Q

Previsão do tempo

20° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 21° C
  • Wednesday 21° C
20° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 23° C
  • Wednesday 23° C
22° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 23° C
  • Wednesday 23° C

Extensão DocLisboa 2010regressa ao Cine-Teatro de Alcobaça

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Dias 7 e 8 de Novembro está de volta o melhor do documentário nacional O Cine-Teatro de Alcobaça vai voltar a receber mais uma extensão do DocLisboa, Festival Internacional de Cinema Documental de Lisboa, durante os próximos dias 7 e 8 de Novembro (domingo e segunda), naquela que será a quinta passagem por Alcobaça do […]
Extensão DocLisboa 2010<br>regressa ao Cine-Teatro de Alcobaça

Dias 7 e 8 de Novembro está de volta o melhor do documentário nacional O Cine-Teatro de Alcobaça vai voltar a receber mais uma extensão do DocLisboa, Festival Internacional de Cinema Documental de Lisboa, durante os próximos dias 7 e 8 de Novembro (domingo e segunda), naquela que será a quinta passagem por Alcobaça do maior certame dedicado ao documentário em Portugal. Organizado pela Apordoc – Associação pelo Documentário, e numa colaboração local com o Município de Alcobaça e a rede criativa de cinema *aurora, o DocLisboa é conhecido por apresentar todos os anos em antestreia os melhores documentários da última temporada.

Não será diferente em Alcobaça, onde mais uma vez o DocLisboa promete revelar uma nova consciência da enorme riqueza, diversidade e potencialidades do documentário, sempre em dose dupla (os espectadores têm durante estes dois dias mais do que uma sessão por filme). A abrir, teremos “Quem Mora na Minha Cabeça” de Miguel Seabra Lopes e Antónia Seabra (dia 7 às 15h 30 e dia 8 às 14h 30), uma obra que acompanha a história clínica de 13 idosos com doenças cognitivas no Hospital Psicogeriátrico de Dia do antigo hospital Júlio de Matos, através das suas consultas, onde um psiquiatra avalia e faz o diagnóstico de cada paciente. Ambas as sessões terão a presença dos realizadores, promovendo o debate sobre este tipo de tratamentos, baseado em práticas psicoterapêuticas que permitem intervenção na personalidade, desenvolvendo as capacidades preservadas, estimulando a autonomia e reabilitando a identidade. Já “Photomaton – Retratos de João dos Santos” de Tiago Pereira e Sofia Ponte (dia 7 às 17h e dia 8 às 10h 30) documenta aspectos da vida de João dos Santos (1913-1987) que contribuem para uma reflexão sobre a contemporaneidade do pensamento de um médico, psiquiatra de formação, que se tornaria pioneiro na organização da saúde mental infantil em Portugal. Quanto a “Água” de Eva Ângelo (dia 7 às 21h 30 e dia 8 às 19h 30), trata-se de um filme que documenta o espectáculo “VALE” – uma coreografia de Madalena Victorino com música de Carlos Bica, em terras do Vale do Tejo, que passou há poucos meses por Alcobaça. Um olhar sobre os encontros entre pessoas vindas da dança, do teatro, da música e pessoas de comunidades locais com outras idades, rotinas ou profissões. A terminar, a tradicional sessão destinada à exibição de filmes premiados (dia 7 às 19h 30 e dia 8 às 21h 30) que este ano nos mostra os principais vencedores da Competição Portuguesa nas categorias de curta e longa-metragem: “Como as Serras Crescem” de Maria João Soares, documentário que retrata as salinas, e “Li Ké Terra” da tripla de realizadores Filipa Reis, João Miller Guerra e Nuno Baptista, obra sobre dois descendentes de imigrantes cabo-verdianos que nasceram em Portugal mas não têm nacionalidade; dois jovens divididos entre a vontade de conseguirem documentos portugueses e as dificuldades quotidianas.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

PS pede campanha de sensibilização de Poupança de Água

O PS propôs uma campanha de sensibilização para necessidade de poupança de água. O inverno pouco chuvoso e a situação de país seca extrema e severa em que se encontra o país estão na origem desta proposta socialista à Câmara e SMAS – Serviços Municipalizados....

agua 1

Gratuitidade de acesso ao Mosteiro de Alcobaça limitada

A entrada em museus, monumentos e palácios tutelados pela Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) passou a ser gratuita aos domingos e feriados apenas até às 14h00, para cidadãos residentes em Portugal, revelou a DGPC. A medida aplica-se aos 25 museus,...

mosteiro alcobaca