Q

Previsão do tempo

17° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 24° C
18° C
  • Monday 26° C
  • Tuesday 27° C
  • Wednesday 28° C
18° C
  • Monday 28° C
  • Tuesday 28° C
  • Wednesday 29° C

Hotel de oito pisos previsto para a Cova da Onça

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Estudo Prévio do novo Plano de Pormenor da Cova da Onça foi apresentado esta quinta-feira, em reunião de Câmara, e vai, agora, ser enviado para consulta a várias entidades. É um estudo diferente do que esteve previsto durante mais de dez anos e que foi traçado ainda durante o anterior executivo socialista da Câmara, […]

O Estudo Prévio do novo Plano de Pormenor da Cova da Onça foi apresentado esta quinta-feira, em reunião de Câmara, e vai, agora, ser enviado para consulta a várias entidades.

É um estudo diferente do que esteve previsto durante mais de dez anos e que foi traçado ainda durante o anterior executivo socialista da Câmara, liderado por Miguel Guerra.

O novo Plano elimina o Pavilhão de Exposições, onde os socialistas tinham previsto que se realizassem os vários eventos de cariz popular e empresarial, e faz novas apostas, como um vasto espaço verde, habitação colectiva, o centro escolar e um parque subterrâneo de estacionamento. A Cova da Onça será, também, responsável pela nova ligação do centro da cidade à VCI que passará a ser feita através de um viaduto cujas obras deverão ter lugar entre 2008 e 2009, logo que comece a construção do primeiro Centro Escolar de Alcobaça.

Carlos Bonifácio, Vereador do Urbanismo, explicou que a Cova da Onça, tal como este executivo camarário a prevê no novo Plano de Pormenor, será o “remate das grandes obras previstas na cidade, como a Nova Alcobaça ou a reabilitação do Rachadouro do Mosteiro de Santa Mariaonde será ser instalado um Hotel de luxo”. A Cova da Onça será, assim, explicou o vereador, “responsável, por uma nova centralidade da cidade, dando-lhe escala já que, actualmente, uma das suas grandes limitações é a falta de população, o que se repercute na actividade comercial e serviços”.

Menos convencido da mudança, o socialista Daniel Adrião, criticou as opções da actual maioria PSD. Segundo o socialista, o Plano de Pormenor com cerca de quinze anos resultou de um largo consenso entre PS e PSD por ser considerado um plano estratégico para o crescimento da cidade e prever dois investimentos que, do ponto de vista de Daniel Adrião, continuam a ser necessários. É o caso do novo edifício dos

Paços do Concelho, que no novo plano é eliminado, assim como o Centro de Negócios. O socialista “vê com grande desconfiança estas mudanças propostas pelo PSD pois considera que não vão ao encontro das necessidades do concelho”, antes pelo contrário, acrescenta, “retiram coisas que continuam a ser necessárias à cidade”.

A CDU, por seu lado, considera que “não é assim que se trabalha estrategicamente” acusando a maioria liderada por Gonçalves Sapinho tratar de coisas importantes aos bocados. O executivo social-democrata está, neste momento, a recolher as opiniões da CCR de Lisboa e Vale do Tejo e IPPAR para as alterações ao Plano de Pormenor. O vereador da CDU, Rogério Raimundo, volta a falar em falta de planeamento a longo

prazo assim como da ausência de debate e envolvimento de todos nos planos de futuro para a cidade e concelho. O vereador lembra que a instalação de um parque de estacionamento subterrâneo e de um Hotel de 8 pisos na Cova da Onça nunca foi objecto de discussão em dez anos de reuniões na Câmara, tal como o não foi a alternativa à Cova da Onça para a instalação dos novos Paços do Concelho. Os novos Paços do Concelho deixaram de estar previstos para a Cova da Onça mas a maioria PSD continua a não revelar se mantém o interesse em construir uma nova Câmara Municipal ou se as aquisições de espaços que fez nos últimos anos, nomeadamente da Cooperativa Agrícola, são parte do plano para reinstalar os serviços camarários, actualmente, e por falta de espaço do palacete rosa na avenida João de Deus, a funcionar por vários edifícios da cidade.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

As vantagens de apostar num projeto de cozinha com ilha

Este tipo de cozinhas modernas com ilha, são cada vez mais comuns em Portugal por oferecerem uma estética interessante e serem muito mais práticas do que as cozinhas com uma disposição mais tradicional.

artigo