Q

Previsão do tempo

17° C
  • Thursday 26° C
  • Friday 31° C
  • Saturday 30° C
18° C
  • Thursday 32° C
  • Friday 38° C
  • Saturday 38° C
18° C
  • Thursday 33° C
  • Friday 38° C
  • Saturday 38° C

Fase de alegações finais

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Presumíveis autores de assaltos a gasolineiras julgados em Leiria Está agendada para amanhã (dia 5) no Tribunal Judicial de Leiria a fase de alegações do julgamento do caso que envolve seis jovens com idades compreendidas entre os 17 e os 22 anos, acusados pelo Ministério Público (MP) de assaltos a diversas bombas de gasolina, ocorridos […]

Presumíveis autores de assaltos a gasolineiras julgados em Leiria Está agendada para amanhã (dia 5) no Tribunal Judicial de Leiria a fase de alegações do julgamento do caso que envolve seis jovens com idades compreendidas entre os 17 e os 22 anos, acusados pelo Ministério Público (MP) de assaltos a diversas bombas de gasolina, ocorridos no ano passado nos concelhos de Alcobaça, Leiria, Marinha Grande, Porto de Mós, Caldas da Rainha, Óbidos, Torres Vedras, e Lourinhã. Bruno Januário, Emanuel Graça, Orlando Pereira, Paulo Oliveira, Pedro Mateus e António Conde, residentes em Alcobaça e Nazaré, estão acusados da co-autoria material de um total de 40 crimes, sendo dois de subtracção de documentos, seis de sequestro – em alguns casos os alegados assaltantes fechavam os funcionários das bombas de gasolina em arrecadações ou outros locais -, 17 crimes de roubo qualificado, três crimes de roubo na forma tentada, 14 crimes de falsificação de documentos, e dois crimes de furto simples.

No seu despacho de pronúncia, o MP não imputa aos arguidos o crime de associação criminosa, mas acusa-os de se “organizarem” com o intuito de “levarem à prática diversos roubos, preferencialmente em postos de abastecimento de combustível, de forma a obterem quantias em dinheiro ou objectos que lhes interessavam. Durante as anteriores sessões de julgamento, os jovens confessaram na generalidade ao colectivo de juízes presidido por Ana Paula Baptista, o cometimento os factos de que estão acusados, evidenciando arrependimento e manifestando a intenção de devolver as quantias furtadas nos furtos de que estão acusados. O modo de actuar dos presumíveis assaltantes para consumarem os furtos, tem vindo a revelar-se semelhante: os arguidos – em grupos nem sempre de igual composição – deslocar-se-iam até aos alvos de assalto em viaturas com matrículas falsas, utilizariam uma pistola de alarme e, umas vezes encapuzados e outras de rosto descoberto, exigiam dinheiro e telemóveis, encerrando depois as vítimas em dependências dos estabelecimentos, partilhando depois entre si os montantes furtados. As investigações que levaram os jovens a responder perante a Justiça estiveram a cargo do Na ocasião, os primeiros indícios apontavam para uma agressão, mas as investigações a cargo do Departamento de Investigação Criminal de Leiria da Polícia Judiciária, que entre as várias linhas de investigação desenvolvidas, seguiu o “registo” de chamadas de um telemóvel furtado e que contribuiu decisivamente para a identificação dos alegados assaltantes. Igualmente as investigações em torno das circunstâncias que rodearam o aparecimento em Abril de 2006 de um jovem inanimado – Pedro Mateus – numa artéria de Caldas da Rainha (ver REGIÃO nº66) levaram ao desmantelamento do alegado grupo de assaltantes. Os ferimentos graves do jovem foram inicialmente relacionados com uma pretensa agressão, mas a PJ de Leiria concluiu que os ferimentos decorreram de um acidente de viação, e que Pedro Mateus mantinha uma ligação com o grupo de presumíveis assaltantes.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Quercus atribui Qualidade de Ouro a duas praias do concelho da Nazaré

A associação divulgou a lista das 440 praias com “Qualidade de Ouro”, um valor nunca antes alcançado na história deste galardão que avalia a qualidade das águas balneares nacionais, estando as duas praias costeiras do concelho da Nazaré integradas no ranking de...

245416536 4319795401408206 1376882044721136776 n

Apreensão de 710 quilos de pescada subdimensionada

A Unidade de Controlo Costeiro (UCC), através do Subdestacamento de Controlo Costeiro da Nazaré, no dia 10 de maio, apreendeu 710 quilos de pescada subdimensionada, na Nazaré. No âmbito de uma ação de fiscalização destinada ao controlo das regras de captura,...

pescada