Q

Previsão do tempo

13° C
  • Thursday 16° C
  • Friday 16° C
  • Saturday 12° C
13° C
  • Thursday 17° C
  • Friday 16° C
  • Saturday 12° C
14° C
  • Thursday 16° C
  • Friday 16° C
  • Saturday 12° C

“Elevado prestígio” da Escola de Sargentos elogiado por Chefe do Estado-Maior do Exército

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O general Pina Monteiro, chefe do Estado-Maior do Exército (CEME), reconheceu o “elevado prestígio” da Escola de Sargentos do Exército (ESE), nas Caldas da Rainha, considerando um “projeto essencial para a formação da classe de sargentos”. Palavras proferidas na passada quinta-feira, na cerimónia comemorativa do 31º aniversário deste estabelecimento de ensino militar.

Manifestando “elevada satisfação” por presidir ao evento, e quebrando a tradição de se ouvir apenas o comandante da unidade, o CEME fez uma alocução onde deixou uma mensagem de incentivo aos alunos do 40º Curso de Formação de Sargentos (CFS) e até reconheceu que “ainda não foi possível desbloquear, ao nível da decisão política, a graduação no posto de furriel no início do segundo ano do curso”, afiançando que vai continuar a desenvolver esforços nesse sentido.

O coronel Alves Oliveira, comandante da ESE, revelou que o 40º CFS tem 126 militares, selecionados entre os 1281 candidatos. O ano letivo iniciou com o 23º Curso de Promoção a Sargento-Chefe para 95 sargentos-ajudantes e um Curso de Promoção a Sargento-Ajudante para 73 primeiros-sargentos. Houve ainda outras formações.

A ESE apoiou o funcionamento de uma escola de sargentos em Moçambique e tem acolhido atividades desportivas de várias escolas da região, para além da colaboração em diversas iniciativas.

Na cerimónia foram entregues várias condecorações: O major Capinha Henriques recebeu o grau oficial Ordem de Avis; o sargento-mor Margalho Ferreira a medalha de serviços distintos – grau cobre; a medalha de mérito militar foi recebida pelo major Rodrigues Marques, capitão Santos Ribeiro, sargento-ajudante Gaiato da Silva e sargento-ajudante Marques Manuelito; a distinção Patrono Dom Afonso Henriques coube ao sargento-mor Lourenço de Jesus, ao sargento-ajudante Pereira Campos, ao sargento-ajudante Nascimento Costa e ao primeiro-sargento Desidério Ferreira.

Para além da atuação da Banda Militar do Exército, houve demonstração de atividades militares e almoço convívio. Foi igualmente visitada uma exposição fotográfica sobre a presença do Exército nas Caldas antes a ESE ser criada, com imagens cedidas por Mário Lino.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Marcha do Orgulho com mais de 300 participantes

Realizou-se nas Caldas da Rainha, no dia 26 de junho, uma marcha em defesa da comunidade lésbica, gay, bissexual, transgénero e outras orientações de género, com mais de três centenas de manifestantes a rejeitarem serem discriminados e a reclamarem por condições...

marcha1

Arrancaram obras na linha férrea entre Caldas e Torres

A Infraestruturas de Portugal deu início, no dia 28 de junho, à empreitada de modernização do troço da Linha do Oeste entre Torres Vedras e Caldas da Rainha, após a assinatura do auto de consignação ter tido lugar na estação ferroviária de Caldas da Rainha, com a...

ferrovia