Q

Previsão do tempo

14° C
  • Sunday 18° C
  • Monday 20° C
  • Tuesday 19° C
15° C
  • Sunday 20° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 21° C
13° C
  • Sunday 19° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 21° C
[speaker]
[speaker]

Ex-funcionária de Junta de Freguesia acusada de desviar dinheiro de pagamentos

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A arguida começou a trabalhar na Junta em 1999, em part-time, passando a horário completo em 2002. Encarregue, em 2007, de um programa de aproximação aos cidadãos, passou a deslocar-se às aldeias auxiliando os moradores a efectuar o pagamento de vários serviços, evitando que as pessoas se deslocassem à Junta.Também terá ficado com o dinheiro […]

A arguida começou a trabalhar na Junta em 1999, em part-time, passando a horário completo em 2002. Encarregue, em 2007, de um programa de aproximação aos cidadãos, passou a deslocar-se às aldeias auxiliando os moradores a efectuar o pagamento de vários serviços, evitando que as pessoas se deslocassem à Junta.Também terá ficado com o dinheiro que moradores lhe confiavam para pagar a água, luz, telefone, Internet, televisão por cabo, licenças de caça, de aves aquáticas e de canídeos e o cartão via verde para a cultura.Além do pagamento dos 5.646 euros em que se considera lesada, a autarquia avançou com um pedido de indemnização cível de três mil euros à ex-funcionária, com quem rescindiu o contrato em Fevereiro de 2008, alegando que os fregueses terão perdido a confiança no serviço de proximidade, que ainda se mantém em vigor, agora com uma nova funcionária.“Comprámos um portátil com Internet para ela fazer os movimentos e depósitos necessários para o programa funcionar e foi aberta conta bancária para este fim. Ela recebia o dinheiro das pessoas e no dia seguinte ia fazer os depósitos bancários”, indicou.Segundo o presidente da Junta, a funcionária chegou a alegar dificuldades no uso da Internet nas localidades, justificando assim a falta de alguns pagamentos de forma imediata, contudo, de acordo com o autarca, os pagamentos poderiam ser feitos quando estivesse na sede da Junta, o que não aconteceu.Luís Manuel, que foi motorista na Junta, disse que chegou a ir pagar facturas de luz à EDP das Caldas da Rainha, a pedido da funcionária, quando esta não tinha tempo. A testemunha de defesa traçou um perfil abonatório: “Nunca quis subir na vida, era uma pessoa humilde, sem ambição e nunca ostentava nem jóias nem roupa nova e andava num carro velho que era do pai”.No âmbito de uma acção judicial movida pela funcionária no Tribunal de Trabalho contra a Junta, chegaram a ser referidos alegados actos de assédio sexual do presidente da Junta, o que não foi levado em conta. A autarquia pagou no entanto à funcionária 5500 euros de indemnização pelo despedimento.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Idoso detido por agressão a polícias

Um homem, de 70 anos, foi detido em flagrante pela Polícia de Segurança Pública (PSP) pelo crime de resistência e coação sob funcionário, depois de ter agredido, ameaçado e injuriado dois agentes da esquadra da Nazaré, no passado dia 5 de maio. De acordo com o...

Cadáver encontrado na Praia de Vale Furado

Um cadáver apareceu na madrugada de 21 de abril na Praia de Vale Furado, na freguesia de Pataias, em Alcobaça. A Autoridade Marítima Nacional revelou ser o corpo do jovem de 22 anos que tinha desaparecido no dia 13 de abril na Praia da Vieira, na Marinha Grande....

Salvador Formiga inicia mandato de vereador com compromissos

Com o fim do governo de António Guterres, Salvador Formiga abandonou o Parlamento de Lisboa e regressou à Câmara da Nazaré para desempenhar as funções vereador eleito nas listas do PS. Na sua primeira reunião, dirigiu-se aos munícipes com uma declaração pública...

formiga