Q

Previsão do tempo

14° C
  • Tuesday 19° C
  • Wednesday 19° C
  • Thursday 20° C
14° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 24° C
  • Thursday 24° C
15° C
  • Tuesday 23° C
  • Wednesday 25° C
  • Thursday 25° C

“Participar é preciso”

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Mafalda TavaresJuristaCada vez mais, na sociedade em que vivemos, nos deparamos com várias desigualdades principalmente ao nível socio-económico. E talvez por esse facto verificamos também um crescente desinteresse da sociedade em participar nas decisões importantes para o próprio país.Possivelmente porque as pessoas se acomodaram à ideia de que não vale a pena fazer nada porque […]

Mafalda TavaresJuristaCada vez mais, na sociedade em que vivemos, nos deparamos com várias desigualdades principalmente ao nível socio-económico. E talvez por esse facto verificamos também um crescente desinteresse da sociedade em participar nas decisões importantes para o próprio país.Possivelmente porque as pessoas se acomodaram à ideia de que não vale a pena fazer nada porque as “coisas estão mal”, porque o desemprego aumenta dia a dia e a classe média tende a desaparecer.

Mas precisamente por isso é que, na minha opinião, se torna necessária uma conjugação de esforços no sentido de toda a gente ter uma participação activa não só para falar e criticar por criticar. É indispensável primeiro obter informação suficiente para depois então opinar em consciência e até indignar-se com as decisões tomadas pelos nossos dirigentes. Ou seja, não é só vir mais tarde dizer que é preciso mudar alguma coisa e nada ter sido feito para que isso acontecesse.É triste verificarmos um aumento de pessoas a necessitarem do rendimento mínimo nacional para sobreviverem, verificarmos uma desigualdade entre as crianças de acordo com a classe a que pertencem e, mesmo assim, haver um número de pessoas que não se importam e que deixam tudo nas mãos de pequenos grupos e depois, sem terem tentado inverter o rumo dos acontecimentos, sem saberem o que podia ser possível ou não fazer, revoltam-se contra tudo e contra todos.Então porque não mudar o sistema, colocar a responsabilidade em todos nós para mudar ou pelo menos tentar mudar o que achamos que está mal, tentarmos que a nossa voz chegue mais além, antes mesmo de os líderes estarem escolhidos e ter aqui também uma participação decisiva na sua escolha?!O povo tem voz e como tal deve ser ouvido. Contudo, esse legítimo direito é posto em causa quando existe uma inércia na discussão dos problemas mais “flagrantes” da actualidade e só depois de tudo estar decidido é que sentimos reflexos e “manifestações” por parte da sociedade.Talvez seja necessário mudar mentalidades, tentar que todas as pessoas se mantenham mais informadas e principalmente que não desanimem porque é possível vivermos melhor. Mas para isso exige-se um esforço colectivo, uma participação activa e ampla e só deste modo poderão surgir ideias novas e alternativas capazes de proporcionar um desenvolvimento sustentável da comunidade.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Alcobaça em grande destaque no ranking PME Líder 2023

Com 110 empresas galardoadas, mais 11 do que no ano transato, Alcobaça ocupa novamente um lugar de destaque a nível do Oeste (2º classificado) e do distrito (3º classificado) no ranking PME Líder 2023, prestigiado selo de qualidade atribuído anualmente pelo IAPMEI...

Alcobaça arrecada quatro Prémios 5 Estrelas Regiões

O concelho de Alcobaça está em grande destaque na 7ª edição dos Prémios 5 Estrelas Regiões, com a obtenção de 4 galardões nas seguintes categorias: Museus: Museu do Vinho (Alcobaça), Produtos Naturais: Maçã de Alcobaça, Clínicas Médicas: Policlínica da Benedita,...

mvinho2024 1

Como o crédito pode ajudar a gerir as suas despesas

No atual panorama económico e financeiro, ser capaz de gerir as suas finanças pessoais e contornar obstáculos como despesas inesperadas não deixa de ter o seu quê de desafiante.

artigo