Q

Previsão do tempo

13° C
  • Thursday 16° C
  • Friday 16° C
  • Saturday 12° C
13° C
  • Thursday 17° C
  • Friday 16° C
  • Saturday 12° C
14° C
  • Thursday 16° C
  • Friday 16° C
  • Saturday 12° C

Formação sobre Nutrição para pais em Valado dos Frades

Paulo Alexandre

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Associação de Pais e Encarregados de Educação da EB de Valado dos Frades está a realizar sessões de formação sobre nutrição e cognição, destinada aos pais e filhos, nos dias 28 de abril e 26 de maio, tendo a primeira decorrido no passado domingo Laura Teixeira é a responsável pelas sessões de esclarecimento e formação sobre nutrição, que continuarão a decorrer na EB de Valado dos Frades, e que têm como objetivo fornecer bases para uma alimentação equilibrada, e crianças mais saudáveis e atentas, no processo de aprendizagem.

RN: Quais são os principais erros alimentares nas crianças?

LT:Os principais erros alimentares passam pelo estilo de vida pouco saudável, e o desequilíbrio nutricional, nomeadamente a carência de um

bom pequeno almoço, como rotina saudável. O excesso de sal, o consumo reduzido em fibra, o uso de açúcar e alimentos doces e açucarados, a qualidade dos alimentos que ingerimos, entre outros, fazem aumentar esta a lista negra, relacionada com os erros alimentares.

RN:Qual a melhor maneira de corrigir alguns erros, que se tornam num hábito, muitas vezes difícil de eliminar?

LT:A resposta a esta questão pode ser relativa, e ter várias variáveis, que passam pelo contexto económico, social e cultural. A

população rural tem uma alimentação mais saudável do que a das cidades, onde as rotinas são diferentes. Passa pela questão dos

horários de trabalho, a necessidade de comer fora ou á pressa, da oferta de comidas rápidas (ditas da moda), o abuso de carne, e menor

consumo de frutas.Dependendo dos contextos, o mais importante passa pela necessidade de refletir se “o que eu como habitualmente,

influencia a minha qualidade de vida agora e no futuro”, e encontrar as soluções possíveis para a mudança de hábitos.

RN: Os pais, enquanto educadores, são os principais responsáveis pela alimentação das crianças. Como podem tornar a alimentação, dita saudável, mais apetecível?

LT: Os pais enquanto educadores devem ter princípios e rotinas saudáveis. O exemplo deles é fundamental neste processo, nomeadamente:

deixar os refrigerantes e doces no supermercado. Passam, ainda, por criar rotinas, em casa para as refeições, planeando menus em família,

e permitir que a criança colabore em pequenas tarefas, na cozinha. Variar os alimentos. Colocar pequenas quantidades no prato, deixar que

ela peça mais comida. Ter um doce feito em casa ocasionalmente, em dias isolados. Conversar com os filhos… As crianças estão a comer o

que os seus pais consomem, mas também a contrair as suas doenças.

RN: Até que ponto uma criança mal alimentada ou com uma alimentação incorreta tem mais dificuldades na aprendizagem?

LT: A alimentação incorrecta tem influência negativa na função cerebral, por falta de “combustível”, hidratos de carbono de qualidade. Os nutrientes consumidos diariamente têm um efeito imediato na função cerebral. Este é o órgão que mais nutriente energético de qualidade necessita, para um bom desempenho.

RN: Nas formações sobre Nutrição e Cognição quais são os casos mais graves e repetidos com que se tem deparado?

LT: Geralmente neste tipo de formações não são detetadas situações graves, uma vez que se trata de um momento formativo. Como

profissional de saúde, os casos mais graves que tenho encontrado são crianças (14 anos) com diabetes tipo 2, doenças renais em idades muito precoces e comportamentos violentos e agressivos.

RN: Esta formação é dividida em 3 sessões. Qual é o objetivo?

O meu “macro” objetivo passa pela participação das pessoas, porque aí cria-se o momento para a informação, partilha de experiências,

alternativas saudáveis, entre outras.

RN: O que é um bom resultado para si, quando termina uma formação, com esta que vai decorrer no Valado dos Frades?

LT: O facto de serem 3 sessões, vai criar um processo de avaliação, face a micro mudanças que geralmente são partilhadas por parte dos

participantes. Em cada sessão são abordados temas diferentes, que achamos pertinentes para orientação dos pais.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Ensino Básico do concelho da Nazaré mantém acesso à Escola Virtual

Os quartos anos do 1º ciclo e os dos 5º e 6º anos do segundo ciclo beneficiarão deste serviço até 2025 As credenciais da Escola Virtual estão a ser entregues a professores, encarregados de educação e alunos dos 4º anos do 1º Ciclo do Ensino Básico, bem como aos 5ºs...

6877134026795446035