Q

Previsão do tempo

12° C
  • Tuesday 15° C
  • Wednesday 15° C
  • Thursday 16° C
12° C
  • Tuesday 16° C
  • Wednesday 16° C
  • Thursday 17° C
13° C
  • Tuesday 16° C
  • Wednesday 15° C
  • Thursday 17° C

Caldas Late Night foi um sucesso

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A “Pillow Fight” (guerra de almofadas) na Rua Heróis da Grande Guerra, que esteve ao rubro durante mais de uma hora, a Feira de Cenas no pinhal junto à ESAD, vários arraiais pela cidade, com por exemplo na Praça de Touros, e uma quantidade de propostas artísticas em diversas casas e na rua deram ao Caldas Late Night (CLN) – edição 16 – uma dimensão que mostra que o evento continua a cativar milhares de visitantes de todo o país.
“Luta de Almofadas” na Rua Heróis da Grande Guerra

A “guerra de almofadas” na tarde de 25 de maio só tinha dois requisitos: “trazer almofada e boa disposição”, para “passar um pequeno momento de pura loucura”. E almofadas de diversos formatos serviram para a “luta”.

Nos restantes eventos a participação também foi grande e o comentário da organização foi de que “dá gosto ver esta quantidade de gente nas ruas”.

O CLN, que se realizou nos dias 25 e 26 de maio, integrou uma série de iniciativas artísticas dos estudantes da Escola Superior de Artes e Design (ESAD.CR), envolvendo a cidade num ambiente único de criatividade. As casas e as ruas serviram de palcos e galerias, os estudantes foram os performers e a ESAD.CR recebeu a grande festa de encerramento, na noite de sábado para domingo.

De acordo com a organização, “o evento tem vindo a receber, ano após ano, cada vez mais participantes, que intervêm em vários espaços da cidade, para um público que também tem crescido nestas 16 edições, sendo já considerado um evento simbólico para a comunidade de artistas portugueses”.

A 16ª edição do CLN voltou a estimular a criatividade dos estudantes, mostrando os seus trabalhos, o seu crescimento enquanto jovens artistas, designers e criadores, mas também da população e dos visitantes, que foram convidados a entrar neste “grande museu, uma galeria de jovens talentos em forma de cidade”.

Este ano o tema era “low cost”, aludindo diretamente à atual conjuntura económica e social de Portugal e do mundo, mas também à reflexão da necessidade de criar com pouco, explorando os materiais, as formas, as tendências, e a imaginação de cada um.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Marcha do Orgulho com mais de 300 participantes

Realizou-se nas Caldas da Rainha, no dia 26 de junho, uma marcha em defesa da comunidade lésbica, gay, bissexual, transgénero e outras orientações de género, com mais de três centenas de manifestantes a rejeitarem serem discriminados e a reclamarem por condições...

marcha1

Arrancaram obras na linha férrea entre Caldas e Torres

A Infraestruturas de Portugal deu início, no dia 28 de junho, à empreitada de modernização do troço da Linha do Oeste entre Torres Vedras e Caldas da Rainha, após a assinatura do auto de consignação ter tido lugar na estação ferroviária de Caldas da Rainha, com a...

ferrovia