Q

Previsão do tempo

17° C
  • Wednesday 22° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 30° C
17° C
  • Wednesday 25° C
  • Thursday 34° C
  • Friday 37° C
18° C
  • Wednesday 26° C
  • Thursday 34° C
  • Friday 37° C

Água mais cara em Alcobaça

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Consumidores vão pagar preço mais elevado Actualização de preço leva a subida de 3,1 por cento Os preços do fornecimento de água e por tabela de outros serviços vão subir em breve e a autarquia estuda novas formas de não perder receitas A actualização dos preços, aprovada pela Câmara Municipal de Alcobaça (CMA) na reunião […]
Água mais cara em Alcobaça

Consumidores vão pagar preço mais elevado

Actualização de preço leva a subida de 3,1 por cento

Os preços do fornecimento de água e por tabela de outros serviços vão subir em breve e a autarquia estuda novas formas de não perder receitas

A actualização dos preços, aprovada pela Câmara Municipal de Alcobaça (CMA) na reunião do passado dia 18 de Junho, teve em conta o índice de preços ao consumidor fornecido Instituto Nacional de Estatística (INE). A CMA decidiu ainda retirar a proposta de substituição da designação de taxa pelo aluguer do contador de água por uma quota de serviço, mantendo nas próximas facturas a designação de “aluguer do contador de água”. O presidente da autarquia, Gonçalves Sapinho justificou a decisão com o facto de “ainda não ser a altura para fazer essa mudança”, adiantando, que contudo, face às mudanças em estudo pela administração central sobre os recursos hídricos que “a Câmara começou a preparar-se, através da aprovação de algumas medidas, para mais tarde e logo que estejam definidas as regras para os novos preços do consumo de água, Alcobaça esteja preparada para actualizar as suas tarifas e serviços”.

O aumento do preço a pagar pelo consumo da água foi aprovado pela CDU que viu, por seu lado, passar com os votos da maioria PSD uma proposta do seu representante Rogério Raimundo destinada a apoiar as famílias mais carenciadas. A proposta do vereador comunista, que tem vindo a ser apresentada desde 1998, aponta para uma redução de 50 por cento na conta da água para os que provarem ter um rendimento per capita 75 por cento abaixo do salário mínimo nacional. A maioria PSD justificou a aprovação desta proposta da CDU com o facto de estar a “pensar numa medida similar” tendo, por isso, a maioria ficado de apresentar, em breve, uma proposta final com vista a ajudar os agregados familiares mais carenciados.

Os novos preços da água, que condicionam o “peso” das facturas de outros serviços prestados aos alcobacenses, como a recolha do lixo ou a taxa do saneamento básico, bem como as alterações que a maioria afirma estar ainda a estudar face às alterações legislativas sobre a gestão dos recursos hídricos do país, que de acordo com o Instituto dos Resíduos apontam para uma subida considerável dos valores a pagar pelos consumidores, tese também defendida pela empresa “Águas do Oeste” que vai abastecer Alcobaça em alta de água de Castelo de Bode, esteve na origem do abandono da reunião do executivo por parte da socialista Dulce Bagagem. A vereadora tinha pedido um “parecer jurídico” antes de ser chamada a votar estas alterações e preços e como o documento não lhe foi apresentado optou por abandonar a reunião sem votar uma questão que considera “polémica”. A autarca socialista manifestou igualmente a sua indignação para com a proposta de aplicar aos munícipes a cobrança de uma taxa bimensal fixa de 15 euros, que apesar de terem saneamento à porta não se ligam à rede municipal.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Maçã de Alcobaça IGP não utiliza substâncias perigosas

A Associação de Produtores de Maça de Alcobaça - Indicação Geográfica Protegida veio a público esclarecer os consumidores sobre os produtos que utiliza na produção deste produto certificado, depois de uma notícia divulgada Pesticide Action Network. Um documento...

maca de alcobaca sustent