Q

Previsão do tempo

16° C
  • Wednesday 15° C
  • Thursday 15° C
  • Friday 12° C
16° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 17° C
  • Friday 12° C
16° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 16° C
  • Friday 12° C

Transferências do OE são insuficientes para Freguesias de Alcobaça

Paulo Alexandre

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A proposta de Orçamento de Estado para 2013 destina para as freguesias do concelho de Alcobaça 855 mil euros, um valor considerado insuficiente para cobrir as necessidades das autarquias locais.

Do bolo previsto para as freguesias de Alcobaça, será a junta de Pataias a que irá receber a maior fatia, no total de 89,276 euros, à frente da Benedita, que deverá receber do Estado 88,681 euros. A terceira junta a receber mais dinheiro é a de Évora de Alcobaça, 68,040 euros. No extremo oposto está a junta dos Montes, que receberá apenas 22,872 euros.

O executivo camarário reconhece que estes valores são insuficientes para que as freguesias realizem obras ou intervenções de média dimensão.

Para fazer face às dificuldades de tesouraria e responder à população, “a Câmara tem ajudado, sempre que pode, as freguesias, com verbas, materiais de construção ou recursos técnicos e humanos”, disse Paulo Inácio.

Sem quantificar, o presidente da Câmara lembra que “as transferências do orçamento de Estado para o Município têm vindo a diminuir, na ordem dos milhões de euros”, mas mesmo assim garante que irá continuar a atribuir apoios às Juntas de Freguesia do concelho.

Os partidos da oposição, no executivo de Alcobaça, também criticam as verbas inscritas na proposta de orçamento de Estado para as 18 freguesias do concelho.

Os 855 mil euros previstos para 2013 representam uma diminuição superior a 20 por cento, em relação a 2010, colocando as juntas de Alcobaça cada vez mais dependentes do executivo camarário, diz Rogério Raimundo, da CDU.

Já o PS, através do vereador Acácio Barbosa, diz que os 855 mil euros apenas permitem responder às despesas correntes, eliminando qualquer possibilidade de descentralização de competências e de criação de estratégias de investimento.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Troço do IC2 entre Rio Maior e Alcobaça está requalificado

A Infraestruturas de Portugal informou que foi concluída a empreitada de beneficiação do troço do IC2, com 20,3 quilómetros de extensão, entre o nó da Asseiceira, no concelho de Rio Maior, e a zona urbana de Freires, no concelho de Alcobaça. A intervenção envolveu...

Ministra da Coesão Territorial inaugura Centro Escolar de Alfeizerão

O Centro Escolar de Alfeizerão, em funcionamento desde 2023, foi inaugurado na presença dos ainda ministros do Governo de António Costa, no início deste ano. O Presidente da Câmara de Alcobaça fala de mais um equipamento que reforça a coesão territorial. “A nossa...

centro escolar