Q

Previsão do tempo

18° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 26° C
  • Wednesday 25° C
18° C
  • Monday 27° C
  • Tuesday 31° C
  • Wednesday 30° C
18° C
  • Monday 29° C
  • Tuesday 32° C
  • Wednesday 32° C

Armazém das Artes inaugura várias exposiçõesno dia 27 de Novembro

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Rogério Ribeiro, Alberto Carneiro e José Aurélio são os artistas em destaque David Mariano O Armazém das Artes – Fundação Cultural em Alcobaça vai inaugurar no próximo dia 27 de Novembro, sábado, pelas 16h, um conjunto de exposições da autoria de artistas como Rogério Ribeiro, Alberto Carneiro e José Aurélio (escultor, fundador e director do […]

Rogério Ribeiro, Alberto Carneiro e José Aurélio são os artistas em destaque David Mariano O Armazém das Artes – Fundação Cultural em Alcobaça vai inaugurar no próximo dia 27 de Novembro, sábado, pelas 16h, um conjunto de exposições da autoria de artistas como Rogério Ribeiro, Alberto Carneiro e José Aurélio (escultor, fundador e director do próprio espaço cultural), além da abertura de um Núcleo Museológico, composto por torno do acervo. Do pintor Rogério Ribeiro (1930 – 2008) vamos ter oportunidade de ver “Pintura e Desenho”, numa mostra de trabalhos que mostram a qualidade e a obra de um artista que ficou conhecido por ter convivido com outros autores como Alves Redol, Júlio Pomar, Cipriano Dourado ou António Alfredo e por ter desenvolvido uma consciência da função social da que o levou a dedicar-se a diversas modalidades artísticas, como a cerâmica, a tapeçaria e a azulejaria, o design gráfico e de equipamento colaborando com diversos arquitectos, quer na integração de materiais, estudos de cor ou trabalhos de integração artística.

Quanto a Alberto Carneiro, apresenta “Escultura e Desenho”, sendo a sua obra conhecida por suscitar uma reflexão particular sobre a condição da arte enquanto criação de uma evidência da natureza na construção da relação humana com o mundo; o trabalho do artista normalmente releva da acção do corpo sobre a matéria, reinventando os sentidos possíveis de uma apropriação e transformação do natural pelo humano, e cujo processo reitera a consciência da arte e da criação como um programa de interpretação do mundo. Já José Aurélio, escultor alcobacense a viver e a trabalhar no concelho, expõe “Siglas do Moseiro”; o artista é conhecido por trabalhar materiais como pedra, madeira e bronze, obedecendo a uma estética minimalista e geométrica. Em 2006 foi agraciado com a Comenda da Ordem do Infante D. Henrique pelo Presidente da República.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

João Formiga anuncia candidatura à concelhia do PS Nazaré

João A. Portugal Formiga, Presidente da Junta de Freguesia da Nazaré, anunciou, nas redes sociais, que é candidato à presidência da concelhia local do Partido Socialista. “No panorama político atual, onde uma parte da direita e outra parte da esquerda, se têm...

joao formiga

Inaugurado centro de residências artísticas

Um centro de residências artísticas situado na cidade de Alcobaça foi dado a conhecer na passada sexta-feira, com a inauguração da exposição de um de cinco artistas ucranianos que se encontram alojados temporariamente no espaço, num projeto criado por uma equipa...

central1

Arrancou o Cistermúsica de Alcobaça sob o signo dos “Amores Proibidos”

Foi no passado  fim de semana que se iniciou  a 30.ª edição do Cistermúsica — Festival de Música de Alcobaça que celebra três décadas de um Festival que, ao longo destes anos, se foi afirmando como uma referência a nível nacional e que em 2022 não será diferente....

cister musica1