Q

Previsão do tempo

13° C
  • Thursday 16° C
  • Friday 16° C
  • Saturday 12° C
13° C
  • Thursday 17° C
  • Friday 16° C
  • Saturday 12° C
14° C
  • Thursday 16° C
  • Friday 16° C
  • Saturday 12° C

Ex-funcionária de Junta de Freguesia acusada de desviar dinheiro de pagamentos

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A arguida começou a trabalhar na Junta em 1999, em part-time, passando a horário completo em 2002. Encarregue, em 2007, de um programa de aproximação aos cidadãos, passou a deslocar-se às aldeias auxiliando os moradores a efectuar o pagamento de vários serviços, evitando que as pessoas se deslocassem à Junta.Também terá ficado com o dinheiro […]

A arguida começou a trabalhar na Junta em 1999, em part-time, passando a horário completo em 2002. Encarregue, em 2007, de um programa de aproximação aos cidadãos, passou a deslocar-se às aldeias auxiliando os moradores a efectuar o pagamento de vários serviços, evitando que as pessoas se deslocassem à Junta.Também terá ficado com o dinheiro que moradores lhe confiavam para pagar a água, luz, telefone, Internet, televisão por cabo, licenças de caça, de aves aquáticas e de canídeos e o cartão via verde para a cultura.Além do pagamento dos 5.646 euros em que se considera lesada, a autarquia avançou com um pedido de indemnização cível de três mil euros à ex-funcionária, com quem rescindiu o contrato em Fevereiro de 2008, alegando que os fregueses terão perdido a confiança no serviço de proximidade, que ainda se mantém em vigor, agora com uma nova funcionária.“Comprámos um portátil com Internet para ela fazer os movimentos e depósitos necessários para o programa funcionar e foi aberta conta bancária para este fim. Ela recebia o dinheiro das pessoas e no dia seguinte ia fazer os depósitos bancários”, indicou.Segundo o presidente da Junta, a funcionária chegou a alegar dificuldades no uso da Internet nas localidades, justificando assim a falta de alguns pagamentos de forma imediata, contudo, de acordo com o autarca, os pagamentos poderiam ser feitos quando estivesse na sede da Junta, o que não aconteceu.Luís Manuel, que foi motorista na Junta, disse que chegou a ir pagar facturas de luz à EDP das Caldas da Rainha, a pedido da funcionária, quando esta não tinha tempo. A testemunha de defesa traçou um perfil abonatório: “Nunca quis subir na vida, era uma pessoa humilde, sem ambição e nunca ostentava nem jóias nem roupa nova e andava num carro velho que era do pai”.No âmbito de uma acção judicial movida pela funcionária no Tribunal de Trabalho contra a Junta, chegaram a ser referidos alegados actos de assédio sexual do presidente da Junta, o que não foi levado em conta. A autarquia pagou no entanto à funcionária 5500 euros de indemnização pelo despedimento.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Um casal fez-se passar por oficiais da GNR já foi detido

Um homem com 34 anos e uma mulher de 38 anos de idade, residentes na Benedita, foram detidos pela PSP de Leiria, no passado dia 24 de outubro, pela prática dos crimes de abuso de designação, sinal ou uniforme. O casal andaria a fazer-se passar por Oficiais da GNR,...

casal

Maior rede de tráfico de droga do Oeste foi desmantelada pela GNR

O Núcleo de Investigação Criminal de Caldas da Rainha da GNR deteve quatro homens e três mulheres que ligados à “maior rede de tráfico de droga da região Oeste”, liderada por um casal de Rio Maior, numa operação em que foram apreendidos mais de cem mil euros em...

gnr

Apreensão de 360 quilos de pescada subdimensionada

A Unidade de Controlo Costeiro (UCC), através do Subdestacamento de Controlo Costeiro da Nazaré, apreendeu, no passado dia 26 de outubro, na Nazaré, 360 quilos de pescada branca subdimensionada. A apreensão ocorreu no âmbito de uma ação de fiscalização levada a...

pescada