Q

Previsão do tempo

11° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 13° C
  • Thursday 13° C
11° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 14° C
12° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 13° C

Clarificação laranja

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
PSD da Nazaré vai a votos a 15 de Junho Os social-democratas nazarenos vão ser chamados às urnas para elegerem novos dirigentes depois da estrutura local António Paulo Os militantes do PSD da Nazaré vão eleger a 15 de Junho uma nova Comissão Política Concelhia (CPC). A data do acto eleitoral foi avançada no passado […]

PSD da Nazaré vai a votos a 15 de Junho Os social-democratas nazarenos vão ser chamados às urnas para elegerem novos dirigentes depois da estrutura local António Paulo Os militantes do PSD da Nazaré vão eleger a 15 de Junho uma nova Comissão Política Concelhia (CPC). A data do acto eleitoral foi avançada no passado dia 10, pelo presidente da CPC em exercício, Miguel Sousinha, em declarações prestadas ao programa “Nazaré Fórum”, da Rádio Nazaré.

A marcação de eleições para o PSD nazareno coloca assim um ponto final na reivindicação interna que se vem sentido desde há alguns meses em relação à necessidade de promover eleições, sobretudo após a demissão de vários dirigentes, quer no período pré-eleitoral das eleições “Autárquicas” de 200, quer após este acto eleitoral. Os vogais da CPC, Belmiro Fonte e João Ferreira, e o presidente da Mesa do Plenário de Militantes, Joaquim Pequicho, foram os primeiros a abandonar funções por discordâncias relacionadas com o processo e constituição das listas para as “Autárquicas”, liderado por Reinaldo Silva. No período pós-eleitoral, seguiu-se a demissão verbal do próprio Reinaldo Silva das funções de presidente da CPC, sendo então substituído por Miguel Sousinha, que sempre afirmou que estatutariamente todos os órgãos partidários concelhios tinham “legitimidade” para se manterem em funções e apontando para eleições inseridas numa calendarização normal, para depois do Verão. Para esta disposição de antecipar a convocação de eleições internas, em muito deverão ter contribuído as recentes posições de divergência manifestadas por Reinaldo Silva para com Jorge Barroso, que em plena reunião do executivo camarário afirmou não haver “concertação” entre a maioria PSD e até “no seio do próprio PSD”, vincando que assumiria a partir desse momento e enquanto autarca, um papel de independente e representante de um partido (PSD) pelo qual foi eleito, mas em relação ao qual não clarificou na ocasião a sua relação. Este estalar público de verniz nas relações institucionais entre o vice-presidente Reinaldo Silva e o presidente da autarquia Jorge Barroso, obrigou Miguel Sousinha a declarar publicamente o apoio do PSD local a este último, eleito como independente, e atirou para cima da mesa a necessidade de clarificar internamente quem é quem na estrutura laranja nazarena, sob pena de a articulação entre esta e os seus eleitos poder vir a degradar-se de forma acelerada. Antecipando-se a qualquer eventual concorrente, em Novembro passado, Belmiro Fonte mostra-se disponível para regressar aos órgãos do partido apresentando a sua candidatura a presidente da CPC, anunciando recentemente que a seu lado estará Rui Castanheira (ex-presidente da CPC entre 2001 e 2005) a presidente da Mesa do Plenário de Militantes, prometendo anunciar em breve a composição integral da sua lista. Desde essa altura, o PSD da Nazaré “agitou-se” e começaram a contar-se espingardas, mas até ao fecho desta edição ainda mais nenhuma candidatura tinha sido lançada de forma pública, embora como putativo opositor a Belmiro Fonte seja apontado o nome do actual presidente da CPC e líder da bancada laranja na Assembleia Municipal, Miguel Sousinha, mas este tem recusado assumir esse papel, alegando “afazeres profissionais” e insistindo em negar planos para concorrer à liderança local do PSD.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados