Q

Previsão do tempo

18° C
  • Monday 17° C
  • Tuesday 18° C
  • Wednesday 20° C
18° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 24° C
20° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 24° C
  • Wednesday 25° C

Extensão Indie Lisboachega ao Cine-Teatro de Alcobaça no dia 15

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Pelo terceiro ano consecutivo: o melhor do cinema independente Pelo terceiro ano consecutivo, o Cine-Teatro de Alcobaça recebe a Extensão do Indie Lisboa, entre os dias 15 e 18 de Maio, através de uma iniciativa que procura mais uma vez trazer à região o melhor do cinema independente e algumas das grandes obras presentes na […]
Extensão Indie Lisboa<br>chega ao Cine-Teatro de Alcobaça no dia 15

Pelo terceiro ano consecutivo: o melhor do cinema independente Pelo terceiro ano consecutivo, o Cine-Teatro de Alcobaça recebe a Extensão do Indie Lisboa, entre os dias 15 e 18 de Maio, através de uma iniciativa que procura mais uma vez trazer à região o melhor do cinema independente e algumas das grandes obras presentes na 6.ª edição do Festival Internacional de Cinema Independente de Lisboa. Desta vez, e numa associação conjunta entre a *aurora – rede criativa de programação e exibição de cinema e a Zero em Comportamento, responsável pela organização do festival, a extensão Indie Lisboa chega a Alcobaça depois de ter passado também por Leiria (entre os dias 7 e 10 de Maio), mas sempre com uma programação diferenciada: cada extensão trouxe um programa único, distinguindo cada extensão com a sua própria identidade e com uma exclusiva selecção de filmes, adaptada às características locais dos seus públicos.

Em Alcobaça, a Extensão inicia na próxima sexta-feira, dia 15 de Maio, pelas 14h 30 (projecção que repetirá no domingo, dia 17 de Maio, pelas 11h), com o Indie Júnior + 3 anos, uma sessão especialmente vocacionada para os mais jovens que tem como principal objectivo a criação e alargamento dos públicos de cinema e visa possibilitar o encontro dos espectadores mais novos com um conjunto de filmes notáveis, aos quais muito provavelmente não teriam acesso de outra forma (esta secção visa contribuir para a formação estético-cultural das crianças e jovens através de uma experiência artística e lúdica – o cinema). No mesmo dia, à noite, pelas 21h 30, teremos então “O Homem que Engarrafava Nuvens”, um documentário sobre o compositor, advogado, deputado federal e criador da lei sobre os direitos de autor no Brasil, Humberto Teixeira, igualmente autor de “Asa Branca”, um clássico da canção popular, onde acompanhamos Denise Dummont, a sua filha, enquanto ela procura saber mais sobre “O Doutor do Baião” – como era apelidado. Retrato de uma personalidade redescoberta por um vasto leque de artistas de primeira linha: David Byrne, Caetano Veloso, Chico Buarque, Gilberto Gil, Zeca Pagodinho, Gal Costa, Bebel Gilberto, Elba Ramalho e Luiz Gonzaga, que fez dupla com Teixeira (e com sucesso) desde os anos 40 (ambos foram os principais responsáveis pela divulgação massiva dos ritmos nordestinos). Mais tarde, no domingo, dia 17, pelas 21h 30, será a oportunidade de observar alguns dos filmes premiados na edição do Indie Lisboa deste ano: a curta-metragem “The Herd” de Ken Wardrop, sobre um agricultor e a mãe que discutem a chegada de um estranho animal ao seu rebanho de gado de Limousin, e “Jalainur”, obra de Ye Zhao, sobre um par de amigos inseparáveis, Old Zhu, maquinista de comboios a vapor, e Li Zhizhong, sinaleiro de via-férrea e seu aprendiz. Ambos trabalham nas minas de carvão em Manzhouli, uma cidade do interior da Mongólia, e se o primeiro está prestes a reformar-se – trabalhou ali por três décadas – o segundo ficará perdido e confuso. Ye Zhao filma desta maneira a fragilidade da amizade, construindo, através do fumo, metáforas imagéticas para lamentar a passagem do tempo. A terminar teremos precisamente o filme que abriu a edição deste ano do Indie Lisboa: “Encounters at the End of the World”, dia 18 de Maio, segunda, pelas 21h 30. Trata-se do primeiro documentário de Werner Herzog, o Herói Independente do Festival, depois de “Grizzly Man”, onde o cineasta se fez acompanhar apenas pelo seu operador de câmara numa viagem pela Antártica, contemplando a raridade da beleza natural e meditando sobre a natureza inóspita deste lugar. O filme foi ainda nomeado na última cerimónia dos Óscares na categoria de Melhor documentário.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Prémios Vinhos de Portugal 2024 realizado em Alcobaça

Ministro da Agricultura marcou presença no evento que decorreu em hotel de luxo da cidade O Montebelo Mosteiro de Alcobaça Historic Hotel foi, no passado dia 3 de maio, o local escolhido para a realização da cerimónia de entrega dos prémios aos vencedores da 11º...

concurso de vinhos portugueses

Banda Ya Voltagem anuncia Lançamento de Novo Single “Faz de Conta”

A banda de pop eletrónico Ya Voltagem anunciou a primeira e mais recente criação com o lançamento do novo single “Faz de Conta” para meados de maio. Faz de Conta gira em torno de uma história que retrata a incapacidade de amar por parte de duas pessoas “por não...

banda