Q

Previsão do tempo

17° C
  • Thursday 26° C
  • Friday 31° C
  • Saturday 30° C
18° C
  • Thursday 32° C
  • Friday 38° C
  • Saturday 38° C
18° C
  • Thursday 33° C
  • Friday 38° C
  • Saturday 38° C

Os inocentes sofrem enquanto os homens aplaudem

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Cristiana RochaEstudanteNos dias de hoje continuam a nascer raízes dispersas em terras esquecidas, que procuram dar um fruto a uma flor sem amor, regadas por alguém sem sentimentos, alguém que não merece ser tratado como um membro pertencente à humanidade, alguém que mergulha as suas fraquezas em criaturas indefesas, solitárias e inferiorizadas ao mundo que […]

Cristiana RochaEstudanteNos dias de hoje continuam a nascer raízes dispersas em terras esquecidas, que procuram dar um fruto a uma flor sem amor, regadas por alguém sem sentimentos, alguém que não merece ser tratado como um membro pertencente à humanidade, alguém que mergulha as suas fraquezas em criaturas indefesas, solitárias e inferiorizadas ao mundo que as rodeia.

Essa flor nasceu sem saber o motivo da sua existência, vive ao sabor de uma inocência disfarçada, de culpa e de rancor, de raiva, de gladiador sem vitória, nascendo somente para simbolizar a força humana perante a ferocidade da natureza brava.Na verdade, neste mundo ainda existem pessoas capazes de mal tratar animais, capazes de lhes ser indiferentes. Incapazes de dar comida aos abandonados, nem que seja apenas as migalhas de pão que todos deitam fora. Vemos muitos desses animais, filhos da rua ou abandonados, vagueando sem destino, sem carinho, sem nada. Muitos dos indiferentes a esta situação são capazes de pagar para ver alguém sofrer. Animais que todos pensam ser fortes, sofrem e escoam-se em sangue em frente a uma plateia construída por criaturas que não merecem pisar o chão que lhes mantém os pés na terra. Pagam para ver animais a serem mutilados nas arenas, cujo inevitável destino é a morte. O que muitos julgam ser o encontro perfeito entre a natureza brava e o poder do homem sobre esta, não passa de uma farsa e de uma adaptação ao antigo circo romano. Contrariamente ao que é pensado, tal não acontece e jamais irá acontecer, porque se acontecesse, ninguém sairia ileso. O touro é forte no seu habitat natural, mas a sua força é roubada na arena. As pontas dos seus cornos são cortadas, os seus olhos contêm uma substância que dificulta a sua visão que fá-lo ganhar raiva. Antes de entrar na arena é espancado e espetado até sangrar interna e externamente, por isso, ele não está em condições de mostrar realmente quem é. São vários homens, que se julgam valentes e corajosos, contra um pobre animal. Negando o que muitas pessoas pensam, a carne de touro não é boa para alimento, este só nasce para ser esquartejado e humilhado em frente a uma imensidão de pessoas.Se existe alguém inferior à sua humilhação e alguém disfarçado de herói, esse alguém é o próprio cavaleiro, visto que obriga duas realidades a defrontarem-se.Em pleno século XXI ainda nos deparamos com cenários desta intensidade, com gentes sem personalidade, sem nível de sensibilidade, sem valores a preservar. Esta visão progride por gerações que continuam os maus-tratos a animais.Já não estamos na idade da pedra, por isso, o maior destruidor do seu próprio lar é o próprio homem, não os animais, que se pensa ser ferozes e maus, porque todos eles merecem respeito e merecem o direito à vida, tal como nós.Chego mesmo a pensar que a palavra “animal” deveria ser adaptada aos humanos.A humanidade defende-se a si própria e ataca os inocentes, é deste modo que ergue a cabeça e convence-se de que é forte e líder mundial, enquanto há alguém que não tem ninguém a quem recorrer, que o possa defender, e que é muito mais racional e tem muito mais valor do que algumas pessoas.Presentemente vivemos num planeta perdido algures no universo infinito, à procura de algo que o satisfaça verdadeiramente, mas a regra básica é encontrar sangue e sofrimento, onde a paz e a união não existe certamente no fundo da sua personalidade.Viva aos homens valentes do nosso país!

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

As vantagens de apostar num projeto de cozinha com ilha

Este tipo de cozinhas modernas com ilha, são cada vez mais comuns em Portugal por oferecerem uma estética interessante e serem muito mais práticas do que as cozinhas com uma disposição mais tradicional.

artigo

IPSS’s de Alcobaça e Nazaré recebem 17 viaturas

A cerimónia de assinatura do protocolo, no âmbito da candidatura “Mobilidade Verde - Carros Elétricos para Instituições Particulares de Solidariedade Social com Serviço de Apoio Domiciliário a Idosos”, teve lugar no passado dia 29 de maio, no Cineteatro de Porto de...

anexo sem nome 00056

CERCINA adquire instalações do Centro Social do Rio Novo

As instalações do antigo Centro Social do Rio Novo, na Nazaré, foram adquiridas pela CERCINA – Cooperativa de Ensino, Reabilitação, Capacitação e Inclusão da Nazaré. Neste imóvel, devoluto há largos anos, pretende a CERCINA instalar o novo Serviço de Apoio...

cercina