Q

Previsão do tempo

18° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 23° C
  • Wednesday 23° C
18° C
  • Monday 26° C
  • Tuesday 27° C
  • Wednesday 27° C
18° C
  • Monday 28° C
  • Tuesday 28° C
  • Wednesday 29° C

Dar alegrias aos sócios do Pataiense

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Entrevista: Walter Estrela acredita que a sua equipa pode e deve render mais O treinador é da opinião que é preciso blindar o balneário tanto a nível de jogadores como de directores Uma entrevista de Joaquim José Paparrola Região da Nazaré – Que balanço faz da sua equipa na temporada que terminou à pouco? Walter […]
Dar alegrias aos sócios do Pataiense

Entrevista: Walter Estrela acredita que a sua equipa pode e deve render mais O treinador é da opinião que é preciso blindar o balneário tanto a nível de jogadores como de directores

Uma entrevista de Joaquim José Paparrola Região da Nazaré – Que balanço faz da sua equipa na temporada que terminou à pouco?

Walter Estrela -sinceramente esperava muito mais e toda a responsabilidade da época é minha. Não nos podemos esquecer que tínhamos uma equipa extremamente jovem e sem muita experiencia nesta divisão e com estas equipas não e fácil…contratamos dois jogadores de qualidade e experiencia (Zeca e Chanoca) e mais meia dúzia de jovens que eram ex. Juniores (Pedro, Alex, Baxana,Tan, Cláudio e Vítor)alem de recuperarmos o Tavares que esteve dois anos sem jogar. Em contrapartida perdemos vários jogadores que davam qualidade e experiencia (Emanuel, Pedro Rosa, Dário, Nélinho,Pedro JJ, Leandro) que eram só todostitulares. Lançámos também alguns jovens dos juniores, em especial o Diogo que fez vários jogos e muito boas exibições. Apesarde todas as razões apontadas podíamos e deveríamos fazer mais e melhor, já quealguns jogadores nãoestiveram no melhor rendimentoao longo da época.Com tudo isto digo que o cego não é aquele que não vê mas aquele que não quer ver…

R.N- Como encontrou o CD Pataiense a nível organizativo, e quais as lacunas do mesmo?

W.E- É claro que estes clubes têmmuitas lacunas, mas não foi por isso que a nossa prestação foi menos conseguida, pois nada nos faltou…a nível organizativo temos que trabalhar mais em grupo e não tão isoladamente como no passado. Temos que ser mais fortes em termos de blindagem de balneário não só da parte dos directores mas também da parte dos jogadores. As “pedras” têm que estar melhor arrumadas para não existir qualquer tipo de dúvida em relação a nada. Neste capítulo penso que podemos estar no bom caminho.Uma das maiores lacunas do C.D.Pataiense é o facto de todos os escalões utilizarem o mesmo campo. Faz-se das tripas coração para que tudo bata certo e às vezes é muito difícil. R.N- Vai continuar á frente dos destinos da equipa sénior! Se sim quais os projectos para a nova temporada? W.E- Sim, chegámos a acordo para mais uma temporada. Na próxima temporada vamos tentar, e repito tentar ser mais fortes quer a nível individual quer a nível colectivo. Espero poder dar mais alegrias aos sócios e simpatizantes doPataias, mas para isso há que ser mais responsável, ambicioso e ter um espírito de sacrifício fora do vulgar para podermos atingir objectivos mais altos e classificações mais agradáveis para todos.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

As vantagens de apostar num projeto de cozinha com ilha

Este tipo de cozinhas modernas com ilha, são cada vez mais comuns em Portugal por oferecerem uma estética interessante e serem muito mais práticas do que as cozinhas com uma disposição mais tradicional.

artigo

Maçã de Alcobaça IGP não utiliza substâncias perigosas

A Associação de Produtores de Maça de Alcobaça - Indicação Geográfica Protegida veio a público esclarecer os consumidores sobre os produtos que utiliza na produção deste produto certificado, depois de uma notícia divulgada Pesticide Action Network. Um documento...

maca de alcobaca sustent