Q

Previsão do tempo

17° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 31° C
  • Saturday 29° C
18° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 37° C
  • Saturday 37° C
16° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 37° C
  • Saturday 37° C

Areal da Nazaré acolheu“I Degustação de Carapaus Secos”

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Tânia Rocha A “I Degustação de Carapaus Secos” recebeu muitos curiosos no areal da Nazaré, no passado domingo. Visitantes e locais encheram a tenda, montada na Avenida Vieira Guimarães, para provarem as novas receitas desta iguaria típica da Nazaré, pelas mãos do chefe António Alexandre. Esta iniciativa foi promovida pela ACISN (Associação Comercial Industrial e […]
Areal da Nazaré acolheu<br>“I Degustação de Carapaus Secos”

Tânia Rocha A “I Degustação de Carapaus Secos” recebeu muitos curiosos no areal da Nazaré, no passado domingo. Visitantes e locais encheram a tenda, montada na Avenida Vieira Guimarães, para provarem as novas receitas desta iguaria típica da Nazaré, pelas mãos do chefe António Alexandre. Esta iniciativa foi promovida pela ACISN (Associação Comercial Industrial e de Serviços da Nazaré), com a colaboração da Câmara Municipal da Nazaré e da empresa “Tempero”.

No espaço dedicado a este ingrediente típico da Nazaré, podia provar-se: “Bolinhos de carapau seco”, “Carapau enjoado numa sopinha fria”, “Salada de carapau enjoado com tomate e feijão verde”, e “Carapau seco numa sopa de peixe”, receitas a acompanhar com vinho Tuela, branco e tinto. Além da degustação, podia ser apreciada uma exposição sobre a história da secagem do peixe e um vídeo alusivo a esta técnica. Segundo o presidente da ACISN, Abel Santos, “o objectivo desta iniciativa é lançar o carapau seco e enjoado como matéria-prima a utilizar nas iguarias dos restaurantes da Nazaré, de uma forma inovadora, em termos de visual e gosto”. Nesta primeira iniciativa os restaurantes da Nazaré não participaram, mas Abel Santos disse que até à realização da segunda degustação, a realizar no próximo ano, a ACISN vai promover alguns workshops e sessões de trabalho “para incentivar os agentes hoteleiros a trabalharem o produto de maneira diferente”. Para o presidente da Câmara Municipal da Nazaré, Jorge Barroso, “este evento pretende aproveitar um produto diferente, típico da Nazaré, para transformá-lo num produto único, aproveitando todas as suas potencialidades, noutro tipo de receitas”. Jorge Barroso afirmou que “este produto tem um potencial crescimento, importante também para o crescimento qualitativo do turismo, pois pode ser um produto diferenciador e atractivo, que torna a Nazaré num destino único, em termos de oferta gastronómica”. Barroso disse que cabe também aos restaurantes “agarrarem a ideia e promovê-la, inventando novas receitas”. Abel Santos e Jorge Barroso fizeram um balanço positivo desta iniciativa, que teve uma adesão “muito boa”, por parte da população. A secagem de peixe da Nazaré é uma tradição muito antiga, que permitia, não só a conservação do alimento, mas também proporcionava uma alimentação económica. Os peixes que permitem a secagem são: o carapau, a sardinha, o cação, o batuque, o polvo, entre outros.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

As vantagens de apostar num projeto de cozinha com ilha

Este tipo de cozinhas modernas com ilha, são cada vez mais comuns em Portugal por oferecerem uma estética interessante e serem muito mais práticas do que as cozinhas com uma disposição mais tradicional.

artigo

Quercus atribui Qualidade de Ouro a duas praias do concelho da Nazaré

A associação divulgou a lista das 440 praias com “Qualidade de Ouro”, um valor nunca antes alcançado na história deste galardão que avalia a qualidade das águas balneares nacionais, estando as duas praias costeiras do concelho da Nazaré integradas no ranking de...

245416536 4319795401408206 1376882044721136776 n