Q

Previsão do tempo

17° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 24° C
18° C
  • Monday 26° C
  • Tuesday 27° C
  • Wednesday 28° C
17° C
  • Monday 28° C
  • Tuesday 28° C
  • Wednesday 29° C

Abertos os prazos de candidaturas ao QREN

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A favor da coesão económica e socialDavid Mariano Apetece dizer que é agora ou nunca (e talvez seja mesmo necessário sublinhá-lo): estão abertas desde o passado dia 15 de Fevereiro as novas candidaturas aos Programas de Incentivo do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN). Num tempo em que o desemprego, a crise económica e a […]

A favor da coesão económica e socialDavid Mariano Apetece dizer que é agora ou nunca (e talvez seja mesmo necessário sublinhá-lo): estão abertas desde o passado dia 15 de Fevereiro as novas candidaturas aos Programas de Incentivo do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN). Num tempo em que o desemprego, a crise económica e a inflação vão ensombrando a mente dos portugueses, este programa vem classificado como um instrumento que permite a concretização, em termos financeiros, da política comunitária de coesão económica e social entre 2006 e 2031 (estratégia fundamental para impedir que o país se solte definitivamente da Europa como uma jangada destroçada e à deriva).

É de aproveitar (mas atenção, esta pode ser mesmo uma das últimas oportunidades para apanhar o comboio do progresso e da integração europeia): em Portugal prevê-se a entrada de 21,5 mil milhões de euros durante o período referido, sob a forma de fundos comunitários. Muito dinheiro, portanto, para um novo empurrão à economia e aos empresários. Muito dinheiro, portanto, que não convém ser desperdiçado em piscinas e carros desportivos (e aceitam-se ideias verdadeiramente inovadoras e criativas que ajudem à criação de emprego). Conhecido como é o tecido empresarial nacional por ser bastante heterogéneo e caracterizado por diferentes níveis de desenvolvimento e capacidades de integração no mercado pelos vários agentes económicos, três tipos de sistemas de incentivos foram criados para colmatar tais diferenças. Em primeiro lugar temos o sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento, cujo objectivo é intensificar o esforço empresarial, claro está, de investigação e desenvolvimento, aumentar a competitividade, a inserção em redes internacionais e a promoção da cooperação e desenvolvimento. Segundo, o Sistema de Incentivos à Inovação (é disto que todos precisamos) terá como finalidade promover a inovação no tecido empresarial através da via de produção de novos bens e serviços, reforçando a orientação das empresas para mercados internacionais e estimulando o empreendedorismo qualificado e o investimento estruturante em diversas áreas. Por último, o Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de Pequenas e Médias Empresas (PME) que investe na promoção da competitividade das empresas através do aumento de produtividade, da flexibilidade e capacidade de resposta e presença activa das PME no mercado global (leia-se o “admirável mundo novo” em que vivemos).

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Apreensão de 710 quilos de pescada subdimensionada

A Unidade de Controlo Costeiro (UCC), através do Subdestacamento de Controlo Costeiro da Nazaré, no dia 10 de maio, apreendeu 710 quilos de pescada subdimensionada, na Nazaré. No âmbito de uma ação de fiscalização destinada ao controlo das regras de captura,...

pescada

Maçã de Alcobaça IGP não utiliza substâncias perigosas

A Associação de Produtores de Maça de Alcobaça - Indicação Geográfica Protegida veio a público esclarecer os consumidores sobre os produtos que utiliza na produção deste produto certificado, depois de uma notícia divulgada Pesticide Action Network. Um documento...

maca de alcobaca sustent