Q

Previsão do tempo

15° C
  • Thursday 25° C
  • Friday 26° C
  • Saturday 25° C
15° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 31° C
  • Saturday 30° C
16° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 30° C
  • Saturday 30° C

O Crédito em Casas de Penhor

Deco Santarém

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Precisa de fazer face a uma despesa de saúde de última hora, mas o ordenado ou a pensão de reforma não lho permitem. Tem de pagar uma dívida urgente, mas não tem como. Para algumas pessoas, a solução mais imediata é penhorar bens valiosos. Jóias, quadros, relógios, antiguidades ou, até, canetas de ouro e prata são exemplos do que pode encontrar numa casa de penhores. Há quem pense que as casas de penhor já são coisa do passado, mas não é verdade. Nestes momentos de crise (desemprego, escassez de financiamento bancário, etc.), podem ganhar uma procura acrescida.

As casas de penhor funcionam de forma muito simples, o que as torna atractivas para quem procura financiamento rápido: emprestam dinheiro na altura, exigindo como única garantia o bem que o cliente dispõe a penhorar e a apresentação de dois documentos (bilhete de identidade ou cartão de cidadão ou passaporte, e cartão de contribuinte). Fácil, rápido… Mas não barato. Vejamos alguns aspectos do crédito em casas de penhor: tem um elevado custo – As taxas de juro são muito altas, pelo que este tipo de empréstimo só deve ser visto como uma solução de recurso para quem não consiga pedir dinheiro emprestado a um familiar ou amigo, ou recorrer ao crédito bancário. E o crédito é diferente da avaliação – O cliente nunca recebe o valor total pelo qual o bem é avaliado, mas sim entre 50 e 80% .

Actualmente, quem se vê perante dificuldades financeiras, devido ao desemprego ou outra razão, e precisa com urgência de uma certa quantia de dinheiro pode optar por vender algum bem de valor de que não necessite. Caso pretenda recuperar a posse desse bem mais tarde (por exemplo, por este ter um valor sentimental), só a penhora lhe dá essa possibilidade.

Vejamos: precisa urgentemente de dinheiro e tem um bem de valor: está disposto a vendê-lo?

Se Sim, convém visitar vários estabelecimentos licenciados antes de decidir, pois o montante atribuído pode variar muito. Se achar que a avaliação proposta é baixa, procure negociar. Se não está disposto a perder o bem, opte pela penhora, numa casa de penhor ou prestamistas licenciados, terá de pagar a avaliação, bem como juros mensais bastante elevados (superiores ao de um crédito pessoal) e obterá um valor inferior ao que conseguiria com a venda da peça.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Alcobaça em destaque no “Prémio Cinco Estrelas Regiões 2022”

Na edição de 2022 do “Prémio Cinco Estrelas Regiões” os portugueses escolheram as Cornucópias e as clínicas Physioclem e Policlínica como marcas de eleição do distrito de Leiria. O Prémio Cinco Estrelas Regiões é um sistema de avaliação que identifica, segundo a...

cornucopias