Q

Previsão do tempo

17° C
  • Wednesday 25° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 30° C
17° C
  • Wednesday 29° C
  • Thursday 34° C
  • Friday 37° C
18° C
  • Wednesday 31° C
  • Thursday 34° C
  • Friday 37° C

Exchange Festival promoveo diálogo cultural através da dança

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Segunda edição realiza-se entre os dias 1 e 15 de NovembroDavid Mariano É talvez um dos maiores acontecimentos após a preenchida agenda cultural de Verão na região: o Exchange – 2.º Festival Internacional de Dança de Alcobaça devolve à cidade e ao concelho, após a estreia auspiciosa do ano passado, vários espectáculos de dança marcados […]

Segunda edição realiza-se entre os dias 1 e 15 de NovembroDavid Mariano É talvez um dos maiores acontecimentos após a preenchida agenda cultural de Verão na região: o Exchange – 2.º Festival Internacional de Dança de Alcobaça devolve à cidade e ao concelho, após a estreia auspiciosa do ano passado, vários espectáculos de dança marcados pelo espírito de um “verdadeiro diálogo intercultural”. Afinal está tudo no título: o termo “exchange” em inglês significa troca, e para os directores artísticos da CeDeCe – Companhia de Dança Contemporânea, Maria Bessa e António Rodrigues, residente em Alcobaça desde há alguns anos, é disso mesmo que se trata. Troca de experiências, de visões e sensibilidades que neste evento tratam de concretizar várias propostas culturais onde a mistura de conceitos e de artes pretende sempre ir mais além.

Foi assim o ano passado, será para manter este ano: durante duas semanas, entre os dias 1 e 15 de Novembro, o Exchange apresenta vários espectáculos e inúmeros convidados, onde se podem contar companhias nacionais e estrangeiras, músicos e compositores convidados, coreógrafos e bandas musicais. Neste capítulo, repetem-se as presenças do Ballet Nacional da Croácia Ivana pl. Zajca – Rijeka, da Companhia Nacional de Bailado, do Quórum Ballet ou do trio musical Adlibtrio (talvez já se possa começar a falar num restrito grupo de colaboradores e habitués), entre outras estreias, tais como a Companhia Nacional da Eslovénia, a companhia mexicana A Poc A Poc, a Encho Arts do Chipre ou a música de José Carlos Godinho. Os grandes destaques naturalmente estão nos espectáculos de abertura e encerramento do festival que mais uma vez tem o Cine-Teatro de Alcobaça como o seu espaço de eleição, a começar no dia 1 de Novembro, pelas 21h 30, com “Duetos de Amor e… Outros Duetos” que conseguirá pôr em palco números de todas as companhias de dança convidadas para o festival, num repertório que vai desde a música clássica à “modern dance”. Para terminar, no dia 15 de Novembro, igualmente às 21h 30, teremos o “T’Ai Chi Modern Dance”, levado a cabo pela CeDeCe com coreografia de António Rodrigues e música de J. S. Bach. Mas há mais motivos de interesse pelo meio, caso da revisão do conto infantil “Cinderela… em bicos de pés” (dia 2, pelas 16h), aqui adaptado à dança pelo coreógrafo Fernando Duarte, um novo olhar sobre a obra de Agustina Bessa-Luís e nomeadamente o romance “A Sibila” e o conto “Dominga” (dia 9, pelas 16h) onde se misturam as artes audiovisuais e a dança, ou o “Global@Adlibtrio.io” (dia 12, pelas 21h 30), actuação que assentará numa rede de construção jazzística com o grupo Adlibtrio. O Exchange é um festival a várias vozes, a vários mãos, com vários corpos e várias dimensões onde a mistura de expressões e nacionalidades tem apenas um objectivo: o diálogo.Programa Cine-Teatro de Alcobaça1 de Novembro :: 21h30 :: Abertura“Duetos de Amor e… Outros Duetos”2 de Novembro :: 16h“Cinderela… em bicos de pés”5 de Novembro :: 21h 306 de Novembro :: 10h 30“Solistas de Amanhã”8 de Novembro :: 21h 30CeDeCe: Play ’06, Soft Dance, RipeA Poc A Poc: Amor Udri9 de Novembro :: 16h“A Sibila” sobre o romance do mesmo nome de Agustina Bessa-Luís“Dominga – solo do bailado Dominga” sobre este mesmo conto de Agustina Bessa-Luís12 de Novembro :: 21h 30Global@Adlibtrio.io15 de Novembro :: 21h 30CeDeCe: Play ’06, T’ai Chi Modern Dance, Song of Songs

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

As vantagens de apostar num projeto de cozinha com ilha

Este tipo de cozinhas modernas com ilha, são cada vez mais comuns em Portugal por oferecerem uma estética interessante e serem muito mais práticas do que as cozinhas com uma disposição mais tradicional.

artigo