Q

Previsão do tempo

11° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 13° C
  • Sunday 13° C
11° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 12° C
  • Sunday 13° C
10° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 12° C
  • Sunday 13° C

Beneditense estraga festa ao Ginásiopensando na subida

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Futebol Distrital: Pataiense vence Biblioteca e vai subindo na tabela classificativa “Os Nazarenos” jogaram muito bem, mas como vem sendo hábito a finalização é uma peçaa fundamental que deve ser revista. Bruno Paparrola /Joaquim José Paparrola Em jogo a contar para 25ª jornada do campeonato distrital da divisão de honra em seniores masculinos o líder […]
Beneditense estraga festa ao Ginásio<br>pensando na subida

Futebol Distrital: Pataiense vence Biblioteca e vai subindo na tabela classificativa “Os Nazarenos” jogaram muito bem, mas como vem sendo hábito a finalização é uma peçaa fundamental que deve ser revista. Bruno Paparrola /Joaquim José Paparrola Em jogo a contar para 25ª jornada do campeonato distrital da divisão de honra em seniores masculinos o líder Ginásio de Alcobaça, perdeu na sua deslocação ao terreno do segundo classificado o Beneditense (1-0). Este dérbi concelhio, e com uma grande assistência nas bancadas do campo da Senhora da Hora tinha como aliciante o facto de os ginasistas em caso de vitória festejarem nesta ronda a subida à III divisão nacional, o que afastaria da corrida a turma da Benedita. A equipa de Mauro Pulquério não se fez rogada e fez questão de alimentar o seu sonho no que diz respeito à esperança de ainda alcançar a subida de divisão.

O Ginásio de Walter Estrela entrou disposto a resolver o quanto antes as contas deste campeonato, e tudo fez para vencer o seu opositor, pese embora ter acusado alguma responsabilidade neste jogo. Na primeira parte as duas equipas jogaram muito pelo ar, foi no entanto a turma da Benedita aquela que mais perigo criou para a redes adversárias tendo posto o guardião ginasista com atenção redobrada. Ainda na primeira parte o ginásio conseguiu acertar por uma vez na trave do visitado. No início do segundo tempo e logo aos cinco minutos, grande penalidade a favor do Beneditense, com o central ginasista Bula a ser expulso do encontro pelo segundo amarelo. Na cobrança do castigo máximo Miguel Serrazina permitiu a defesa ao guarda-redes Vítor Maranhão.Nesta segunda parte notou-se um maior equilíbrio na partida, mas sempre com o Beneditense na mó de cima, também pelo facto de os ginasistas estarem reduzidos a 9 jogadores, já que Bruno Novo recebeu ordem de expulsão. Quando deveriam ser os artistas da bola a terem protagonismo eis que o árbitro da partida, se encarregou de ser ele o actor principal e quando assim é está tudo estragado. Tiago Lopes também do Ginásio foi expulso.O melhor momento deste jogo surgiu aos 93 minutos, quando o central Rodrigo arrancou um pontapé fenomenal a cerca de 30 metros da baliza de Vítor Maranhão que nada podia fazer a não ser, ver a bola anichar-se nas suas malhas. Um grande golo. Ao GDN só faltou “Pousar” a bola nas malhas forasteiras Ainda na 25ª ronda a equipa do Nazarenos recebeu no seu reduto a equipa do GRAP, onde foi derrotada (0-1). A equipa da Nazaré na tentativa de quebrar a malapata de três derrotas consecutivas, apresentou-se no seu esquema táctico habitual, jogando sistema de 4x2x3x1, com o meio campo a ser composto pelos médios centro Mesquita e Morgado, Tiago Domingos alinhando como médio mais ofensivo, nas extremas do ataque nazareno jogaram Cristiano Luís no lado esquerdo e João Silva no lado direito, como ponta de lança alinhou o avançado Henrique Piló. Logo no primeiro minuto de jogo a equipa do Nazarenos poderia ter chegado ao golo, João Silva rematou forte após boa jogada da equipa alvi-negra, com o guardião da equipa forasteira a defender (mal), com a bola a ficar em cima da linha de golo e caprichosamente a não entrar. No minuto seguinte novamente João Silva quase a marcar. Cruzamento bem efectuado no lado esquerdo da equipa do Nazarenos com o rapidíssimo extremo a aparecer sozinho e a rematar com guardião adversário a defender a dois tempos. Entrava muito bem a equipa do Nazarenos no encontro criando excelentes oportunidades de golo para inaugurar o marcador. A equipa orientada por Júlio Bento praticou bom futebol mas ficou a faltar o essencial, o golo. Mais lances de perigo só ao minuto 28, Duarte Vivo (que entrou a substituir o lesionado Henrique Piló), de costas para a baliza fez boa rotação rematando depois por cima da baliza da equipa que viajou desde o Pousos. Até ao intervalo mais nenhum lance de perigo a ressalvar, mas a destacar-se a boa exibição da equipa do Nazarenos. Na segunda parte mais do mesmo, a equipa nazarena a ter mais caudal ofensivo, criando mais uma grande oportunidade de golo estava decorrido o minuto 61. Jogada bem desenvolvida no lado esquerdo da equipa nazarena, com o médio Mesquita a colocar a bola à entrada de área onde apareceu Carapau de primeira a rematar ao poste esquerdo da baliza do GRAP. A equipa forasteira só através de lances de bola parada ou contra-ataque conseguia colocar em perigo a baliza do guarda-redes Edi. Aos 75 minutos, o lateral esquerdo Élio fez grande passe a desmarcar o avançado Duarte Vivo que já em esforço rematou do pé esquerdo (o seu forte é o direito), a permitir defesa ao guardião contrário. E eis que ao minuto 86, caiu um enorme “balde de água fria” no Municipal da Nazaré. Livre no lado esquerdo do ataque da equipa do GRAP, batido para o interior da área com a bola a bater na cabeça (orelha) de um jogador do GDN e a entrar no fundo da baliza à guarda de Edi. Na primeira vez em que a equipa da região de Leiria chegou à área nazarena fez golo. Já nos descontos (90+2 m), o GDN poderia ter chegado ao golo do empate. Cristiano Luís à entrada de área desferiu bom remate com a bola a rasar o poste da baliza da equipa do Pousos. Resultado injusto para a equipa do Nazarenos que fez tudo para chegar ao golo, mas pecou na finalização enquanto a equipa do GRAP aproveitou bem o lance de bola parada para chegar à vitória. Pataiense vence Biblioteca e vai subindo na tabela Por fim na jornada 25 o Pataiense recebeu e venceu a Biblioteca (1-0). Previa-se um dérbi super equilibrado, visto que a equipa de Pataias orientada por Telmo Cruz continua interessada em subir mais alguns lugares na tabela classificativa o que tem vindo a suceder. Por sua vez os Valadenses de Paulo Ganau com a moral em alta depois dos dois triunfos anteriormente conseguidos e sempre com o objectivo de fugir aos lugares da descida, tudo fizeram para pontuar nesta partida. Uma primeira parte que teve poucos focos de interesse, o Pataiense foi a equipa mais dominadora mas sem que isso incomodasse com muita importância o ultimo reduto da BIR. A situação mais real de perigo iminente pertenceu ao avançado de Pataias, França. Na segunda metade da partida o mister Pataiense colocou em campo o seu jogador mais criativo, Jordan Santos, que embora limitado fisicamente visto ter jogado com uma entorse, ainda foi este que mexeu por completo com o desenrolar da partida. Foi na sequência de um livre apontado por Jordan que permitiu ao médio Pedro Morais rematar para o fundo das malhas de Nuno Saraiva dando assim os três pontos ao Pataiense. A turma da Biblioteca sentiu em demais este golo, e dai arriscou tudo mas sem efeitos práticos já que o marcador não sofreu mais alteração. De qualquer forma ficou bem patente que a equipa da BIR tem estaleca para amealhar os pontos necessários para a sua manutenção na divisão de honra.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Festas em Honra de São Sebastião de Valado dos Frades

As festas irão decorrer durante três dias, com espetáculo de fogo de artifício no encerramento do dia 20 de janeiro. As tradicionais festas das chouriças de Valado dos Frades irão decorrer de 19 a 21 de janeiro. O ponto alto das celebrações repetir-se-á ao domingo,...

chouricas