Q

Previsão do tempo

12° C
  • Tuesday 15° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 16° C
12° C
  • Tuesday 16° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 16° C
13° C
  • Tuesday 16° C
  • Wednesday 15° C
  • Thursday 16° C

Cantora cabo-verdiana é considerada um dos maiores talentos da World Music

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Carmen Souza mostra “Londo Acoustic Set” no Cine-Teatro de Alcobaça O Cine-Teatro de Alcobaça – João d’Oliva Monteiro vai receber no próximo dia 10 de março, pelas 21h30, um espetáculo da cantora Carmen Souza, artista considerada um dos talentos mais interessantes surgidos no âmbito da World Music nos últimos anos e voz empenhada em combinar […]

Carmen Souza mostra “Londo Acoustic Set” no Cine-Teatro de Alcobaça O Cine-Teatro de Alcobaça – João d’Oliva Monteiro vai receber no próximo dia 10 de março, pelas 21h30, um espetáculo da cantora Carmen Souza, artista considerada um dos talentos mais interessantes surgidos no âmbito da World Music nos últimos anos e voz empenhada em combinar as suas raízes cabo-verdianas com outra das suas paixões: o Jazz – tem sido aliás bem evidente a sua vontade em criar uma linguagem nova sob a expressão “World Jazz”. Pré-nomeada para os Grammy Awards em 2010, na categoria de melhor álbum de World Music contemporânea, e aclamada pela crítica nacional e internacional, Carmen Souza, cantora e compositora de origem cabo-verdiana, distingue-se pela forma apaixonante e expressiva como canta e pela audácia de combinar sonoridades tradicionais da música dessas ilhas atlânticas, com os tons experimentais do Jazz sempre com muita alma. Tem sido repetido até à exaustão: se há modernidade na música crioula, essa começa em Carmen Souza. Talentosa e incansável, Carmen Souza editou em Fevereiro o trabalho “London Acoustic Set”, em duo com o baixista, músico e compositor Theo Pas’cal, e que agora é apresentado ao vivo. Este registo coloca um foco sobre a voz de Carmen Souza e na assombrosa cumplicidade com Theo Pas’cal, numa viagem onde ambos são capazes de criar a sua própria linguagem musical e forma de expressão, tirando partido da liberdade que esta formação reduzida oferece. Para além de novas interpretações do reportório original, criado ao longo de 10 anos de trabalho contínuo, o espetáculo inclui versões de “Sous le ciel de Paris”, imortalizado pela voz de Edith Piaf, “Sodade” e “Song for my father”.id Mariano David Mariano

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Alcobacense Churky participa no Festival da Canção 2023

O Músico Churky, de Alcobaça, é um dos novos valores da música portuguesa que está entre os 20 autores selecionados para a edição de 2023 do festival da Canção. Há mais dois nomes do distrito de Leiria que participam, os Dankunsportif  de Peniche e  Inês...

chuky 1