Q

Previsão do tempo

18° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 26° C
  • Wednesday 25° C
18° C
  • Monday 27° C
  • Tuesday 31° C
  • Wednesday 30° C
18° C
  • Monday 29° C
  • Tuesday 32° C
  • Wednesday 32° C

Falsos empresários da Região Centroconstituídos arguidos

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Processo de Fraude FiscalCarlos BarrosoA Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, concluiu uma investigação de elevada complexidade, no passado dia 19 de Março, em que contou com a colaboração de técnicos da Direcção de Finanças, versando um grupo organizado de indivíduos que angariavam sociedades comerciais a quem forneciam facturação, com o […]

Processo de Fraude FiscalCarlos BarrosoA Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, concluiu uma investigação de elevada complexidade, no passado dia 19 de Março, em que contou com a colaboração de técnicos da Direcção de Finanças, versando um grupo organizado de indivíduos que angariavam sociedades comerciais a quem forneciam facturação, com o objectivo de reduzirem a base tributária de IRC e de se locupletarem com o valor do IVA.O valor da facturação falsa produzida ascendeu, aproximadamente, a 15.290.000 euros, tendo sido recuperado um milhão de euros.

No decorrer das investigações foram constituídos 53 arguidos, sendo que 16 deles foram mesmo detidos, tendo ficado sujeitos à medida de coacção de obrigação de apresentações periódicas.O processo, que compreende 33 volumes principais e 160 apensos com documentação, foi agora remetido ao Ministério Público.Segundo a PJ, o objectivo dos arguidos era “reduzirem a base tributária de IRC” e de enriquecerem “com o valor do IVA”.Fonte do Departamento de Investigação Criminal de Leiria da PJ explicou que “os crimes foram praticados em várias zonas do País”, com especial preponderância na Região Centro e, particularmente, nos distritos de Leiria e Santarém.A mesma fonte adiantou que a investigação, “iniciada há seis anos, esteve primeiro sediada em Alcobaça, mas porque envolvia mais do que uma comarca, foi remetida para o Departamento de Investigação e Acção Penal de Coimbra”, para onde foi agora reenviada com proposta de acusação.“Os arguidos, de todo o País, mas principalmente com residência em Leiria e Santarém, a maioria com idades entre os 30 e 50 anos, eram falsos empresários, que constituíam empresas fictícias e, outras vezes, compravam empresas que estavam já em processo de insolvência”, referiu o responsável, explicando que os suspeitos “emitiam facturas e não pagavam o valor do IVA que depois iam buscar”.Os arguidos deste mega-processo podem vir a ser acusados dos crimes de fraude fiscal, burla, falsificação de documento e associação criminosa.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Real Abadia Congress & Spa Hotel comemora o 9º aniversário

O Real Abadia Congress & Spa Hotel está a comemorar o seu 9º aniversário.  Depois de dois anos em que o sector do turismo sofreu um forte abrandamento, a direção unidade, inaugurada em 2013, quer olhar para o futuro com confiança, e está fortemente...

real

Detidos em flagrante dois jovens enquanto furtavam uma casa na Nazaré

Dois jovens de 17 e 19 anos, do sexo masculino, foram detidos, no passado dia 6 de julho, por militares do Comando Territorial de Leiria da Guarda Nacional Republicana (GNR), por tentativa de furto no interior de uma residência, na freguesia de Famalicão, na...

PS pede campanha de sensibilização de Poupança de Água

O PS propôs uma campanha de sensibilização para necessidade de poupança de água. O inverno pouco chuvoso e a situação de país seca extrema e severa em que se encontra o país estão na origem desta proposta socialista à Câmara e SMAS – Serviços Municipalizados....

agua 1