Q

Previsão do tempo

17° C
  • Thursday 26° C
  • Friday 31° C
  • Saturday 30° C
18° C
  • Thursday 32° C
  • Friday 38° C
  • Saturday 38° C
18° C
  • Thursday 33° C
  • Friday 38° C
  • Saturday 38° C

Novo Hospital vai para a Tornada

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Quem não gostou desta intenção foi o presidente da Câmara de Alcobaça, que já tinha visto com o anterior governo a localização escolhida em Alfeizerão, mas devido à contestação caldense houve novo estudo que agora vai ser contestado pelos alcobacenses.A Ministra explicou que “os estudos apontam para as Caldas”, mas face à forte contestação do […]
Novo Hospital vai para a Tornada

Quem não gostou desta intenção foi o presidente da Câmara de Alcobaça, que já tinha visto com o anterior governo a localização escolhida em Alfeizerão, mas devido à contestação caldense houve novo estudo que agora vai ser contestado pelos alcobacenses.A Ministra explicou que “os estudos apontam para as Caldas”, mas face à forte contestação do presidente da Câmara de Alcobaça Ana Jorge defende que “ainda faltam pequenos acertos” e que “a Comunidade Intermunicipal vai ainda pronunciar-se sobre o estudo e depois a decisão será do Ministério da Saúde”.“Estamos neste momento a constituir uma equipa que vai fazer aquilo que é um perfil assistencial, isto é, quais são as necessidades do Hospital Oeste Sul para poder saber depois em função do perfil do hospital o que vamos fazer”.Relativamente aos outros assuntos da área da saúde e concretamente aos centros de saúde, “foram vistos caso a caso e alguns já estão a andar e outros calendarizados”, explicou o presidente da OesteCIM.Nesta reunião ficou-se a perceber que o HON terá a implementação em Tornada, nas zonas da Lavandeira, Lavandeira Norte e Carreira de Tiro, num total de nove hectares de terrenos, alguns do Ministério da Defesa e uma grande parte de pequenos proprietários e que a Câmara das Caldas terá de negociar como ficou acordado.“A ideia é perceber se há vantagens para as populações do Oeste serem melhor servidas em complementaridade, com eventualmente a inclusão de especialidades que cada um, per si, não teria”, explicou, referindo-se igualmente à construção de também uma nova unidade em Torres Vedras.O presidente da Câmara considera o critério “inaceitável e imoral” e recusa aceitar o estudo, “que não tem nenhuma base científica relativamente ao anteriormente efectuado”.“Faço o apelo ao Governo para que análise as questões do ponto de vista cientifico, objectivo e não seja considerado este critério altamente ofensivo, por fazer este duplo castigo. Vamos reagir. Somos pessoas ordeiras mas o que pensamos, é que somos portugueses de primeira, como os outros”, apelou Paulo Inácio. presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar Oeste Norte (CHON), Manuel Nobre considera que a concretizar-se uma nova unidade nas Caldas, “vem melhorar os cuidados de saúde dos habitantes do Oeste norte. É importantíssimo”, destaca. Apesar de haver trinta dias para a decisão final as notícias que se afiguram “são óptimas, principalmente porque é necessário que algo aconteça. As estruturas hoje existentes vão respondendo cabalmente às necessidades, o melhor possível, com as condições que temos e com melhorias que vão sendo efectuadas nas diversas unidades”, salientou o presidente do CHON.O autarca considera que está na altura de “assumir que Tornada faz parte da cidade das Caldas” e apela mais uma vez ao presidente da Câmara para arranjar a Estrada Nacional 8 e transformá-la numa grande avenida além de querer igualmente limitações na construção.Quem também se mostrou confiante em que o HON vingue é o seu mentor, José Marques Serralheiro que tem andando sozinho a defender a obra que inicialmente foi rejeitada pelos autarcas e que agora a adoptaram e se esqueceram do seu impulsionador.José Marques Serralheiro considera a ampliação “é uma ideia com 15 anos que, se não fez sentido e não foi implementada e hoje face ao estado da arte e tendência actual para a concentração de recursos, devidos a razões técnicas, equipas de profissionais, tecnológicas e de sustentabilidade económica não corresponde a uma alternativa, nem a uma opção equacionável. Se queremos uma unidade hospitalar de excelência capacitada para as melhores práticas de cuidados hospitalares, alavanca de atracção do investimento turístico, grande desígnio do oeste 2010/2020”, sublinha.O impulsionador deste projecto sonha agora que o HON “seja concebido pelo arquitecto Álvaro de Siza Vieira, condição que já anunciei junto do próprio, do senhor primeiro-ministro e do Ministério da Saúde”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

As vantagens de apostar num projeto de cozinha com ilha

Este tipo de cozinhas modernas com ilha, são cada vez mais comuns em Portugal por oferecerem uma estética interessante e serem muito mais práticas do que as cozinhas com uma disposição mais tradicional.

artigo

Maçã de Alcobaça IGP não utiliza substâncias perigosas

A Associação de Produtores de Maça de Alcobaça - Indicação Geográfica Protegida veio a público esclarecer os consumidores sobre os produtos que utiliza na produção deste produto certificado, depois de uma notícia divulgada Pesticide Action Network. Um documento...

maca de alcobaca sustent