Q

Previsão do tempo

17° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 31° C
  • Saturday 29° C
17° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 37° C
  • Saturday 37° C
17° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 37° C
  • Saturday 37° C

Polémicas e trocas de acusações nas eleições da JSD das Caldas da Rainha

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Ainda faltam dois anos para as eleições autárquicas, mas no PSD as coisas parecem estar já em ebulição para a sucessão de Fernando Costa, com este a tentar colocar quem ele pretende. Fernando Costa disse aos jornalistas teve “conhecimento que houve promessas de empregos, para votarem na lista A. Eu tive estas queixas de pessoas […]

Ainda faltam dois anos para as eleições autárquicas, mas no PSD as coisas parecem estar já em ebulição para a sucessão de Fernando Costa, com este a tentar colocar quem ele pretende. Fernando Costa disse aos jornalistas teve “conhecimento que houve promessas de empregos, para votarem na lista A. Eu tive estas queixas de pessoas e apresentei-as ao Dr. Hugo Oliveira, mesmo antes do acto eleitoral. Vou mandar averiguar. Se foram feitas promessas de subsídios da Câmara para alguns desportistas e se foram feitas promessas de empregos para votarem numa lista, acho que é muito mau. Disseram que uma dessas promessas foi o Espírito Santo que fez. Disse também ao Dr. Hugo Oliveira que isto é um mau princípio, porque assumiu publicamente o apoio à lista do Espírito Santo”. Confrontado se teria telefonado para militantes da JSD ou para pais dos jovens ou até mesmo para presidentes de Junta para votarem na lista M de Carla Oliveira e candidata derrotada, Fernando Costa respondeu claramente: “É perfeitamente legitimo que qualquer militante do partido tenha opinião sobre uma lista ou outra. É ilegítimo que se façam ofertas ao nível da Câmara para favorecer uns. Se tiverem conhecimento que eu tenha telefonado a algum militante da JSD para vir votar nesta lista ou de algum caso em que tenha feito ofertas de favores municipais, façam o favor de denunciá-los. Se souberem de alguém que por votar nesta lista ou noutra tinha emprego ou subsídio, denunciem por favor. Eu hoje tive conhecimento que isso aconteceu com a lista A”, disse. “Há muitos militantes que são empregados na Câmara e porventura haveria mais se eu não me opusesse. Talvez algumas divergências da JSD com a Câmara e com o presidente da Câmara tenham a ver com o facto do presidente da Câmara ter recusado empregos a pessoas da JSD, a começar com o antigo presidente da JSD. Fui pressionado para dar emprego ao senhor Paulo Ribeiro, que fez um estágio na Câmara e eu entendi que não lhe dava emprego, porque a Câmara não é local para empregos da JSD. A partir daí as relações complicaram-se. Não é por acaso que na última eleição para a comissão política do partido houve um conjunto de votos em branco que partiram da JSD e esses assuntos começaram quando o Dr. Paulo Ribeiro não teve emprego na Câmara”, declarou. A lista de Paulo Espírito Santo venceu claramente a outra candidatura por 117 votos a 64 para a comissão política e 115 contra 65 votos para a mesa. “Há uma afinidade com o Dr. Hugo Oliveira mas é pessoal e politicamente nada está decidido. Agora não vamos confundir esta eleição com a sucessão na Câmara. Chegaram-me a dizer que o grande apoio deles era o senhor presidente da Câmara. Se é verdade ou não, não sei. Ele disse-me a mim que não era, mas depois vem dizer na comunicação social que realmente apoiava. Eu não pedi o apoio do partido, mas dos militantes da JSD. A resposta foi esta”, disse. Depois deste episódio a guerra de sucessão vai continuar, faltando ainda dois anos de novela que se prevê longa, com os restantes partidos sentados na poltrona a acompanharem esta situação que lhes pode ser favorável, uma vez que sem Fernando Costa e apesar do concelho das Caldas ser maioria laranja, pode haver uma perda de maioria ou uma reviravolta histórica.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

As vantagens de apostar num projeto de cozinha com ilha

Este tipo de cozinhas modernas com ilha, são cada vez mais comuns em Portugal por oferecerem uma estética interessante e serem muito mais práticas do que as cozinhas com uma disposição mais tradicional.

artigo

Maçã de Alcobaça IGP não utiliza substâncias perigosas

A Associação de Produtores de Maça de Alcobaça - Indicação Geográfica Protegida veio a público esclarecer os consumidores sobre os produtos que utiliza na produção deste produto certificado, depois de uma notícia divulgada Pesticide Action Network. Um documento...

maca de alcobaca sustent