Q

Previsão do tempo

17° C
  • Thursday 27° C
  • Friday 31° C
  • Saturday 29° C
18° C
  • Thursday 33° C
  • Friday 37° C
  • Saturday 37° C
17° C
  • Thursday 33° C
  • Friday 37° C
  • Saturday 37° C

Produtores das Caldas encheram Feira Nacional da Cebola em Rio Maior

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Cerca de 30 ceboleiros das Caldas da Rainha participaram durante cinco dias na Feira Nacional da Cebola, que decorreu entre 31 de Agosto e 4 de Setembro em Rio Maior. Representando a freguesia de Alvorninha, os produtores queixaram-se das vendas fracas. Ainda assim enalteceram o certame e defenderam que deviam ter mais oportunidades para exibir […]

Cerca de 30 ceboleiros das Caldas da Rainha participaram durante cinco dias na Feira Nacional da Cebola, que decorreu entre 31 de Agosto e 4 de Setembro em Rio Maior. Representando a freguesia de Alvorninha, os produtores queixaram-se das vendas fracas. Ainda assim enalteceram o certame e defenderam que deviam ter mais oportunidades para exibir as cebolas que produzem.A exposição agrícola sempre foi um dos atractivos da Feira e a autarquia de Rio Maior reuniu com os produtores em Alvorninha para lhes dar conta das condições oferecidas – uma tenda para cada um, de forma gratuita, no corredor lateral do Pavilhão Multiusos.“Vendemos a 50 cêntimos o quilo, mas temos vindo a baixar, se não quisermos levar de novo a cebola para casa. Mas as pessoas ainda querem mais barato. O curioso é ver que no supermercado está mais caro – vende-se a 59 cêntimos o quilo, e as pessoas não deixam de comprar lá”, fizeram notar.Com o preço ao quilo de 45 cêntimos, vendeu cerca de meia tonelada de cebolas.O produtor não tem dúvidas: “No supermercado é mais caro e a nossa cebola conserva-se o ano inteiro”.Terá vendido na Frimor cerca de 500 quilos, com preços a oscilarem entre os 40 e 50 cêntimos.No dia da inauguração, o secretário de Estado da Floresta e do Desenvolvimento Rural, Daniel Campelo, visitou o certame na companhia da presidente da Câmara, Isaura Morais, manifestando o desejo de que a produção nacional e a agricultura tenham crescimento económico e ajudem promover o desenvolvimento do país.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

As vantagens de apostar num projeto de cozinha com ilha

Este tipo de cozinhas modernas com ilha, são cada vez mais comuns em Portugal por oferecerem uma estética interessante e serem muito mais práticas do que as cozinhas com uma disposição mais tradicional.

artigo

Maçã de Alcobaça IGP não utiliza substâncias perigosas

A Associação de Produtores de Maça de Alcobaça - Indicação Geográfica Protegida veio a público esclarecer os consumidores sobre os produtos que utiliza na produção deste produto certificado, depois de uma notícia divulgada Pesticide Action Network. Um documento...

maca de alcobaca sustent