Q

Previsão do tempo

18° C
  • Wednesday 20° C
  • Thursday 22° C
  • Friday 29° C
18° C
  • Wednesday 22° C
  • Thursday 26° C
  • Friday 35° C
19° C
  • Wednesday 23° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 33° C

Máquinas de lavar Louça

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
“Poupar Energia Eléctrica”A máquina de lavar loiça é um electrodoméstico cada vez mais comum nas residências portuguesas. No sector residencial, representa cerca de 3% do total de energia eléctrica consumida de cada mês.Em Portugal, na grande maioria das casas onde se utilizam máquinas de lavar loiça, são as próprias máquinas a aquecer a água através […]

“Poupar Energia Eléctrica”A máquina de lavar loiça é um electrodoméstico cada vez mais comum nas residências portuguesas. No sector residencial, representa cerca de 3% do total de energia eléctrica consumida de cada mês.Em Portugal, na grande maioria das casas onde se utilizam máquinas de lavar loiça, são as próprias máquinas a aquecer a água através de uma resistência eléctrica. Isto representa um elevado consumo de electricidade, tendo também o inconveniente de aquecer a água muito lentamente e por isso obrigar a que as máquinas estejam a funcionar durante mais tempo.

Existem máquinas preparadas para receber água pré-aquecida, evitando a necessidade da resistência eléctrica. Estas máquinas permitem poupar uma quantidade significativa de energia se o nosso sistema de aquecimento de água for através de colectores solares. No entanto, teremos de exigir aos fabricantes de electrodomésticos que disponibilizem equipamentos com estas características, ainda praticamente inexistentes no mercado.No acto na compra devemos escolher os equipamentos em função da classe de eficiência energética, optando por modelos de classe energética A. Estes modelos consomem cerca de metade da energia consumida por modelos mais antigos. A fase de aquecimento das máquinas de lavar é aquela em que se consome mais energia. Por exemplo, numa máquina de lavar roupa, o programa a 60ºC gasta 55% mais energia do que o programa a 40ºC. Além disso os detergentes disponíveis no mercado já permitem lavar a roupa a baixas temperaturas.Para poupar energia quando utilizamos este equipamento, basta por em prática uma série de conselhos simples, tais como: – Utilize a máquina de lavar roupa sempre com a carga recomendada. Se precisar de lavar pouca roupa, utilize a função “meia-carga”, mas tenha em conta que o consumo eléctrico não diminui para metade, pois uma lavagem com carga completa é mais barata do que duas com meia carga.- Separe a roupa consoante o tipo de tecido e o nível de sujidade, escolhendo para cada grupo de peças o programa mais adequado.- Limpe regularmente o filtro e o distribuidor de detergente, dado que as impurezas e o calcário acumulados dificultam a descarga de água.- Não utilize demasiado detergente uma vez que uma boa lavagem não depende da quantidade de detergente utilizado mas sim da utilização correcta da máquina de lavar, do seu desempenho e da dureza da água. – Em caso de uma inactividade prolongada da máquina de lavar, desligue a ficha da tomada de corrente, feche a torneira de alimentação de água e deixe a porta entreaberta. – A função programação da lavagem, permite programar a hora de início de cada lavagem, o que é útil para quem tenha aderido à tarifa bi-horária de electricidade uma vez que o consumo é mais barato nas horas de vazio.Poupar é fácil, não custa nada e o ambiente agradece. Brigada Carbono Diana Faria e Mónica Martins DECO Santarém

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Real Abadia Congress & Spa Hotel comemora o 9º aniversário

O Real Abadia Congress & Spa Hotel está a comemorar o seu 9º aniversário.  Depois de dois anos em que o sector do turismo sofreu um forte abrandamento, a direção unidade, inaugurada em 2013, quer olhar para o futuro com confiança, e está fortemente...

real

Miramar investe 3 milhões de euros no agroturismo em Évora

O Grupo Miramar, da Nazaré, investiu 3 milhões na aquisição da Quinta do Louredo no concelho de Évora. O empresário Serafim Silva, responsável pelo grupo, explicou ao jornal de Leiria que em causa está um investimento de cerca de três milhões de euros num...

Open Days do Emprego revela que “faltam pessoas para trabalhar”

Célia Roque, diretora do Centro de Emprego de Oeste Norte (que abrange sete concelhos), considerou no Open Days do Emprego, que decorreu na Expoeste, nas Caldas da Rainha, que um dos fatores mais críticos da região é a “falta de pessoas para trabalhar”. “É um...

emprego 1