Q

Previsão do tempo

22° C
  • Tuesday 18° C
  • Wednesday 19° C
  • Thursday 16° C
22° C
  • Tuesday 20° C
  • Wednesday 21° C
  • Thursday 17° C
24° C
  • Tuesday 20° C
  • Wednesday 21° C
  • Thursday 17° C

Passeio dos Noivos no Castelo de Alcobaça

Paulo Alexandre

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Castelo de Alcobaça vai passar a fazer parte da oferta complementar do turismo em Alcobaça. A Câmara diz estar a tomar “diligências para otimizar os espaços da cidade como ofertas complementares de turismo”, para, no âmbito da regeneração urbana em curso na zona da Gafa, se dar um “salto qualitativo em termos de qualidade e de apresentação turística”, informou Paulo Inácio, presidente do executivo camarário.

“Tenho um projeto, que será apresentado a seu tempo, para a conferência dos rios de Alcobaça e para o Castelo, para que sejam motivos de visitas turísticas. O objetivo é haver continuidade”, disse o autarca.

Sobre o projeto para o Castelo, Paulo Inácio informou que “será através da colocação de pedra (da Ataíja), onde serão gravados os nomes dos noivos e o slogan “Em Alcobaça dê lugar ao Amor” que o passeio será construído”.

“A ideia é que sejam os noivos e turistas a construir e a requalificar a envolvente do Castelo, com calçada, que deixará gravado para toda a vida no Passeio dos Noivos, os nomes, as datas e o momento”.

De acordo com o autarca, “são motivos para que outros espaços da cidade possam ter condições de atratividade”.

A proposta de trabalho do executivo camarário de Alcobaça será apresentada, em breve, à tutela do Castelo.

Castelo de Alcobaça

Situado num outeiro onde os visitantes têm uma vista privilegiada sobre a cidade, o Castelo data, provavelmente, do período visigótico, tendo sido, no século VIII, conquistado pelos mouros; e em 1148 tomado por D. Afonso Henriques aos mouros, que o voltaram a conquistar e destruir. O Castelo seria, mais tarde, reconquistado e reconstruído por El-Rei D. Sancho I. O seu alcaide mais conhecido foi Ben Al-Mansour. É sobre este que se contam algumas das mais belas lendas de Alcobaça.

O edifício sofre grandes estragos com os terramotos de 1563 e 1755.

Sem utilidade como castelo, chegou a ser prisão.

Mais tarde, no século XIX, o município de Alcobaça vende as pedras das muralhas à população para construção de habitações. Outras foram alvo de furtos. (fonte: junta de freguesia de Alcobaça)

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Memórias e reflexões de Laborinho Lúcio no livro “A Vida na Selva”

"A Vida na Selva", uma viagem às memórias e histórias de Álvaro Laborinho Lúcio, que se confundem por entre lembranças de infância e palestras de autor, depois de uma carreira dedicada à magistratura e à política, foi apresentado, no passado sábado, dia 06 de...

laborinho

Alcobaça arrecada quatro Prémios 5 Estrelas Regiões

O concelho de Alcobaça está em grande destaque na 7ª edição dos Prémios 5 Estrelas Regiões, com a obtenção de 4 galardões nas seguintes categorias: Museus: Museu do Vinho (Alcobaça), Produtos Naturais: Maçã de Alcobaça, Clínicas Médicas: Policlínica da Benedita,...

mvinho2024 1

Walter Chicharro renunciou ao cargo de Presidente de Câmara

Manuel Sequeira assume a presidência da Autarquia até ao final do mandato [2021-2025] Walter Chicharro dirigiu-se, no passado dia 24 de março, aos munícipes para comunicar a sua renuncia ao cargo de Presidente de Câmara, para o qual foi eleito nas Autárquicas de...

walter