Q

Previsão do tempo

18° C
  • Sunday 18° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 19° C
18° C
  • Sunday 19° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 21° C
18° C
  • Sunday 18° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 22° C

Quebra nas vendas ronda os 50 por cento

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Crise afecta vendas de NatalPaulo AlexandreAs vendas de Natal no comércio tradicional de Alcobaça sofreram uma quebra de 50% . A estimativa é de alguns comerciantes contactados que afirmaram ter sentido, neste Natal, a maior quebra dos últimos anos.Segundo os comerciantes, a maioria dos consumidores optou por comprar menos e artigos mais baratos. O sector […]

Crise afecta vendas de NatalPaulo AlexandreAs vendas de Natal no comércio tradicional de Alcobaça sofreram uma quebra de 50% . A estimativa é de alguns comerciantes contactados que afirmaram ter sentido, neste Natal, a maior quebra dos últimos anos.Segundo os comerciantes, a maioria dos consumidores optou por comprar menos e artigos mais baratos. O sector do pronto-a-vestir terá sido, por isso, um dos mais afectados pela redução dos gastos com as compras de Natal pois, tradicionalmente, era o que melhor vendia nesta época do ano.

A proximidade dos saldos à época do Natal voltou, por outro lado, aser apontada por vários comerciantes como uma das causas para a cada vez maior redução do volume de vendas nesta época do ano.A época dos artigos a quase metade do preço já começou e estende-se até 28 de Fevereiro mas mesmo assim alguns comerciantes não se mostram muito entusiasmados. Os clientes compram cada vez mais quando os artigos chegam aos 50% de desconto evitando gastos nos primeiros dias dos saldos, quando os artigos ainda baixaram pouco de preço.Menos pessimista é o balanço desta época feito pelo presidente da Associação Comercial, Serviços e Indústria de Alcobaça (ACSIA), Jorge Vasco, que afirma ter falado com alguns comerciantes da cidade que lhe transmitiram diferentes cenários.

Apesar de alguns terem falado em quebras superiores a 50% , outros falaram de uma manutenção do volume de vendas enquanto outros ainda apontaram para uma melhoria face ao ano passado. As contas da ACSIA apontam, deste modo, para uma redução das vendas na ordem dos 30 a 40 por cento face ao mesmo período de 2007, um pouco mais optimista, ainda assim, em comparação ao balanço feito por alguns comerciantes,

sobretudo os que já se encontram há mais anos em actividade.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Crédito Agrícola homenageou 32 empresas PME Líder e PME Excelência

Trinta e duas empresas foram reconhecidas com os selos PME Líder e PME Excelência 2021 pelo Crédito Agrícola de Alcobaça, Cartaxo, Nazaré, Rio Maior e Santarém. As entidades foram homenageadas, em abril, durante uma cerimónia realizada no Montebelo Mosteiro de...

caixa agricola