de envolvimento, que foi moderada por Sabrina Ribeiro, da AIRO, contou com a presença de cinco dinamizadores convidados que deram um enquadramento ao tema.

José Luís de Almeida, professor da Escola Superior de Arte e Design das Caldas da Rainha (ESAD.CR), fez uma intervenção sobre a “metodologia de pensar o futuro”, destacando algumas ferramentas da prospetiva para uma reflexão estratégica.

“Sustentabilidade no Oeste”, foi o tema da intervenção de Mário João Carvalho, professor do Instituto Politécnico de Leiria (IPL), que considera que esta região tem capacidade de se diferenciar de uma forma sustentável.

Sérgio Miguel, coordenador de Gestão do Mercado de Emprego, do Instituto de Emprego e Formação Profissional, falou das oportunidades e incentivos que o Centro de Emprego tem disponível e que visam combater o desemprego. Este responsável explicou como funcionam os Estágios Profissionais, Impulso Jovem e Estímulo 2013.

Telmo Faria, presidente da Câmara de Óbidos, que está a terminar o seu último mandato, referiu que os autarcas têm de ser “líderes”, “apontar o caminho” e ter uma “estratégia”. “Não devem apostar em mais estradas e rotundas mas sim na capacidade de criar riqueza”. Para isso defendeu uma aposta no triângulo assente na educação, economia da criatividade e sustentabilidade. “Temos que promover o território para atrair a classe criativa”, disse, acrescentando que, “as pessoas querem ser confrontadas com novas experiências”.

Hugo Oliveira, vereador da Câmara das Caldas, defendeu o trabalho em rede das empresas e também dos municípios. “Cada concelho não pode ser visto como uma ilha, tem que haver união entre os concelhos porque cada um tem potencial”, admitindo que nesta região não tem sido fácil essa junção.

Também defendeu a criatividade, sublinhando a importância de aproveitar a escola de artes e design para captar a classe criativa. “Queremos apostar na área da reabilitação do centro urbano das Caldas, nomeadamente na reabilitação dos edifícios degradados para a criação de ateliers no centro da cidade para os alunos”, afirmou o vereador.

O autarca destacou ainda a importância de captar investimento para a cidade e para o Oeste.

A intervenção destes elementos suscitou um produtivo debate em torno dos novos desafios para a região. Os participantes mostraram-se interessados em discutir o futuro do Oeste, revelando-se muito preocupados com a situação atual desta zona. A construção do novo hospital Oeste-Norte e o encerramento do Hospital Termal foram alguns dos temas suscitados pelo público.

Hugo Oliveira disse que se está a viver um momento de “grandes decisões” em relação ao hospital termal e se não “houver uma resolução rápida vai fechar definitivamente”.

Telmo Faria sublinhou que é um “crime” manter o hospital termal integrado no ministério da saúde e que deveria estar ligado ao Ministério da Economia. “Termas é economia”, apontou, adiantando que tem de haver uma diferença entre “a saúde e o bem-estar”.

Ideias relevantes para o Oeste

Na segunda parte do fórum “Be In – Participar para Crescer”, o público dividiu-se pelas sessões de trabalho paralelas: “Be Inspired – Speaker Corner: Ideias inspiradoras para a região” e “Be Ingenious – Futuroscópio: Como será a minha região em 2025?”.

Na sessão “be INspired”, foram apresentados oito projetos e ideias relevantes para a Região.

Susana Rodrigues, aluna da escola de artes e desing, apresentou o projeto de “Arte Urbana”, que pretende dignificar espaços urbanos pela intervenção de diferentes artistas.

João da Silva Pereira, licenciado em Design e pós-graduado em Web Marketing, em conjunto com um amigo criou um portal de aproximação de clientes e fornecedores de peças automóveis. PortugalParts.com é o primeiro portal de peças para automóveis totalmente grátis. Se o cliente quiser comprar, ser-lhe-á dada a informação sobre o fornecedor para que possa fazer a compra.

Carlos Ribeiro, speaker de longa data e militante do jornalismo cidadão, apresentou o projeto “O caleidoscópio europeu do desemprego jovem”, que visa a reivindicação das bases para uma reorganização do emprego que contemple uma dinâmica empreendedora.

Maria José Rocha, professora de Artes Visuais na Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, voltou a apresentar o Ú das Caldas, um negócio que tira partido do “falo das Caldas”, um símbolo das Caldas da Rainha, introduzindo design e criatividade para lhe dar um tom mais suave e que pretende levar a imagem das Caldas além-fronteiras. Como novidade apresentou a Matrona – mama das Caldas, que vai ser a imagem da associação “Olha-te”.

Mostrou ainda um novo produto que é o picante das Caldas, vendido nas lojas parceiras, produzido pela Horta Azul.

André Macedo, secretário executivo da Oestecim, apresentou o Estratégia 2020 – Oeste Portugal, um projeto que visa a construção do quadro de referência regional para o período 2014-2020, respondendo assim ao desafio lançado pela Comissão Europeia para que as novas estratégias territoriais de desenvolvimento comecem a ser definidas regional e localmente.

“Acess4Blind” foi o projeto apresentado por Michael Pereira, Bárbara Santos e Rute Gomes, alunos da Unidade de Projeto e Empreendedorismo do IPL. O plano passa por permitir que as pessoas com insuficiências visual possam circular pelas unidades hoteleiras sem constrangimentos. Passa pela implementação de placas identificativas e ementas em braile.

Ana Isabel Pereira e Rita Cordeiro, também alunas da mesma unidade, apresentaram o “Secret Spot Hotel”, um hotel itinerante para praticantes de desportos náuticos (surf).

“Silos Contentor Criativo” é como se designa o projeto apresentado por Nicola Henriques, que termina a licenciatura em Design de Ambientes na ESAD.CR. Na antiga moagem Ceres foram criados espaços/ateliers em dinâmica open-space para os alunos da ESAD.CR. Falou deste projeto, que tem três anos de existência e que está a conquistar o seu lugar, assumindo-se como uma plataforma para a criatividade.

Sabrina Ribeiro, da AIRO, falou do projeto “Academia de Talentos”, que pretende efetuar uma intervenção global, desde o diagnóstico e orientação, passando pela realização de ações de formação e workshops, até à implementação de um plano de ação, visando promover a (re)integração do indivíduo em termos socioprofissionais. Pretende-se o desenvolvimento das suas competências pessoais, sociais e profissionais, a sua valorização pessoal bem como a sua empregabilidade.

O projeto “Be In – Participar para Crescer” enquadra-se numa iniciativa da Comissão Europeia promovida pelo Centro de Informação Europeia Jacques Delors (CIEJD).

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Novo recorde de maior onda surfada na Praia do Norte

Há um novo recorde mundial de maior onda já surfada na Praia do Norte, na Nazaré, que foi alcançado pelo alemão Sebastian Steudtner, que em 29 de outubro de 2020 atingiu os 26,21 metros, segundo foi anunciado nesta terça-feira pela World Surf League (WSL),...

ondajpg

Mário Cerol assumiu o Comando dos Bombeiros Voluntários da Nazaré

O novo comandante dos Bombeiros Voluntários da Nazaré tomou posse do cargo, no passado dia 25 de abril, uma cerimónia que contou com a presença da população e das entidades convidadas. Mário Cerol falou em compromisso, responsabilidade e em gratidão pelo convite...

mario cerol