Q

Previsão do tempo

17° C
  • Thursday 27° C
  • Friday 31° C
  • Saturday 29° C
18° C
  • Thursday 33° C
  • Friday 37° C
  • Saturday 37° C
16° C
  • Thursday 33° C
  • Friday 37° C
  • Saturday 37° C

Estudos de Prospecção de Combustíveis têm início

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Em várias freguesias do concelho de AlcobaçaVão iniciar-se em breve os estudos de prospecção de combustíveis fósseis em dez freguesias do Concelho de Alcobaça pelas empresas de nacionalidade norte-americana Mohave e Seispros. Alcobaça, Alpedriz, Bárrio, Cós, Évora de Alcobaça, Maiorga, Montes, Vestiaria, Prazeres e São Vicente de Aljubarrota verão assim estabelecidos, numa primeira fase, contactos […]

Em várias freguesias do concelho de AlcobaçaVão iniciar-se em breve os estudos de prospecção de combustíveis fósseis em dez freguesias do Concelho de Alcobaça pelas empresas de nacionalidade norte-americana Mohave e Seispros. Alcobaça, Alpedriz, Bárrio, Cós, Évora de Alcobaça, Maiorga, Montes, Vestiaria, Prazeres e São Vicente de Aljubarrota verão assim estabelecidos, numa primeira fase, contactos de sensibilização com as populações locais, em especial junto dos proprietários. Desde Novembro que o presidente e chefe executivo da empresa canadiana DualEx Energy Internacional acredita existir petróleo e gás natural prontos a serem explorados no concelho de Alcobaça (nomeadamente em Aljubarrota).

Estes contactos iniciais revestem-se, portanto, de grande importância, uma vez que se pretende dar início à colocação de estacas nos terrenos, espaçadas entre si numa distância de apenas 300 metros e com a finalidade de ser elaborada uma malha de cabos. Cada uma destas estacas funcionará como receptora de emissão de ondas no subsolo, e a malha de cabos, relativamente densa, poderá abranger uma área de 120 quilómetros quadrados, permanecendo no terreno durante um período entre quinze dias a três semanas. Os trabalhos contarão com a colaboração das respectivas Juntas de Freguesia, as forças de segurança locais e diversos elementos da Associação dos Agricultores da Região de Alcobaça (APFRA). Nesse sentido, a autarquia lança um apelo e solicita à população a não interferência com o material colocado no terreno, relembrando que este é substancialmente dispendioso e indispensável para a referida investigação. DM

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Apreensão de 710 quilos de pescada subdimensionada

A Unidade de Controlo Costeiro (UCC), através do Subdestacamento de Controlo Costeiro da Nazaré, no dia 10 de maio, apreendeu 710 quilos de pescada subdimensionada, na Nazaré. No âmbito de uma ação de fiscalização destinada ao controlo das regras de captura,...

pescada