Q

Previsão do tempo

12° C
  • Tuesday 15° C
  • Wednesday 15° C
  • Thursday 16° C
12° C
  • Tuesday 16° C
  • Wednesday 16° C
  • Thursday 17° C
13° C
  • Tuesday 16° C
  • Wednesday 15° C
  • Thursday 17° C

Museu Nacional do Vinho está entregue à Câmara de Alcobaça

Paulo Alexandre

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Está formalmente sob a tutela da Câmara o Museu Nacional do Vinho. O presidente do Instituto do Vinho, Frederico Falcão, e o presidente da Câmara de Alcobaça, Paulo Inácio, assinaram o protocolo de cedência das instalações (à autarquia) pelo período de 30 anos, no passado dia 11. Além do edifício, também o espólio do Museu passou para a tutela da autarquia, embora sem custos.

Depois de vários meses encerrado, o Museu está a precisar de obras de beneficiação que, segundo estimativas da Câmara, deverão ascender aos

2,4 milhões de euros. As intervenções deverão ser financiadas por fundos comunitários, o através de uma candidatura que ainda será apresentada ao QREN 2014-2020.

O Museu deverá reabrir ainda antes do final do ano, sem as obras de fundo necessárias, e Paulo Inácio já anunciou deverá concessionar a exploração do espaço à Cooperativa Agrícola de Alcobaça/Adega Cooperativa.

A escolha está relacionada com os atuais constrangimentos da legislação, que “não facilita o acesso ao QREN por parte de uma empresa privada”.

O edifício onde funciona o Museu Nacional do vinho data de 1875, e foi adquirido pela Junta Nacional do Vinho em 1948. A constituição do museu acontece em 1986, por iniciativa do Engº Paixão Marques.

O espólio do Museu, resultado da coleção que Paixão Marques foi fazendo ao longo de anos até à abertura do Museu, é “interessante e único”, disse Frederico Falcão, presidente do IVV.

A coleção é composta por 8 mil peças. Trata-se, em parte, de material gráfico, nomeadamente, rótulos de garrafas e cartazes, já com algumas décadas, e de peças únicas da arqueologia industrial, e que, em breve, deverá estar patente aos visitantes, depois de um longo período de encerramento, imposto pela lei de mobilidade dos funcionários da função pública.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Timorenses acolhidos por Alcobaça aguardam ofertas de emprego

40 migrantes de nacionalidade timorense foram alojados na Pousada da Juventude de Alfeizerão, em Alcobaça. “São na maioria jovens entre os 20 e os 30 anos, que vieram encaminhados pela Segurança Social de Leiria”, segundo o presidente da Câmara de Alcobaça,...

Trabalhadores dos rebocadores costeiros veem as suas pensões repostas

Trabalhadores dos navios rebocadores costeiros viram as suas pensões suspensas durante cerca de dois anos devido a uma reinterpretação da Lei. Para além da suspensão, o Centro Nacional de Pensões impunha a reposição das pensões auferidas nos dois últimos anos....

rebocador 1