Q

Previsão do tempo

18° C
  • Friday 19° C
  • Saturday 18° C
  • Sunday 19° C
19° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 19° C
  • Sunday 22° C
21° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 19° C
  • Sunday 21° C
[speaker]
[speaker]

Remadores e Timoneiros

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Eu Pescador de ConfessoArmando LopesColunista Aqui, neste país à beira mar plantado, existem remadores e timoneiros. Muito poucos remadores e demasiados timoneiros. Sendo que, a maior aspiração dos primeiros é a de se transformarem nos segundos. Por vários motivos. Desde logo, porque se ganha mais e melhor. Enquanto que, os timoneiros, têm remunerações equiparadas ou […]

Eu Pescador de ConfessoArmando LopesColunista Aqui, neste país à beira mar plantado, existem remadores e timoneiros. Muito poucos remadores e demasiados timoneiros. Sendo que, a maior aspiração dos primeiros é a de se transformarem nos segundos. Por vários motivos. Desde logo, porque se ganha mais e melhor. Enquanto que, os timoneiros, têm remunerações equiparadas ou superiores às dos países mais desenvolvidos, os remadores, têm salários infinitamente mais baixos. Mas existem também outras motivações que justificam a citada aspiração. Como, por exemplo, o facto de se falar mais e trabalhar menos. Pelo que, a discrepância dos salários, não é a única justificação para o desejo de transferência.

Aqui, neste país à beira mar plantado, há de facto quem fale muito e execute pouco. Talvez porque a saliva é mais fácil do que o suor. Muitos estrategas, muitos analistas, muitos comentadores, muitos especialistas, sociólogos, filósofos e sábios. No entanto, apesar desta abundância crítica e sapiente, há muito poucos interessados em encontrar soluções. Por isso é que os problemas se arrastam e demoram tanto tempo a resolver, quando se resolvem. Na Saúde, na Justiça, na Educação, no Ambiente, na Administração Pública e, um pouco, por todo o lado.Aqui, neste país à beira mar plantado, há mesmo quem seja um travão e um estorvo ao progresso e desenvolvimento. Há quem utilize as populações como arma de arremesso e não lhes dê nada em troca. Nem esclarecimento nem clarividência nem ponderação nem bom senso. Apenas e só demagogia, deturpação, incoerência e oportunismo político.Aqui, neste país à beira mar plantado, há muito quem queira ser timoneiro apenas para chefiar, manipular, dar ordens e receber louros indevidos. Quem queira ser timoneiro para ter protagonismo e um trampolim de acesso ao poder.Aqui, neste país à beira mar plantado, ser timoneiro é pertencer ao “Compromisso Portugal” e reunir no Convento do Beato. É mandar uns “bitaites” sobre a falta de produtividade do país, responsabilizando os remadores pela crise. É argumentar que a solução consiste na redução do salário dos remadores e no aumento do dos timoneiros. Porque só com timoneiros bem remunerados é que o país avança e progride.Portanto não admira que, aos poucos, este país à beira mar plantado se vá transformando num paraíso de magnatas, patrioteiros e moralistas. Excelentes a conceberem estratégias e a delinearem planos de desenvolvimento. Excelentes a importarem artigos de luxo e a participar em grandes eventos internacionais. Mas que não produzem nada para além da sua própria incontinência verborreica, porque não são eles que fazem andar o barco.Estou farto de timoneiros!…

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Prémios Vinhos de Portugal 2024 realizado em Alcobaça

Ministro da Agricultura marcou presença no evento que decorreu em hotel de luxo da cidade O Montebelo Mosteiro de Alcobaça Historic Hotel foi, no passado dia 3 de maio, o local escolhido para a realização da cerimónia de entrega dos prémios aos vencedores da 11º...

concurso de vinhos portugueses

Alcobaça em grande destaque no ranking PME Líder 2023

Com 110 empresas galardoadas, mais 11 do que no ano transato, Alcobaça ocupa novamente um lugar de destaque a nível do Oeste (2º classificado) e do distrito (3º classificado) no ranking PME Líder 2023, prestigiado selo de qualidade atribuído anualmente pelo IAPMEI...

Arte Xávega regressa para reavivar o património [vivo] do concelho

A herança cultural é recriada para mostrar como era a vida piscatória antes do Porto A recriação da pesca artesanal “Arte Xávega" está de volta ao areal da Praia da Nazaré por iniciativa do Rancho Velha Guarda do Folclore da Nazaré, com o apoio do Município, aos...

arte xavega