Q

Previsão do tempo

17° C
  • Wednesday 25° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 30° C
18° C
  • Wednesday 29° C
  • Thursday 34° C
  • Friday 37° C
18° C
  • Wednesday 31° C
  • Thursday 34° C
  • Friday 37° C

Tecnologia e inovação no Turismo são o futuro

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Governo avisa empresários para se reclassificarem Carlos Barroso Numa plateia cheia com empresários e elementos das autarquias do Oeste, o secretário de Estado do Turismo apelou para a reclassificação das unidades para melhor desenvolvimento e inovação dos Pólos Turísticos para garantir o projecto Turismo em 2015. No caso concreto da reclassificação das unidades dos Pólos […]
Tecnologia e inovação no Turismo são o futuro

Governo avisa empresários para se reclassificarem Carlos Barroso Numa plateia cheia com empresários e elementos das autarquias do Oeste, o secretário de Estado do Turismo apelou para a reclassificação das unidades para melhor desenvolvimento e inovação dos Pólos Turísticos para garantir o projecto Turismo em 2015. No caso concreto da reclassificação das unidades dos Pólos Turísticos, o secretário de Estado do Turismo considerou que a região Oeste “está a fazer um bom trabalho na identificação”, mas esse trabalho só, “não chega”, alertou. “A reclassificação tem de acontecer nas unidades e isso vai premiar esse esforço. Neste momento as unidades que estão a aderir e tê o prazo até este ano, mas em 2011 quando a ASAE entrar no terreno e pedir as licenças, quem não se reclassificou, vai sofrer as consequências”, avisa.

A campanha Turismo em 2015, Pólo de competitividade, já tem 145 projectos em análise, num total de 170 milhões de euros de incentivos às empresas e que dá condições favoráveis aos negócios. No turismo de habitação Bernardo Trindade anunciou apoios a mais de três mil projectos. No capital de risco e fundo de investimento imobiliário “foram injectados 150 milhões de euros para enfrentar o momento difícil de crise”. O Turismo 2015 visa uma dotação específica para o sector com 31,6 milhões de euros, neste primeiro concurso ou seja, “o dinheiro não sai do sector e depois os empresários terão a certeza de serem majorados”. “Estamos a valorizar os empreendimentos que já procederam à sua reclassificação. Temos a noção que terminamos esse processo, vamos perceber que este trabalho fazia sentido. Este apelo não é só aos privados, mas também ao sector público, nas entidades regionais”, vincou o representante do Governo. “É tempo notar o número de entidades reclassificações no sentido da majoração por regiões ou pólo turísticos porque nos responsabiliza a todos. O tempo de crise, são momentos de oportunidade. Temos de criar condições óptimas de disponibilizar os recursos Às empresas. Actuemos cada vez mais junto dos empresários e as verbas sejam disponibilizados e o Instituto de Portugal não perde poder. Os empresários têm a responsabilidade de criar riqueza”, esclarece. O Pólo de Competitividade e Tecnologia do Turismo têm como linhas de desenvolvimento estratégico a Qualificação, a Inovação e a Modernização da actividade turística, com o objectivo de estimular a competitividade das empresas, de desenvolver a oferta turística e de reforçar a atractividade do destino Portugal. Ao nível dos Projectos Complementares, o Pólo de Competitividade e Tecnologia do Turismo prevê o apoio, no âmbito doSistema de Incentivos à Inovação, aos projectos que contribuam para alcançar os objectivos do Plano Estratégico Nacional do Turismo (PENT), Eixo 1 – Território, Destinos e Produtos: desenvolvimento e dinamização dos Pólos de Desenvolvimento Turístico e dos Produtos Turísticos Estratégicos. Sistema de incentivos à Inovação, Pólo de Competitividade, divide em inovação produtiva onde a dotação orçamental global afecta ao presente de 175,5 milhões euros. O empreendedorismo qualificado tem uma dotação orçamental global afecta ao presente de 27 milhões de euros e a criação de estabelecimentos hoteleiros, aldeamentos turísticos e parques de campismo, todos de 4 ou 5 estrelas, incluindo os integrados em conjuntos turísticos.No âmbito da Inovação Produtiva os projectos enquadráveis são a criação de empreendimentos, equipamentos ou serviços com carácter de inovação, com elevado perfil diferenciador ou por via da aplicação das mais modernas tecnologias e a requalificação de empreendimentos, equipamentos ou serviços por via da introdução de factores de inovação ou com elevado perfil diferenciador, bem como através da aplicação das mais modernas tecnologias. No campo do empreendedorismo qualificado os projectos enquadráveis são a criação de empresas ou projectos de empresas nascentes (até 3 anos), dotadas de recursos humanos qualificados, como micro e pequena dimensão, que constituem condição de acesso que o peso dos trabalhadores com grau de habilitação escolar igual ou superior a 4 no ano pós-projecto, seja de pelo menos 10% e em empresas de média dimensão, onde o peso dos trabalhadores com grau de habilitação escolar igual ou superior a 4 no ano pós-projecto é de pelo menos 15% O período de candidaturas está aberta até Fevereiro de 2010 e os formulários de candidatura e mais informações são disponíveis e www.incentivos.qren.pt Enquanto estratégia de eficiência colectiva o Pólo Turismo 2015 representa uma rede de inovação que se posiciona ao nível de toda a cadeia de valor do turismo, privilegiando um modelo de desenvolvimento concebido em função das especificidades e necessidades do sector, enquadrado por um plano de acção que individualiza projectos críticos para a concretização das metas estratégicas definidas no PENT e fundado no compromisso e no envolvimento activo de um conjunto relevante e representativo de parceiros. É objectivo do Pólo Turismo 2015 criar uma rede de cooperação de sucesso que garanta, pela via da inovação e através do acesso específico e simplificado aos recursos do QREN, o aumento da competitividade das empresas turísticas.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Maçã de Alcobaça IGP não utiliza substâncias perigosas

A Associação de Produtores de Maça de Alcobaça - Indicação Geográfica Protegida veio a público esclarecer os consumidores sobre os produtos que utiliza na produção deste produto certificado, depois de uma notícia divulgada Pesticide Action Network. Um documento...

maca de alcobaca sustent