Q

Previsão do tempo

20° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 21° C
  • Wednesday 21° C
20° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 23° C
  • Wednesday 23° C
22° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 23° C
  • Wednesday 23° C

Mantém-se a contestaçãoà gestão da Fundação Manuel Clérigo

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Governador Civil promete analisar o caso Paulo Alexandre Mantém-se o descontentamento geral de parte da população e de membros da autarquia de S. Martinho do Porto em relação ao modo como a Fundação Manuel Francisco Clérigo estar a ser administrada. A Fundação está há dois anos a ser gerida por apenas por dois elementos quando […]

Governador Civil promete analisar o caso Paulo Alexandre Mantém-se o descontentamento geral de parte da população e de membros da autarquia de S. Martinho do Porto em relação ao modo como a Fundação Manuel Francisco Clérigo estar a ser administrada. A Fundação está há dois anos a ser gerida por apenas por dois elementos quando os estatutos obrigam a que esta seja dirigida por cinco: dois representantes designados pelo Governo Civil; dois designados pela Câmara Municipal e um pela Junta de Freguesia. O Governador Civil de Leiria, Paiva e Carvalho, admite desconhecer os estatutos da Instituição mas promete inteirar-se do caso, nos próximos dias, e actuar, depois, em conformidade. Um grupo de habitantes e alguns utentes da Instituição, designado pelos amigos de São Martinho do Porto, acusa a Câmara Municipal de Alcobaça de responsabilidades pelo que se está a passar por, afirmam, «compactuar com o Presidente da Fundação neste problema e não ter uma atitude viável em relação a este assunto».

Uma das mais recentes queixas dos utentes da Fundação prende-se com o encerramento do ATL durante o mês de Agosto, o único em que há pleno emprego na vila. Os pais e encarregados de educação dizem que o encerramento lhes prejudica a vida e o rendimento. Segundo este Grupo, o Presidente da Fundação terá escrito, em Abril, ao Governador Civil de Leiria, sobre este e outros casos, de que tem vindo a ser acusado, nomeadamente da falta de apresentação do relatório de actividades, afirmando que a Junta de Freguesia, que tem apoiado os pais em algumas situações neste caso, não tem que se intrometer em assuntos relacionados com a Instituição e que, como Presidente do Conselho de Administração «não é obrigado a justificar as suas deliberações». Antunes Pereira, contactado para comentar o caso, preferiu, adiar, para já, qualquer manifestação pública a este propósito. Já Paiva de Carvalho, Governador Civil de Leiria, admite que o funcionamento da Instituição sem quórum não está bem, prometendo analisar a situação e actuar. Já sobre a queixa dos pais pelo encerramento da Instituição mo mês de Agosto, o Governo defende que, muitas vezes, algumas têm mesmo de encerrar para limpezas ou descanso de pessoal.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

João Formiga anuncia candidatura à concelhia do PS Nazaré

João A. Portugal Formiga, Presidente da Junta de Freguesia da Nazaré, anunciou, nas redes sociais, que é candidato à presidência da concelhia local do Partido Socialista. “No panorama político atual, onde uma parte da direita e outra parte da esquerda, se têm...

joao formiga

Real Abadia Congress & Spa Hotel comemora o 9º aniversário

O Real Abadia Congress & Spa Hotel está a comemorar o seu 9º aniversário.  Depois de dois anos em que o sector do turismo sofreu um forte abrandamento, a direção unidade, inaugurada em 2013, quer olhar para o futuro com confiança, e está fortemente...

real

Miramar investe 3 milhões de euros no agroturismo em Évora

O Grupo Miramar, da Nazaré, investiu 3 milhões na aquisição da Quinta do Louredo no concelho de Évora. O empresário Serafim Silva, responsável pelo grupo, explicou ao jornal de Leiria que em causa está um investimento de cerca de três milhões de euros num...