Q

Previsão do tempo

17° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 31° C
  • Saturday 29° C
17° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 37° C
  • Saturday 37° C
17° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 37° C
  • Saturday 37° C

Apresentada candidatura a Rede de MosteirosPatrimónio da Humanidade

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Alcobaça junta-se a Lisboa, Tomar e BatalhaDavid MarianoUm grupo constituído pelo IGESPAR – Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico e pelas Câmaras Municipais de Alcobaça, Batalha, Lisboa e Tomar decidiu apresentar a candidatura para um programa estratégico reservado aos Mosteiros Património da Humanidade. Segundo o Município de Alcobaça, este programa contém seis eixos […]

Alcobaça junta-se a Lisboa, Tomar e BatalhaDavid MarianoUm grupo constituído pelo IGESPAR – Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico e pelas Câmaras Municipais de Alcobaça, Batalha, Lisboa e Tomar decidiu apresentar a candidatura para um programa estratégico reservado aos Mosteiros Património da Humanidade. Segundo o Município de Alcobaça, este programa contém seis eixos de acção e seis objectivos distintos que contemplam nove linhas de intervenção, tendo sido entregue no passado dia 17 de Outubro no contexto do Programa Operacional (PO) Regional do Centro 2007-2013, conhecido como Mais Centro.

Entre as principais acções candidatas por Alcobaça, incluem-se a criação de um Circuito Cisterciense, da qual fazem parte os Mosteiros de Alcobaça e Cós, a Instituição do Centro de Estudos Medievais, a criação de guias e roteiros urbanos e animação dos locais históricos com os eventos que já aí se realizam (nomeadamente o Cistermúsica ou a Mostra de Doces Conventuais) ou outros que ainda possam vir a surgir.As principais metas desta candidatura passam por dinamizar os Mosteiros, melhorar as condições de visita e aumentar a atractividade para os visitantes, num valor global que ronda os 10 milhões de euros (a dividir pelos cinco parceiros), constituindo as intervenções de natureza material em Alcobaça, Batalha e Tomar cerca de 4 milhões de euros. No capítulo das parcerias locais, o Município obteve para esta candidatura a adesão de várias instituições.Entre elas contam-se a ACSIA – Associação Comercial de Serviços e Industrial de Alcobaça, a Banda de Alcobaça – Academia de Música, a Associação dos Amigos de D. Pedro e D. Inês ou a Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, com a qual se espera estabelecer, em colaboração com o IGESPAR, o Centro de Estudos Medievais, que desde 1978 foi criado no papel pelos Ministérios das Finanças e Plano da Educação e Cultura, mas que nunca chegou a ver a luz do dia.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Maçã de Alcobaça IGP não utiliza substâncias perigosas

A Associação de Produtores de Maça de Alcobaça - Indicação Geográfica Protegida veio a público esclarecer os consumidores sobre os produtos que utiliza na produção deste produto certificado, depois de uma notícia divulgada Pesticide Action Network. Um documento...

maca de alcobaca sustent