Q

Previsão do tempo

17° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 24° C
18° C
  • Monday 26° C
  • Tuesday 27° C
  • Wednesday 28° C
17° C
  • Monday 28° C
  • Tuesday 28° C
  • Wednesday 29° C

Medidas preventivas para o início do ano hidrológico

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Protecção Civil em Alcobaça recomendaDavid Mariano É sempre assim em Outubro, altura do ano em que as chuvas ameaçam cair e as reservas hídricas atingem o seu mínimo. O “Ano Hidrológico 2007/2008” iniciou-se no princípio deste mês e o Serviço Municipal de Protecção Civil de Alcobaça (com responsabilidade social na acção preventiva para esta […]
Medidas preventivas para o início do ano hidrológico

A Protecção Civil em Alcobaça recomendaDavid Mariano É sempre assim em Outubro, altura do ano em que as chuvas ameaçam cair e as reservas hídricas atingem o seu mínimo. O “Ano Hidrológico 2007/2008” iniciou-se no princípio deste mês e o Serviço Municipal de Protecção Civil de Alcobaça (com responsabilidade social na acção preventiva para esta área) aproveita a data para recomendar aos munícipes algumas medidas de precaução relativamente aos perigos de um Inverno que se avizinha. Para isso, chama a atenção para a ameaça de inundações em zonas urbanas (causadas pela acumulação de águas pluviais), para a eminência da cheias motivadas pelo transbordo do leito de alguns rios e para a instabilidade de taludes ou deslizamentos motivados devidos a perda de consistência do solo.

A autarquia sublinha, aliás, a importância desta acção de alerta de forma a prevenir os cenários anteriormente referidos e para o caso de serem tomadas medidas atempadamente que anulem ou minimizem os efeitos assinalados. O Serviço Municipal de Protecção Civil apela assim à atenção e à recomendação junto de todos os responsáveis e cidadãos do concelho para a prevenção antecipada de situações originadas pela alta precipitação. No terreno, vão ainda continuar acções de divulgação com vista à diminuição dos riscos mencionados e com o intuito de salvaguardar a protecção dos habitantes do município, do património e do ambiente. É nesse sentido que já foram recomendadas ao Serviço de Limpeza Urbana das Juntas de Freguesia do Município de Alcobaça (mais uma vez numa parceria com o Serviço Municipal de Protecção Civil) a limpeza e a desobstrução de sumidouros, valetas e outros canais de drenagem, removendo folhas caídas das árvores, areias e pedras que aí se depositaram previamente à época das chuvas (onde a verificação da funcionalidade dos sistemas de drenagem pode ser essencial num futuro próximo). Também a cada cidadão estão a ser recomendadas uma atitude pró-activa, em especial na desobstrução dos sistemas de escoamento e de águas pluviais dos quintais ou varandas e na limpeza de bueiros, algerozes e caleiras dos telhados de habitações. Quanto à possibilidade de cheias motivadas pelo transbordo do leito de alguns rios, são aconselhadas a adopção medidas de precaução como a desobstrução de linhas de águas junto a pontes, aquedutos e alguns estrangulamentos de escoamento, a limpeza de águas assoreadas e dos resíduos sólidos urbanos depositados nos troços marginais a estes mesmos cursos, a recolha ou trituração dos resíduos resultantes do corte dos salvados nas áreas ardidas perto das margens das linhas de água – tal como dos resíduos de actividades agrícolas e florestais próximo a estas -, a verificação (e eventual reparação) de possíveis situações de desmoronamentos, a inspecção visual de diques ou outros aterros longitudinais às linhas de água e destinados a resguardar os terrenos marginais e o evitar de cortes rasos de material lenhoso em pontos de declive intenso. Por último, no capítulo da instabilidade de taludes ou deslizamentos motivados pela perda de consistência do solo, as principais observações incidem no normal funcionamento das estruturas de escoamento (filtros, protecção de filtros e furos de alívio de pressão de água) e nas estruturas de suporte para a estabilização de taludes (cortinas de cimento, gabiões e redes de protecção, etc.). Igualmente em aterros e taludes de terra, pede-se a observação de possíveis deformações (abertura de fendas que possam significar arrastamento de material), bem como de assentamentos devido às variações do nível de água nos terrenos. Quaisquer dúvidas suscitadas sobre estes e outros processos, poderão ser comunicadas ao Serviço Municipal de Protecção Civil, de modo a serem desencadeadas as necessárias formas de medição de parâmetros e de monitorização dos fenómenos de instabilidade previstos.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Câmara de Alcobaça fecha 2021 com saldo positivo de 463 mil euros

A Assembleia Municipal de Alcobaça aprovou no passado dia 28, as contas da autarquia que terminou o ano de 2021 com um saldo positivo de 463,2 mil euros e reduziu a dívida em 386 mil euros. De acordo com o relatório de contas apresentado aos deputados a receita...

cma