Q

Previsão do tempo

8° C
  • Saturday 10° C
  • Sunday 9° C
  • Monday 11° C
8° C
  • Saturday 11° C
  • Sunday 10° C
  • Monday 11° C
6° C
  • Saturday 11° C
  • Sunday 10° C
  • Monday 11° C

Alcobaça aprova orçamento de 41,5 milhões para 2013

Paulo Alexandre

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Câmara Municipal de Alcobaça aprovou um orçamento de 41,5 milhões de euros para 2013, o valor mais baixo dos últimos anos.

Paulo Inácio explicou que se trata de “um documento que tem em atenção as questões sociais, daí estar cabimentada uma verba de dois milhões de euros para apoiar os desempregados, as refeições e os transportes escolares, para além das IPSS”.

Outra das prioridades para o próximo ano passa por “dar continuidade à recuperação económica das contas da câmara municipal de Alcobaça”, informou o presidente do executivo camarário, Paulo Inácio.

Apesar da maioria PSD ter referido que o orçamento da câmara municipal de Alcobaça para 2013 vai ter como prioridade o apoio social, a oposição refere que as verbas são praticamente as mesmas do ano que está a terminar.

Por parte do PS, o vereador Acácio Barbosa afirma mesmo que “o discurso político de Paulo Inácio, presidente da câmara, não está refletido nas verbas cabimentadas para o apoio social”.

O mesmo entendimento tem a CDU, cujo vereador Rogério Raimundo defende que “Alcobaça deveria reforçar o apoio social com um verba de um milhão de euros, que serviria para criar postos de trabalho nas juntas e IPSS do concelho”.

O orçamento de 41,5 milhões de euros para 2013 tem uma verba de dois milhões para o apoio social, com destaque para as refeições para os mais necessitados, uma cabimentação que a oposição diz ser praticamente a mesma deste ano.

Quanto aos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento (SMAS) de Alcobaça, o orçamento para 2013 é de 10,9 milhões de euros, o que se traduz numa redução de quatro milhões face ao corrente ano.

“Este decréscimo orçamental foi possível devido a um trabalho planeado de recuperação financeira, que irá continuar em 2013”, esclareceu o presidente da Câmara.

De fora deste orçamento fica a dívida, superior a 4 milhões de euros, à empresa Águas do Oeste, “um assunto que está a ser resolvido na justiça e também na esfera política”, adiantou.

A redução do orçamento deve-se, ainda, ao facto de 2012 ter sido um dos anos de “maior investimento”, por parte dos SMAS, tendo em conta as obras de saneamento que estão a terminar nas freguesias de Vestiaria, Bárrio e Cela, orçadas em 3 milhões de euros.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Câmara Municipal prepara novos perímetros de rega no concelho

Um ano após a inauguração da requalificação e modernização do Aproveitamento Hidroagrícola da Cela, a Ministra da Agricultura e da Alimentação, Maria do Céu Antunes regressou, no passado dia 28 de novembro, à Associação dos Beneficiários da Cela, para abrir as XIII...

rega

Desagregação da União de Freguesias Pataias-Martingança chumbada

A desagregação da União de Freguesias Pataias-Martingança foi chumbada no passado dia 8 de dezembro, em Assembleia de Freguesia Extraordinária, com 8 votos contra e 5 a favor. Um grupo de cidadãos da Martingança pedia o regresso à configuração política do passado,...